Murillo responde sobre Seleção e revela emoção ao conhecer lenda da Premier League: ‘Surreal’

4 minutos de leitura

Contratado no início da temporada, o zagueiro Murillo demonstrou rápida adaptação ao futebol inglês. O defensor assumiu a titularidade e tem sido uma peça fundamental para o Nottingham Forest na luta contra o rebaixamento.

O desempenho de Murillo tem chamado a atenção e o jogador pode ser uma das novidades na primeira convocação de Dorival Júnior na Seleção. O ex-Corinthians comentou sobre a expectativa para atuar pelo Brasil e revelou a emoção de conhecer uma lenda da Premier League.

Murillo fala sobre expectativa da convocação

O Nottingham Forest faz uma temporada conturbada e briga contra o rebaixamento na Premier League, mas Murillo tem desempenhado um papel fundamental na equipe. O zagueiro foi titular em 20 dos 26 jogos do time na competição, além de ter contribuído uma assistência no período.

Dorival Júnior realiza a primeira convocação como treinador da Seleção nesta sexta-feira (1º). Em entrevista para a “ESPN”, Murillo minimizou a possibilidade de estar na lista.

— Eu fico vendo muitas especulações. “Murillo na Seleção”. Eu sou um cara que tem a cabeça muito tranquila pra tudo. Então se for acontecer, se for o tempo de Deus, eu fico muito tranquilo. É claro que a gente fica na esperança, pelas partidas que a gente vem fazendo, pelo momento bom que você vive, mas se não for nessa vez, vai ser em uma próxima. A gente vai continuar trabalhando.

Enquanto aguarda a divulgação dos convocados, o ex-Corinthians terá um compromisso importante na Inglaterra. O Nottingham Forest recebe o Manchester United nesta quarta-feira (28), às 16h45 (horário de Brasília), pelas oitavas de final da FA Cup.

Murillo no Nottingham-Forest (Foto: Icon Sport)
Foto: Icon Sport

Murillo revela emoção de conhecer lenda da Premier League

A Premier League reúne alguns dos melhores jogadores do futebol mundial e que inspiram outros atletas. Na entrevista, Murillo revelou que é fã de Van Dijk, capitão e ídolo do Liverpool.

— Eu estava em um jogo, olhava pra ele e pensava ‘caraca, quem diria. Eu estava assistindo ao cara há um mês na TV e hoje eu estou jogando contra o cara, dividindo o mesmo campo'. Então, para mim foi surreal.

Depois do apito final, o brasileiro conheceu o ídolo e contou com a ajuda de Alisson para conversar com Van Dijk.

— Eu fui para a área e falei com o Alisson. “Fala para o Van Dijk depois trocar a camisa comigo. Sou fã do cara e me inspiro nele”. Ele falou “não, fala ali com ele”. Acho que o Van Dijk já tinha entendido e brincou “não, irmão, não”. Perguntei se poderia trocar a camisa com ele e respondeu que sim. Foi surreal.

Gabriel Lemes
Gabriel Lemes

Me formei em Jornalismo pela Univap em 2019 e sou redator da PL Brasil. Já escrevi para o Quinto Quarto, Minha Torcida, Futebol na Veia e Portal Famosos.