‘Péssimo para nós’: Gabriel Jesus tem nova lesão confirmada e Arteta cita seleção brasileira

5 minutos de leitura

Gabriel Jesus foi essencial durante a semana do Arsenal para garantir mais uma vitória do time na Champions League. Além de marcar um golaço, ele deu assistência para Gabriel Martinelli deixar o dele contra o Sevilla.

No entanto, ele substituído no segundo tempo, sentindo dores após levar um pisão do Soumaré. No fim da partida, Mikel Arteta já demonstrava preocupação sobre o estado físico do jogador. E, nesta sexta-feira (27), ele confirmou o pior.

Mikel Arteta confirma nova lesão de Gabriel Jesus

Depois da vitória sobre o Sevilla, Jesus parecia mais tranquilo que o treinador, dizendo que “o problema não parecia tão grande” e que tinha “quase certeza de que não será nada”.

Porém, em entrevista coletiva nesta sexta, Arteta relatou que os exames confirmaram que Jesus sofreu uma lesão muscular. O problema se localiza no músculo posterior da coxa. Por isso, ele não estará em campo no jogo contra o Sheffield, neste sábado (28), pela Premier League.

— O exame mostrou uma lesão muscular e podemos perdê-lo novamente por algumas semanas.

Arteta acredita que o problema esteja relacionado à alta quantidade de partidas que Jesus jogou no último mês por causa da convocação para a seleção brasileira. O camisa 9 dos Gunners não era exigido nesse nível desde que sofreu a lesão no joelho que o deixou fora no fim da temporada passada.

— Não posso dar prazo (de recuperação) porque ele sempre nos surpreende. Ele sentiu algo ali, foi uma ação muito estranha. É verdade que ele teve bastante carga naqueles jogos pela seleção e conosco, coisa que não fazia há muito, muito tempo. Isso é uma péssima notícia para nós.

Arsenal
28/10/23 - 11:00

Finalizado

5

-

0

Sheff Utd

Arsenal - Sheff Utd

England Premier League - Emirates Stadium

Maria Tereza Santos
Maria Tereza Santos

Jornalista pela PUC-SP. Na PL Brasil, escrevo sobre futebol inglês masculino E feminino, filmes, saúde e outras aleatoriedades. Também gravo vídeos pras redes e escolhi o lado azul de Merseyside. Antes, fui editora na ESPN e repórter na Veja Saúde, Folha de S.Paulo e Superesportes.