Mowbray: Nós éramos muito ingênuos

Mowbray: Nós éramos muito ingênuos
Mowbray: Nós éramos muito ingênuos. (Foto: Divulgação Blackburn Rovers)

Após a derrota por 1 x 0 no sábado, para o Swansea City. Tony Mowbray, técnico do Blackburn Rovers, ficou com muita frustração. 

Contudo, no meio do primeiro tempo o Rovers sofreram um gol de cabeça de Michael Obafemi. O time de Tony lutou para chegar ao empate, com boas oportunidades antes e depois da expulsão de Ryan Manning no segundo tempo do Swansea.

Mowbray falou de sua frustração

Sobre o resultado que não agradou Mowbray e nem seus torcedores. O chefe sentiu que o Rovers jogou como um elenco jovem no sul de Gales, já que seus jogadores foram forçados a voltar para casa de mãos vazias.

“Houve um pouco de natividade esta noite, pensei que parecíamos, um time de meninos. Eu disse isso aos rapazes no vestiário. Parece que não sabíamos como marcar um gol contra dez homens por muito tempo. Tivemos tempo suficiente para marcar um gol ou dois ou três. Ficamos todos frustrados, mas poderíamos ter marcado gols, poderíamos ter marcado alguns no primeiro tempo. Não se trata dos jogos que perdemos, trata-se dos jogos que ganhamos e temos que vencer o máximo que pudermos nos jogos restantes. Somos mais do que capazes de fazer isso.”, refletiu um chefe desapontado para a RoversTV após o encontro.

Desempenho da equipe no jogo

O chefe ainda comentou sobre o desempenho de sua equipe no decorrer do jogo.

“A equipe trabalhou muito duro esta noite e não quero ficar muito mal com eles. Fomos um pouco ingênuos, faltou gerenciamento de jogo. Devíamos ter dado mais a bola ao Giles, encher a caixa com corpos, os rapazes experientes fazem isso, mas tivemos dificuldades para nos adaptar. Eu amo todos eles, todos estão trabalhando duro, estamos todos frustrados. O gol que sofremos foi diferente de nós. É um gol muito ruim para sofrer, mas é bom para eles. Temos estado muito bem defensivamente nesta temporada, mas houve muitos elementos que não gostei nesse gol.” Mowbray completou