Mourinho terá pressão para fazer o United jogar mais futebol

Reportagem indica diferença de pensamentos entre Mourinho e diretoria do United

0
124
O dia em que Mourinho quase se tornou treinador da Inglaterra
Mourinho estaria sob pressão no United? (Getty Images)

O técnico José Mourinho passou boa parte da pré-temporada reclamando publicamente da falta de contratações por parte de sua equipe, o Manchester United. Dando a nítida impressão de que, com o elenco disponível, seria muito difícil brigar por títulos.

No entanto, o português precisa se preocupar em fazer os Red Devils jogarem mais futebol, pois reportagens vindas da Inglaterra dão conta de que ele passará a ser mais cobrado por sua diretoria, que avalia que é possível apresentar desempenho melhor com o grupo de atletas atual.

Reportagem de Daniel Taylor, publicada no jornal inglês The Guardian, trazem informações importantes dos bastidores no United. Informações que indicam uma crescente diferença de pensamento entre treinador e diretores.

Você pode conferir a reportagem completa aqui.

elenco do Manchester United
Foto: Wall Street Journal

Mourinhos e os fracassos no mercado

Taylor apurou que o Manchester United havia reservado mais de 100 milhões de libras para contratações. Mas o clube rejeitou os nomes pedidos por Mourinho por razões diversas.

Mourinho pediu, essencialmente, zagueiros. Harry Maguire, do Leicester, foi um deles. A diretoria avaliou que o valor de mais de 70 milhões de libras seria alto demais para o atleta.

Nos casos de Toby Alderweireld, do Tottenham, e Jérôme Boateng, do Bayern de Munique, a equação idade/valor de compra não soou correto para alta cúpula do United.

O clube estava disposto a fazer alto investimento em Raphaël Varane, zagueiro do Real Madrid e campeão mundial pela seleção da França. No entanto, Florentino Perez, presidente da equipe espanhola, deixou claro que não haveria chances de negócio pelo talentoso defensor.

Guia do Manchester United Premier League temporada 2018/2019

Sem visão a longo prazo

Além da questão das contratações, Taylor também apurou que há um descontentamento por parte da diretoria com a maneira como Mourinho pensa sobre o futuro do United. Na verdade, seria uma preocupação com o fato de ele não pensar no futuro.

Segundo o repórter, diretores avaliam que seu técnico se preocupa apenas com o imediato, e não trabalha para desenvolver jogadores e criar um legado para o clube, como fazia, brilhantemente, sir Alex Ferguson.

Indicativo disso seria a propensão de Mourinho para vender jogadores como Pogba, Martial e Shaw. A diretoria, por outro lado, acredita que tais atletas podem evoluir e render bons frutos para o clube.

Além disso, a reportagem publicada pelo Guardian evidencia uma crescente queda de braço ideológica entre clube e treinador.

Isso pode representar uma pressão para que o português consiga fazer com que sua equipe tenha um desempenho mais satisfatório do que teve até agora.

Resultados aquém do esperado

Entrando em sua terceira temporada no comando do Manchester United, Mourinho ainda não correspondeu às expectativas sobre ele. Até conquistou a Europa League na sua temporada de estreia, mas na Premier League ficou em um péssimo sexto lugar.

Mourinho

Na temporada seguinte conseguiu o vice-campeonato do Campeonato Inglês, mas com absurdos 19 pontos de desvantagem para o campeão, o Manchester City.

Também houve a decepcionante eliminação para o Sevilha, em pleno Old Trafford, na Champions League.

Mas além dos resultados, há uma decepção com o nível de futebol apresentado. Especialmente para um elenco caro e talentoso, como é o do Manchester United, e para um técnico badalado e vencedor, como é Mourinho.

É difícil ver muita evolução para as fracas temporadas do United sob os comandos de David Moyes e Louis Van Gaal. O time até é mais organizado, mas apresenta pouco mais além disso.

Portanto é bom o treinador ficar esperto e fazer sua equipe apresentar um futebol melhor, capaz de brigar de igual para igual com seus grandes rivais ingleses e europeus, pois o clube, possivelmente, não vai admitir uma terceira temporada decepcionante.

Leia mais: Veja 6 jogadores que quase jogaram no Manchester United

Outro fator que pode colocar mais pressão sob José Mourinho na atual temporada é a informação apurada pelo jornal francês L'Equipe, dando conta de que Zinedine Zidane, técnico tricampeão da Champions League pelo Real Madrid, teria o desejo de dirigir um clube da Premier League na próxima temporada.

Além disso, seu clube preferido seria exatamente o Manchester United.

Resta saber se as diferenças de opinião entre Mourinho e diretoria podem significar uma cobrança por melhor desempenho.

Certamente, o United tem elenco e condições para competir no topo da tabela. Falta demonstrar isso dentro de campo.