Os 5 melhores zagueiros da década da Premier League

Confira cinco grandes nomes da zaga que atuaram na Premier League nos últimos dez anos

0
500
Os 5 melhores zagueiros da década da Premier League
Richard Heathcote/Getty Images

A década acabou em 2019? Ou acabará em 2020? Deixando essa discussão como secundária, a PL Brasil preparou uma série especial. Nela, escolhemos os cinco melhores jogadores por posição do último decênio da Premier League. Hoje, enumeramos os melhores zagueiros da década. Acompanhe a série.

Os 5 melhores zagueiros da década da Premier League

Siga a PL Brasil no Youtube
  • Os maiores zagueiros da história da Premier League

A Premier League teve grandes defensores nesses últimos dez anos. Alguns torcedores não gostam que o zagueiro saia jogando da sua própria área, dá aquele frio na barriga.

No entanto, nos tempos atuais, é cada vez mais importante que a construção do jogo comece lá atrás, nos pés dos camisas três e quatro. O que é certo é que a vida de quem atua ali naquele setor não é nada fácil.

Força, bom jogo aéreo, posicionamento, bom passe. Todas essas são características presentes em grandes zagueiros. A PL Brasil listou cinco grandes jogadores que foram especialistas em afastar o perigo de sua área com muita precisão e categoria. Lembrando que todos os nomes abaixo são de jogadores que atuaram apenas na última década.

Vincent Kompany

Atualmente no Anderlecht, da Bélgica, clube onde iniciou sua carreira profissional, Vincent Kompany é um dos grandes zagueiros da última década na Premier League.

Belga, mas também com cidadania congolesa, o zagueiro chegou à Inglaterra em agosto de 2008, para defender as cores do Manchester City. O atleta estava no Schalke 04 e foi comprado por 8,5 milhões de euros, com apenas 22 anos. À época, o treinador ainda era Mark Hughes.

Alex Livesey/Getty Images

Pelos Citizens, Kompany disputou 360 jogos, sendo 265 só pela Premier League. O zagueiro marcou 20 gols pelo clube, sendo o mais importante deles na última temporada, diante do Leicester na penúltima rodada da liga. Na oportunidade, o time de Manchester disputava ponto a ponto a liderança da tabela com o Liverpool e se sagrou campeão no final.

Em seus onze anos jogando pelo lado azul de Manchester, Kompany venceu quatro Premier League, duas Copas da Inglaterra, quatro Copas da Liga Inglesa, além de duas Supercopas da Inglaterra. Desde a temporada 2011/2012 o belga era capitão do time. Sua passagem pelo City só não foi melhor devido às várias lesões sofridas. Ao todo, foram 21 contusões, média de 1.9 por temporada.

O jogador esteve na seleção do Campeonato Inglês eleita pela Associação de Jogadores Profissionais (PFA) nas temporadas de 2010/2011, 2011/2012 e 2013/2014.

Leia mais: Bobby Moore, o zagueiro temido até por Pelé

Gary Cahill

Richard Heathcote/Getty Images Sport

Desde agosto de 2019 atuando pelo Crystal Palace, o jogador inglês de 34 anos teve o seu auge com a camisa do Chelsea. Nos Blues, atuou em 193 partidas somente pela Premier League. Com dois títulos ingleses pelo time de Stamford Bridge nas temporadas 2014/2015 e 2016/2017, Cahill é um dos destaques na zaga quando falamos da última década.

Sempre que falamos de um defensor do Chelsea o primeiro nome que nos vem à cabeça geralmente é de John Terry. No entanto, Cahill está também no panteão de jogadores do clube.

Adquirido pelo time de Roman Abramovich junto ao Bolton em janeiro de 2012 por 8,4 milhões de euros, o jogador acumulou taças. Além dos dois títulos da liga, o defensor também venceu pelo Chelsea uma Champions League, duas Copas da Inglaterra, duas Europa League, além de uma Copa da Liga Inglesa.

Gary Cahill foi eleito em três oportunidades para estar presente na seleção da Premier League: 2013/2014, 2014/2015 e 2016/2017.

Virgil van Dijk

Atualmente não há como falar de bons zagueiros e o nome de van Dijk não surgir na conversa. Desconhecido pela maioria das pessoas até 2015, ano em que foi contratado pelo Southampton junto ao Celtic por 15,7 milhões de euros. Rapidamente o defensor se adaptou à liga inglesa.

