Mercado de transferências do futebol europeu 2022/23

Primeiramente, o mercado de transferências do futebol europeu é sempre muito movimentado. A saber, o mundo inteiro fica atento às negociações que devem acontecer no Velho Continente. De fato, com torcedores espalhados pelo mundo todo, é impossível que o mercado da bola não fique agitada no meio do ano.

Veja as principais notícias do mercado de transferências do Futebol Europeu 2022/23

Times ingleses e espanhóis tem por tradição investir muito no mercado de transferências

Por certo, clubes ingleses e espanhóis já tem por tradição um mercado de transferências do futebol europeu fervoroso onde gastam milhões (às vezes bilhões) nas mais diferentes moedas. Dessa forma, contratam promessas de mercados famosos por revelar talentos ou por trazer futuras estrelas em início de ascensão.

Da mesma forma, costumam torcar estrelas entre os times e até mesmo ligas, sempre com a visão de melhorar a competitividade com os demais concorrentes ao título de sua liga e até mesmo da Europa. Decerto, o investimento no mercado de transferências é tradição nestes dois países que são potências.

Equipes italianas e alemãs já foram mais badaladas e hoje são mais inteligentes

Por outro lado, a Itália já teve seus tempos de glória em contratar grandes estrelas do futebol mundial no mercado de transferências do futebol europeu. Mas, apesar de ter diminuído sua assiduidade nas aquisições bombásticas, é um mercado da bola europeu que segue agitado e antenado as revelações e astros do mundo da bola.

Bem como os alemãs, que costumam ser mais comedidos nas contratações de mercado de transferências, fazendo aquisições pontuais. Mas nem sempre gastam muito. Entretanto, de fato, sempre investem com bastante inteligência. Assim, apostam em bons jogadores de ligas menores, que chegam baratos e saem caros, além do incentivo na base ser muito forte.

Franceses e holandeses investem precisamente

Em contrapartida, os franceses e holandeses sempre contrataram muitas estrelas em início de carreira. Por certo, a Holanda segue este molde de apostar na base e em jovens promissores de outros mercados.

Além disso, a França foi para outro patamar e hoje briga nas grandes ligas com cifras absurdas. Portanto, é um mercado quente no verão europeu. O único time que destoa é o PSG, de Paris, que contrata muitas estrelas.

Equipes portuguesas e outras nações europeias nas contratações

A saber, em Portugal, costumam apostar muito em brasileiros e atletas em regiões não muito exploradas. Assim, compram muito bem e vendem melhor ainda. Ademais, atletas costumam chegar a países como Rússia, Ucrânia e Turquia com algum grau de competitividade. Em conclusão, confira todas as movimentações das ligas e dos clubes da Europa abaixo.

Mercado da bola europeu por campeonato