PSG mira brasileiro que negou a Seleção e Neymar pode ter novo parceiro no meio-campo

5 minutos de leitura

Com a saída de Lionel Messi e a indefinição acerca do futuro de Kyllian Mbappé, o PSG finca de vez seu novo perfil de jogadores no mercado da bola. A equipe agora tem sido ligada a um jogador brasileiro da Premier League e pode reforçar seu meio-campo.

O brasileiro em questão, porém, defende outra nação. Trata-se de Matheus Nunes, meio-campista naturalizado português e que atualmente joga no Wolverhampton. De acordo com o jornal “L’Équipe”, o nome do luso-brasileiro faz parte dos relatórios do PSG após indicação de Luís Campos, diretor da equipe.

Matheus Nunes seria uma reposição à possível saída de Marco Verratti, que não tem permanência garantida. O italiano tem negociação com o Al-Hilal da Arábia Saudita e não foi utilizado pelo técnico Luis Enrique no amistoso contra a Inter de Milão, disputado na última terça-feira (1).

A transferência de Matheus Nunes para o PSG não seria muito simples, já que o atleta tem contrato com o Wolverhampton até 2027. Em 2022, os ingleses pagaram 45 milhões de euros (R$ 236 milhões à época) para tirá-lo do Sporting. Na contra-mão do “L’Équipe”, porém, o portal “Le10Sport” reportou que o luso-brasileiro não faz parte dos planos do gigante francês.

Matheus Nunes, o homem que negou a seleção brasileira

Natural do Rio de Janeiro, Matheus Nunes tem 24 anos, mas nunca jogou no futebol brasileiro. Ainda na base, o jogador partiu para Portugal, onde construiu sua carreira e se tornou jogador. Ele começou no Ericeirense, passou pelo Estoril e se destacou no Sporting.

Por conta dessa relação aflorada com Portugal, Nunes, que tem sotaque português, escolheu defender a seleção lusitana e rejeitou o Brasil. Ele foi convocado por Tite em setembro de 2021, mas não aceitou e optou pela equipe europeia, alegando sua relação com a nação desde os 13 anos e que lá seria mais feliz.

Matheus Nunes já jogou 11 vezes pela seleção portuguesa, marcou um gol e esteve presente na Copa do Mundo do Catar.

Pelo Wolverhampton, o jogador é uma peça-importante no time de Julen Lopetegui. Ele atua como segundo homem de meio-campo, mas também pode jogar mais recuado.

Matheus Nunes pelo Wolverhampton

  • 39 jogos
  • 1 gol
  • 1 assistência

A formação do meio-campo do PSG após a janela de transferências

Fruto da escola espanhola, Luis Enrique bota a posse de bola como prioridade em suas equipes. No PSG, não será diferente. Por isso o treinador espanhol precisa ter em mãos um meio-campo qualificado. Atualmente, o clube conta com jogadores importantes e com potenciais elevados, mas pode ter de buscar outros atletas no mercado caso Marco Verratti realmente deixe o Parque dos Príncipes.

Na atual janela, o clube já buscou Manuel Ugarte (Sporting), Cher Ndour (Benfica) e Kang-in Lee (Mallorca) para a função.

  • Manuel Ugarte – 22 anos
  • Danilo Pereira – 31 anos
  • Vitinha – 23 anos
  • Marco Verratti – 30 anos
  • Fabián Ruíz – 27 anos
  • Carlos Soler – 27 anos
  • Ismael Gharbi – 19 anos

Renato Sanches, Georginio Wijnaldum e Eduard Michut não fazem parte dos planos do clube.

Lucas Barbosa
Lucas Barbosa

Redator da PL Brasil. Foi por meio da Premier League, na tela do antigo Esporte Interativo, em 2007, que o Jornalismo entrou na minha vida. Duas paixões que abriram portas e me fazem realizar sonhos todos os dias. Passei pelos portais Mais Minas e Esporte News Mundo.