Mercado: Everton mira atacante do Corinthians para próxima Premier League

4 minutos de leitura

Um dia depois de se salvar do rebaixamento da Premier League, o Everton já se planeja para reforçar sua equipe em busca de uma campanha melhor na próxima temporada.

O ataque deve ser o setor que mais receberá atenção. Depois que perdeu Richarlison, o Everton dos atacantes de Calvert-Lewin e Neal Maupay fez somente 34 gols em 38 jogos no Campeonato Inglês — o segundo pior ataque da competição, atrás apenas do Wolverhampton (31 gols).

Para reforçar a equipe, os Toffees podem apostar em outro atacante brasileiro. O alvo da vez é Yuri Alberto, atual camisa 9 do Corinthians.

Segundo foi apurado pelo portal “Goal”, o Everton fez uma consulta com o estafe do atleta para colher informações e estudar uma possível proposta na próxima janela de transferências.

Os números do camisa 9 do Corinthians

Yuri Alberto tem 22 anos e, no início de 2023, assinou contrato com o Corinthians até dezembro de 2027. Os paulistas compraram 50% do jogador ao cederem as promessas Robert Renan e Du Queiróz ao Zenit, que continua dono dos outros 50%.

Antes, o centroavante já havia chegado ao Parque São Jorge por empréstimo em troca das idas do goleiro Ivan e do atacante Gustavo Mantuan para a Rússia.

O camisa 9 não vive a melhor das suas temporadas no Corinthians. Ele soma cinco gols e três assistências em 25 jogos nesse ano, e chegou a passar por um jejum de nove partidas entre março e maio.

Everton tem sofrido com atacantes

Por outro lado, já são números melhores que os dois centroavantes atuais dos Toffees. Calvert-Lewin, que sofreu com problemas físicos, marcou apenas dois gols em 18 jogos na temporada. Já Maupay, que chegou por 11,8 milhões de euros no início da temporada, balançou as redes somente uma vez 29 jogos.

Tanto que a solução do treinador Sean Dyche nas últimas temporadas foi escalar Damarai Gray no comando do ataque, ainda que o inglês esteja mais acostumado a jogar como ponta. Gray marcou seis vezes em 36 jogos.

O Everton ainda pode ter outra ligação com o futebol brasileiro. A imprensa inglesa tem noticiado que o grupo “777 Partners”, dono da SAF do Vasco da Gama, estaria próximo de um acordo de 600 milhões de libras para comprar o clube azul de Liverpool.

Diogo Magri
Diogo Magri

Jornalista nascido em Campinas, morador de São Paulo e formado pela ECA-USP. Subcoordenador da PL Brasil desde 2023. Cobri Copa América, Copa do Mundo e Olimpíadas no EL PAÍS, eleições nacionais na Revista Veja e fui editor de conteúdo nas redes sociais do Futebol Globo CBN.

Contato: [email protected]