Milan confirma casos de Covid de Theo Hernandez e Brahim Diaz

Milan confirma casos de Covid de Theo Hernandez e Brahim Diaz
Foto: Divulgação/Milan

Primeiramente, nesta sexta-feira (15), O Milan informou que o atacante espanhol Brahim Díaz testou positivo para a Covid-19. O jogador que realizou exames que confirmaram a infecção se junta a Theo Hernandez que havia sido infectado e afastado no começo da semana.

Assim, o clube Rossoneri comunicou em uma breve nota oficial: 

O AC Milan anuncia que Brahim Díaz testou positivo em um exame de cotonete realizado hoje. O jogador está bem e está isolado em casa. Toda a equipe tesTou com um resultado negativo.

Um monitoramento rigoroso com testes de swab seguirá de acordo com as indicações fornecidas pelas autoridades de saúde relevantes, que foram imediatamente informadas.

Ainda não se sabe como Brahim Diaz foi infectado. Porém, o teste positivo de Theo Hernandez não é surpreendente já que na véspera da final da Liga das Nações da UEFA entre Espanha e França, Adrien Rabiot testou positivo para Covid e não jogou a final.

Em suma, a ausência de Brahim Diaz, se torna pesada já que o jogador se junta há Plizzari, Maignan, Bakayoko, Krunic, Ibrahimovic, Florenzi, Calábria, Messias, Daniel Maldini, Hernandez. Um total de 10 jogadores que o Milan não contará no momento.

Porém, a presença de Zlatan Ibrahimovic ainda é provavel já que o jogador está no fim da recuperação de uma lesão.

Por fim, é esperado que o Milan entre a campo neste sábado contra Verona com novidades. Assim, Tatarusanu no gol, Kalulu à direita, Ballo Touré à esquerda; ainda não se sabe se Giroud pode começar nos 11 iniciais, ou se ainda haverá espaço para Rebic.