Premier League? Modric vai deixar Real Madrid após 12 anos e tem destino revelado

4 minutos de leitura

Sob interesse da Premier League, meio-campista croata deve mudar de clube após incômodo com falta de jogos

A lenda do Real Madrid, Luka Modric, está prestes a deixar o clube, de acordo com o jornal “Sport”. Há 12 anos na capital espanhola, o meia de 38 anos acumula 37 gols e 78 assistências em 503 jogos, além de 23 títulos com o clube, incluindo cinco de Champions League, três de Campeonato Espanhol e cinco de Mundial de Clubes. Mas, o contrato do craque com o time espanhol termina no final da temporada e o casamento entre os dois pode estar próximo do fim.

Para onde vai Modric?

Modric chegou a rejeitar um contrato de três anos do futebol saudita, no valor de 120 milhões de euros (R$ 642 milhões), para permanecer em Madri. Mas a imprensa espanhola especula que o meia está inclinado a mudar de ideia e se mudar para a Ásia quando seu contrato terminar, no meio do ano que vem.

Diferente de outras temporadas, Modric vem tendo menos oportunidades em 2023/24. Dos 17 jogos do Real Madrid, apenas cinco foi como titular, o que tem incomodado o croata. Mas uma saída do craque na janela de janeiro é uma possibilidade praticamente descartada, principalmente pelo número de lesões no elenco merengue. Mas é bem provável que sua passagem história pelo clube espanhol termine ao final da temporada.

Uma saída de Modric na janela de transferências do inverno europeu, em janeiro, é praticamente descartada, principalmente pelo número de lesões do elenco merengue. Por outro lado, o clube não deverá renovar com o jogador, que vai encerrar a passagem pela equipe em junho, no fim da temporada.

Modric recusou o Manchester United

De acordo com o site “DefensaCentral”, Modric recebeu abordagens de representantes do Manchester United, mas recusou. Segundo o portal “Fichajes”, o croata deseja cumprir seu contrato com o Real Madrid e sair pela porta da frente.

Modric cumpriu 500 jogos com o Real Madrid no último “El Clasico”, vencido pelo time merengue por 2 a 1, no dia 28 de outubro. O meia relembrou o seu espetacular percurso com a equipe nos meios de comunicação oficiais do clube.

— Essa camisa e todas as outras significam muito para mim. Chegar a este número é algo impressionante e quero agradecer ao madridismo pelo apoio durante todos estes encontros. Vou continuar a dar tudo pelo Madrid. O Real Madrid para mim é tudo. É parte da minha vida, da minha família e é uma forma de viver. Sou da Croácia e nasci lá, mas estou aqui há 11 anos e me sinto em casa. Estou agradecido por tudo o que estou a viver no melhor clube da história do futebol — declarou.

Romulo Giacomin
Romulo Giacomin

Formado em Jornalismo na UFOP, passou por Mais Minas, Esporte News Mundo e Estado de Minas. Atualmente, escreve para a Premier League Brasil.