Messi, Kane e Cristiano Ronaldo: entenda as negociações frustradas do Manchester City

0
294
Manchester City
Foto: Divulgação/Getty Images

Protagonista em muitas janelas de transferências ao longo das últimas temporadas, o Manchester City queria repetir o feito nesta. Entretanto, a ideia deu errado, e o clube não anunciou nenhuma grande chegada até o momento, não que não tenha tentado. Ao longo dos últimos meses, os Cityzens sondaram as situações de Messi Kane. Além disso, mais recentemente, tentou Cristiano Ronaldo, mas não obteve êxito nas três.

Atual vice-campeão da Champions League, a equipe comandada por Pep Guardiola ainda quer conquistar o título continental. Assim, planejou contratar ainda mais astros para alcançar o feito. Contudo, a grande verdade é da lista de interesse, apenas Jack Grealish foi realmente contratado.

As frustrações do Manchester City

Ao deixar claro que desejava deixar o Barcelona no meio da última temporada, Messi logo entrou no radar do time inglês. Assim, a mídia mundial chegou a revelar que o argentino queria defender as cores dos Cityzens. Uma briga judicial com o Barça para romper o contrato fez o camisa 10 optar por permanecer até o fim de seu vínculo.

Ao término, Messi chegou perto de renovar seu contrato com o clube catalão, mas questões burocráticas e limites financeiras impostas pela La Liga impediram o acordo. Livre no mercado, o argentino logo recebeu sondagens e, em seguida, vestiu a camisa do PSG.

Outro sonho antigo do Manchester City é Harry Kane. O centroavante inglês deixou claro que queria deixar o Tottenham. Sabendo disso, a diretoria da equipe azul logo entrou em contato com os Spurs e chegou a oferecer cerca de 150 milhões de euros pelo atleta. Apesar disso, Daniel Levy, mandatário dos Coys rejeitou negociar seu capitão, que logo anunciou que permaneceria.

Sem Kane, a bola da vez virou Cristiano Ronaldo. Infeliz na Juventus, o português pediu para deixar o clube. De acordo com boa parte da mídia europeia, o Manchester City definiu junto ao atleta as bases salariais e tempo de contrato, precisando apenas acertar uma compensação financeira com os italianos.

Um dia após o suposto acordo, o jornalista Fabrizio Romano revelou que nunca houve um acerto e que o time inglês estava oficialmente fora da corrida pelo astro português que, horas depois, foi anunciado pelo grande rival, Manchester United.

Foto Destaque: Divulgação/Getty Images