Messi e Neymar estão a venda no PSG

Na noite dessa quinta-feira (30), em Paris, a diretoria do PSG se reuniu e decidiu que Messi e Neymar podem ser vendidos nessa temporada. Isso se dá, após o aval de Mbappé que comunicou Luis Campos que deve buscar propostas nesse mês. Por fim, a ideia para os Les Rouges et Bleus é montar uma equipe em torno do camisa 7 da equipe.

Como o PSG irá negociar Messi e Neymar?

Como resultado, quem não gostaria de contar com Messi e Neymar na equipe? Entretanto, com altos salários e o próprio preço de transação dificulta a negociação com clubes.

Aos 35 anos, o camisa 30 do Paris disse diversas vezes que não gostaria de sair do Barcelona. Porém por conta dos contratos burocráticos, o ET teve que se transferir para outro time. Mesmo chegando a custo zero, o PSG quer lucrar pelo menos um pouco com a marca que Messi traz ao time. O argentino também não correspondeu a altura, tendo feito seu 2º pior ano profissional em gols e assistências.

Caso os Cúles não repatriarem Messi, seu provável destino é  o futebol da MLS, que inclusive amigos do argentino tem o chamado para jogar com uma das estrelas máximas do futebol.

Já Neymar, acabou sendo em 2017/18 a contratação mais cara da história, por 222 milhões de Euros, vindo do Barcelona. Desde a temporada 20/21, quando o PSG chegou a final da Champions e perdeu para o Bayern de Munich, os números do brasileiro vem caindo drasticamente.

Mesmo querendo ficar até o final do seu contrato que será até 2025, qualquer proposta que fique na casa de 90 milhões de Euros, será aceita pelo Paris. Em suma, os principais rumores de clubes são: Chelsea, Juventus e Barcelona que podem ir atrás de uma compra em definitivo do Ney.

Decepção para o PSG

Com várias contratações nesta temporada, se esperava que o clube da capital francesa se consolidasse na briga pelo título da Champions. Contudo, isso não aconteceu, sendo eliminado nas quartas de final e não apresentando um futebol que convencesse. Além disso, mesmo a instituição conquistando a Ligue 1 neste ano pela 10ª vez, os torcedores não curtiram ao fim da sessão.

Sendo assim, além de mudanças no comando de campo, jogadores mais velhos devem ser vendidos e atletas promissores parecem ganhar mais chances. A ideia da reformulação está cada vez mais visível, mostrando que a Champions League será uma obsessão para essa e as demais temporadas que estão por vir.