Middlesbrough 8×1 Manchester City: o dia em que Afonso Alves destruiu o City

Foram 5 gols de jogadores brasileiros nesse jogo

0
497
Middlesbrough 8x1 Manchester City

O Manchester City nem sempre viveu de craques vestindo a camisa do clube. Vitórias e títulos fazem parte do presente, mas o passado não foi sempre assim. Middlesbrough 8×1 Manchester City, na temporada 2007/2008, foi uma das derrotas que o torcedor citizen pode não se importar tanto, mas gostaria de esquecer.

Contexto de Middelsbrough 8×1 Manchester City

O encontro entre os dois marcou o último jogo da temporada 2007/2008 da Premier League, em que o Manchester City ficou na 9ª posição e o Middlesbrough na 13ª, e marcava a despedida do técnico Sven-Goran Eriksson.

A temporada 2007/2008 foi justamente anterior à temporada em que o Manchester City foi comprado pelo Abu Dhabi United Group, do Sheik Mansour, que despejou centenas de milhões de libras meses depois para fortalecer o clube.

À época, os Citizens contavam com alguns nomes conhecidos na equipe e outros sem muito prestígio.

Do lado do Boro, o time tinha dois brasileiros em campo. O meio-campo Fabio Rochemback, que havia passado por Internacional, Barcelona e Sporting, era um dos principais nomes da equipe.

Além disso, o centroavante titular era o então desconhecido atacante Afonso Alves, que havia marcado 45 gols em 39 jogos em duas temporadas no Heerenveen na temporada anterior e conquistado a artilharia do Campeonato Holandês.

Expulsão logo cedo prejudicou o City

Logo aos 15 minutos, Sanly foi lançado, o zagueiro Richard Dunne tropeçou nos pés do atacante dentro da área. Resultado: expulsão do defensor e pênalti para o Middlesbrough.

Stewart Downing (ele mesmo) bateu forte no canto e abriu o placar.

O City foi se aguentando como pode. Aos 37, Rochemback fez ótima jogada e serviu Afonso Alves, que ampliou o placar.

Segundo-tempo com gols atrás de gols

A segunda etapa seria ainda pior para o time azul de Manchester. Em cruzamento na área do City, a bola sobrou para Downing, que, sem deixar a bola cair, emendou de primeira e marcou um golaço.

Os Citizens perdiam por 3 a 0, mas, apesar de ter apenas 10 jogadores em campo, queriam diminuir a diferença.

Em uma das idas para o ataque, um erro de passe gerou um rápido contra-ataque do Boro. Afonso Alves ficou cara a cara com o goleiro e anotou mais um.

Aos 25, Adam Johnson arriscou de longe, a bola desviou na defesa e entrou no gol de Isaksson: 5 a 0.

Se o placar já estava elástico, ficaria ainda mais em pouco tempo. Foram 4 gols marcados nos últimos 10 minutos de jogo.

Leia mais: Chocolates! Veja as maiores goleadas da história da Premier League

Fábio Rochemback anotou um golaço em linda cobrança de falta para fazer o sexto. Cinco minutos depois, Downing descolou ótimo passe para Aliadére marcar o sétimo.

Na sequência, o brasileiro Elano fez boa jogada individual, driblou o marcador e chutou de fora da área – com a perna esquerda – para anotar o gol de honra dos visitantes.

Se 7 a 1 já é uma goleada humilhante, imagina sofrer 8 gols. Em um lance atabalhoado de Michael Ball, Aliadére rolou para Afonso Alves marcar o oitavo do time e o seu terceiro naquela tarde: 8 a 1.

Middlesbrough 8×1 Manchester City:

Ficha técnica:

Middlesbrough: Schwarzer; Young (McMahon), Riggott, Wheater e Pogatetz; Boateng, Rochemback, Arca (Johnson), Downing; Sanli (Aliadiere) e Afonso Alves.

Manchester City: Isaksson, Jihai, Corluka, Dunne, Ball, Ireland, Gelson, Petrov (Elano), Garrido, Vassell (Hamann), Mwaruwari (Castillo).

Gols: Downing (16′), Afonso Alves (37′), Downing (58′), Afonso Alves (60′), Johnson (70′), Rochemback (80′), Aliadiere (85′), Elano (87′), Afonso Alves (90).

Cartão vermelho: Dunne (15′).

Acompanhe a PL Brasil no YouTube

Dezin Pergunta #02 – Estatísticas do futebol inglês

Não há posts para exibir