“Menos um”. Com a desistência do PSG, Chelsea fica mais próximo de contratar atacante do Barcelona

“Menos um”. Com a desistência do PSG, Chelsea fica mais próximo de contratar atacante do Barcelona
Foto destaque: Divulgação / Chelsea FC

A saber, de acordo com o Daily Mail, veículo de notícias da Inglaterra, o Chelsea terá um concorrente a menos para contratar um atleta importante do Barcelona. Isso porque, de acordo com a imprensa espanhola, o PSG desistiu da ‘briga' pela contratação do atacante catalão. Além disso, o portal destaca que esta pode ser a primeira contratação da era Todd Boehly. Em resumo, existem outros clubes europeus também na disputa pelo atleta.

COMPANHEIRO DE N'GOLO KANTÉ PODE SER O NOVO REFORÇO DOS BLUES

De acordo com o Daily Mail, veículo de notícias da Inglaterra, o Chelsea está interessado em Ousmane Dembélé, atleta do Barcelona. O camisa 7 tem contrato até 30 de junho de 2022 e poderia ser negociado sem custos ao time de Londres.

Por outro lado, o clube não é o único na disputa. Assim, conforme especulações da imprensa espanhola, o Paris Saint-Germain e o Liverpool também teriam interesse. Contudo, pelo que foi apurado também pela imprensa catalã, os franceses teriam sinalizado que não seguiriam em frente com a disputa. Por outro lado, os Reds estariam interessados no atacante para a reposição de Sadio Mané, que decidiu deixar o plantel nesta janela de temporada.

Em resumo, a contratação de Dembélé pode ser a primeira da era Todd Boehly.

CAMISA 10 PEDE MAIS TEMPO DE JOGO

A saber, Christian Pulisic quer mais minutos em campo com a camisa do Chelsea para a próxima temporada. Assim, o atacante esteve em campo em 38 partidas durante a temporada. Em contrapartida, apenas 13 deles foram como titular, fato este que tem gerado um certo incomodo no atleta que quer ser mais presente nos onze iniciais da equipe.

TRANSFERÊNCIA DE HAZARD RENDE AO CHELSEA QUASE £ 123 MILHÕES DE LIBRAS

De acordo com o The Sun, veículo de notícias inglês, os Azuis venderam meia em 2019 por £ 88,5 milhões de libras. Contudo, o acordo incluiu bônus de desempenho que poderiam elevar a taxa de transferência a patamares mais elevados, como aconteceu.

Assim, o clube de Londres recebeu quase £ 20 milhões de libras na temporada seguinte a transferência. Isso porque, o Real Madrid conquistou o título da LaLiga, 1ª divisão espanhola. Com isso, o clube de quebra se classificou para a Liga dos Campeões.

Com a conquista do 14º título da UEFA Champions League, os Blues embolsaram mais £ 15 milhões de libras. Por fim, é importante salientar que desde que chegou a Madrid, o meio-campista Eden Hazard não correspondeu as expectativas do torcedor Merengue, sendo pouco utilizado desde que se transferiu para Espanha.