Exclusivo: Willian na Arábia Saudita: ‘novo detalhe’ entre Fulham e Al Shabab segura o acerto

4 minutos de leitura

A negociação entre Willian e a Arábia Saudita pegou o mercado de surpresa. O destino do brasileiro pensando na temporada que está para começar parecia selado depois que, após interesse de Nottingham Forest e outros clubes, o meia-atacante revelado pelo Corinthians acertou a renovação com o Fulham para a disputa da Premier League 2023/24.

As conversas avançadas entre Willian e o Al Shabab, inicialmente divulgadas por Fabrizio Romano, nesta última quinta-feira (3), chamaram atenção, uma vez que a permanência do brasileiro no Craven Cottage foi confirmada no dia 17 de julho, há não mais que três semanas.

No entanto, uma “cláusula secreta” firmada oralmente durante a renovação, revelada pela PL Brasil, permite que Willian deixe o Fulham caso de uma proposta fora do comum em termos financeiros até o fim do mês de agosto.

Willian na Arábia Saudita: o que falta para a saída do Fulham após o sim do jogador

Willian já deu o sim ao que, ouviu a PL Brasil, ser uma “proposta irrecusável do Al Shabab”. No entanto, um detalhe separa o acerto do brasileiro com o futebol saudita.

Mesmo com a “cláusula de cavalheiros”, Fulham e Al Shabab estão conversando para que o brasileiro seja liberado mediante compensação financeira. O acerto desse valor é o único detalhe que, por ora, separa Willian de uma mudança para a Arábia Saudita.

Fulham x Palace: Willian faz 'entrega perfeita' em retorno 'heroico' de Mitrovic
Willian em ação Fulham – Foto: Twitter/FulhamFC

Willian na Premier League: história extensa e marcante

A ida de Willian para a Premier League seria o fim de uma história de sucesso. Ele é o brasileiro com mais jogos na história da 1ª divisão do futebol inglês, com 286 partidas disputadas, e com 43 gols marcados, é o quinto que mais balançou as redes.

Em entrevista exclusiva para a PL Brasil, em maio deste ano, ainda em conversas para renovar com o Fulham, Willian declarou que “continuar morando em Londres seria perfeito” para ele e a família, uma vez que não tinham planos de retornar ao Brasil. O jogador atuou por três clubes ingleses na carreira, todos da capital da Inglaterra: Chelsea, Arsenal e Fulham. Uma proposta fora dos padrões, no entanto, mudou os planos do jogador de 34 anos de idade.

Caso o Willian rume ao Al Shabab, esta será a 20ª contratação do futebol da Arábia Saudita de jogadores da Europa desde a saída de Cristiano Ronaldo para o Al Nassr. Sem os investimentos abissais em salários, já são mais de R$ 2 bilhões investidos apenas na compra dos direitos federativos de atletas em menos de um ano.

Diogo Magri
Diogo Magri

Jornalista formado pela ECA-USP, campineiro e repórter na PL Brasil. Passagens por EL PAÍS, Revista Veja e Futebol Globo CBN.

Contato: [email protected]