Monza – História, estatísticas e conquistas

A Associazione Calcio Monza, conhecido originalmente por Monza, nasceu na região de Lombardia. Assim, o clube foi fundado em 1912, resultado da fusão entre Pro Monza e Pro Itália da Comuna de Monza, se tornando um dos mais antigos clubes da Itália.

O seu estádio se chama Stadio Brianteo, fundado no ano de 1986, com uma capacidade para 20 mil pessoas. Em suma, as cores da equipe eram azul e branco, mas posteriormente foi alterado para vermelho e branco em 1932, sendo apelidado de biancorrosi.

Trajetória do Monza: fundação, conquistas e ascensão

Antes de mais nada, o Monza disputou a Serie B na maior parte de sua história, sendo um dos recordistas nessa competição. Logo no ano da sua estreia no futebol, venceu a Juventus, criando grandes expectativas na região e seus torcedores. Posteriormente, venceu a Coppa Colli, derrotando a equipe do Saronno por 3 x 2 na final.

O Monza estreou na Serie B em 9 de setembro de 1951, empatando com o time da Siracusa por 1 x 1 fora de casa. A equipe só evitou o rebaixamento na última rodada com uma vitória em casa por 2 x 1 contra o Piombino .

De fato, durante o final da década de 1970, a equipe chegou perto de subir para a Serie A em algumas ocasiões. A primeira chance foi na temporada 1976/77, quando perdeu a última partida para o Modena por 2 x 1. No ano seguinte, perdeu a chance da vaga na penúltima rodada, desta vez para o Pistoise.

Certamente, muito tempo depois, o clube finalmente se reergueu. No ano de 2019, o Monza reforçou seu elenco com jogadores de alto nível para se preparar para a temporada 2019/20.

Diante dos casos de Covid, a Federação Italiana de Futebol declarou formalmente o Monza campeão. Sendo assim, a equipe foi promovida à Serie B após uma ausência de 19 anos da competição. Em síntese, neste ano, a equipe perdeu para o Perugia e a vaga direta da Serie A na última rodada.

Títulos do clube

  • 4x Italian Lega Pro Champion (A) (1951, 1967, 1976 e 2020)
  • 1x Série D (2017)
  • 1x Italienischer (Serie C) (1974, 1975, 1988 e 1991)

Mercado de Transferências do Monza

Antes de tudo, confira as principais contratações no mercado da bola, vendas, rumores e ídolos.

Pierluigi Casiraghi, do Monza para a Juventus, por € 3,30 milhões, em 1989/90

No mercado da bola de 1989, após boas atuações pela equipe do Monza, marcando 28 gols em 94 jogos, o atacante Pierluiggi Casiragui chamou a atenção da Juventus e Milan, criando rumores entre os dois gigantes. Porém, a Velha Senhora venceu a disputa pelo artilheiro. Na Juventus, conquistou a Copa da Itália e Copa da UEFA.

Patrice Evra, do Monza para o Nice, por € 600 mil, no mercado de transferências 2000/01

Antes de se tornar uma lenda no futebol, conquistando a Liga dos Campeões cinco vezes, o lateral Patrice Evra jogou somente sete jogos no Monza. Após seu nome ser alvo de rumores, o lateral acabou se transferindo para o Nice, da França, no mercado da bola de 2000. Por fim, vendido apenas por € 600 mil para o clube francês, após alguns anos, viu seu valor de mercado chegar à € 27 milhões, quando ainda jogava pelo Manchester United.

Mario Balotelli, do Monza para o Adana Demirspor, custo zero em 2021/22

No mercado da bola de 2021, o time turco Adana Demirspor trouxe o atacante Mario Balotelli à custo zero. Assim, após se consolidar no futebol italiano e ser um dos maiores da sua época, Balotelli optou ir para Turquia, para assim encerrar sua carreira. Enfim, pelo Monza foram apenas 14 jogos e 6 gols.

Mirko Maric, do Osijek , por € 4,50 milhões, no mercado de transferências 2020/21

Decerto, no mercado da bola de 2020, o atacante croata Mirko Maric, se tornou a maior contratação do Monza na história por aproximadamente R$ 25 milhões. Maric, que jogou grande parte da sua carreira na Croácia, marcou apenas dois gols na equipe italiana.

Andrea D'Errico, o maior artilheiro do clube

Primeiramente, o atacante Andrea D´Errico é o principal artilheiro da história do clube, marcando 48 gols em 202 jogos. Assim também, se tornou um dos poucos jogadores a conquistar dois títulos pela equipe, sendo o Scudetto da Série D em 2017, e Italienischer Drittligameister em 2020.

Vítor, 32 anos, natural de Criciúma-SC, apaixonado por esportes, especialmente por futebol. Já escrevi para alguns portais de Criciúma e região, e atualmente estou no portal 4oito de Criciúma. Tenho um blog que leva meu nome, Vítor Rizzatti e escrevo de um a dois posts por semana, abordando temas atuais no âmbito esportivo. Faço jornalismo digital na Uniasselvi e estou na 1 fase.
Artigo anteriorSpezia – História, estatísticas e conquistas
Próximo artigoMessi e Neymar estão a venda no PSG