Pelo time do sul da Inglaterra, disputou 80 partidas e logo se tornou um dos melhores zagueiros do campeonato. Na temporada 2015/2016, o Southampton teve a sua melhor temporada na década, terminando na sexta colocação.

Richard Heathcote/Getty Images

As boas atuações pelos Saints chamaram a atenção do Liverpool. Os Reds já tinham um bom time, mas ainda sofriam na defesa e muito se dizia que precisavam de um bom zagueiro e um goleiro. Foi assim que em janeiro de 2018, em meio a temporada, o Liverpool quebrou o seu recorde de transferências e pagou 84,65 milhões de euros para contar com o futebol de Van Dijk.

O zagueiro esteve presente na seleção do Campeonato Inglês da temporada 2018/2019, temporada em que o Liverpool foi vice-líder com incríveis 97 pontos.

Além de figurar na seleção da PFA, van Dijk também figurou nas disputas de melhor jogador do ano de 2019. Tanto na votação do The Best, premiação da Fifa, quanto na Bola de Ouro da revista francesa France Football, o holandês ficou atrás apenas de Lionel Messi, ficando na frente de Cristiano Ronaldo.

Leia mais: Virgil Van Dijk: a ambição, a superação e o domínio do zagueirão do Liverpool

Jan Vertonghen

Talvez por ainda não ter conquistado a Premier League, algumas pessoas não pensem de imediato em Vertonghen quando falamos dos melhores zagueiros da década. Mas o defensor do Tottenham foi sem dúvidas um dos destaques da última década.

Eficiente na saída de bola e com um bom posicionamento, o belga de 32 anos é um dos pilares da defesa dos Spurs já por um bom tempo. Contratado em julho de 2012 junto ao Ajax por 12,5 milhões de euros, o zagueiro, que também pode atuar como lateral esquerdo, já soma mais de 300 jogos pelo time londrino.

Nascido na Bélgica, Vertonghen começou a sua carreira na Holanda, defendendo a camisa do Ajax.

Mike Hewitt/Getty Images
Leia mais: Melhores zagueiros do Ultimate Team: listamos 10 defensores da Premier League

O seu início na Inglaterra não poderia ter sido melhor. Logo ao fim da sua temporada de estreia, Vertonghen esteve presente na Seleção do Campeonato da PFA.

Sob o comando do técnico Mauricio Pochettino, Vertonghen voltou à Seleção do Campeonato em 2017/2018, temporada em que o clube ficou na terceira colocação. Ao lado do conterrâneo Toby Alderweireld, o defensor formou uma das duplas de zagas mais sólidas da Premier League nos últimos anos.

Toby Alderweireld

Alex Morton/Getty Images Sport

Nascido na Bélgica, Alderweireld começou a sua carreira profissional como jogador de futebol no Ajax. No time holandês, disputou 186 jogos, muitos deles ao lado de Vertonghen, atual companheiro no Tottenham. Pelo clube holandês, foi tricampeão holandês.

Após o seu destaque no Ajax, o zagueiro foi contratado pelo Atlético de Madrid em setembro de 2013 por sete milhões de euros. Naquela temporada, o zagueiro participou de 12 partidas e ajudou o time de Simeone a se sagrar campeão espanhol.

Após um curto período na Espanha, o zagueiro foi emprestado por uma temporada ao Southampton, dirigido àquela época por Ronald Koeman. Pelos Saints, o zagueiro teve uma grande temporada e ajudou o time a conquistar a sua melhor colocação na história da Premier League.

Em sua curta passagem, Alderweireld atuou em 28 partidas, sendo 26 pela Premier League e duas pela Copa da Liga. Após boa temporada no sul da Inglaterra, o belga foi adquirido pelo Tottenham junto ao Atlético de Madrid, detentor dos direitos do zagueiro, por 16 milhões de euros em julho de 2015. No norte de Londres, o zagueiro reencontrou o seu ex-companheiro de Ajax e companheiro de seleção Jan Vertonghen.

Leia mais: Por trás da história do galo no escudo do Tottenham

Em seu primeiro ano no novo clube, o jogador foi eleito para a seleção da PFA. Com mais de 200 jogos pelos Spurs, virou referência e integra a lista dos melhores zagueiros da década.