Mendy brilha no título de Senegal pela Copa das Nações Africanas

Mendy brilha no título de Senegal pela Copa das Nações Africanas
Foto Destaque: Reprodução/Getty Images

Antes de mais nada, neste último domingo (05) ocorreu a final da Copa das Nações Africanas, entre Senegal e Egito. Dessa forma, após cobranças de pênaltis, a seleção senegalesa conquistou pela primeira vez o torneio continental, entrando para a história da competição. Por fim, um dos destaques de Senegal foi o goleiro do Chelsea Edouard Mendy, que brilhou na grande decisão

O BRILHO DE MENDY 

Sendo o melhor goleiro do mundo na última temporada de acordo com a FIFA, Mendy foi um dos protagonistas do título inédito de Senegal. Nesse sentido, na grande final, o goleiro dos Blues defendeu duas penalidades, deixando a responsabilidade no pé de Sadio Mané, que não desperdiçou garantindo o título continental.

Além disso, Mendy foi o goleiro menos vazado da competição pela média de jogos completados. Assim, levou apenas dois gols em sete partidas. Por fim, o arqueiro também garantiu o prêmio de melhor goleiro da competição.

A REVIRAVOLTA NA VIDA DE MENDY

Se você contassem a um jovem goleiro de 22 anos, desempregado, que precisava de um programa do governo francês de assistência para sobreviver, que ele iria se tornar goleiro do Chelsea e disputar a Premier League e a Champions League, você acha que ele acreditaria?

Pois essa era a situação de Mendy há seis anos. O jogador começou sua carreira como profissional em 2011, no Cherbourg, da terceira divisão francesa. O goleiro revezava entre a titularidade e o banco, e quando finalmente conseguiu se firmar na posição, viu seu time ser rebaixado.

Consequentemente, ele estava desempregado e ainda tinha sido abandonado pelo seu agente. Sem clube, Mendy viu como opção para sobreviver o “Pôle Emploi”. Um programa do serviço público francês de assistência a desempregados que ajuda cidadãos franceses a encontrar emprego, além de oferecer auxílio financeiro.

“Croire en soi et ne jamais abandonner”; acredite em si mesmo e nunca desista

Mesmo afastado dos campos, o goleiro não desistiu do futebol e continuava treinado para manter a forma física. Foi quando Ted Lavie, ex-companheiro de Cherbourg, ajudou Mendy a encontrar um time, o Olympique de Marseille. Na nova equipe, ele recebia um salário mínimo, mas já era um alívio para o jovem que agora iria se tornar pai.

Ele não foi titular absoluto, mas chamou atenção de outros clubes, como o Stade Reims, da Ligue 2. Foi ai que sua história começou a mudar. Mendy se destacou, virou titular, sendo que em 38 partidas, passou 19 sem levar gols e ajudou o clube a subir para a Ligue 1.

Desse modo, Mendy foi transferido para o Rennes, para disputar a temporada 2019/2020. No novo clube, disputou 34 partidas e foi vazado apenas em 13 oportunidades. Bom, o resto, a gente já sabe.

Fato é que Mendy nunca desistiu do seu sonho de jogar futebol e hoje, atua por um dos maiores times do mundo. E a cada partida, vem sendo uma das peças fundamentais da defesa do Chelsea, e hoje, é campeão africano por sua seleção.

PELA PRIMEIRA VEZ!!!

Em resumo, após muitas eliminações, finalmente a seleção senegalesa conseguiu o lugar mais alto do pódio da Copa das Nações Africanas. Nesse sentido, esta foi a 16ª participação do país no torneio, tornando-se a 15ª nação diferente a ser campeão da competição.

Por fim, ao todo, foram sete jogos completados no torneio, vencendo quatro duelos no tempo normal, três empates, marcando 9 gols e sofrendo apenas dois (melhor defesa da competição).