Livros sobre futebol inglês: listamos as melhores obras

Selecionamos as melhores obras relacionadas ao futebol jogado na Terra da Rainha!

Livros sobre futebol inglês: listamos as melhores obras

O futebol surgiu na Inglaterra e a história do esporte está muito relacionada ao país europeu. Nesse cenário, relatos, acontecimentos, títulos e campanhas históricas acabam sendo registrados em livros. Por isso, a PL Brasil resolveu pesquisar os melhores livros sobre futebol jogado na Terra da Rainha.

Confira os melhores livros sobre futebol inglês

The Title: The Story of the First Division 

A Premier League surge, de fato, na temporada 1992/93. Porém, obviamente antes já havia uma primeira divisão do futebol inglês, a First Division.  

Assim, Scott Murray mostra nesse livro a história do primeiro século do futebol na Inglaterra. Um dos melhores livros sobre futebol inglês conta com humor e é sustentado por pesquisas sólidas. 

Com curiosidades improváveis, e o mesmo de história de times como Wolves, West Brom, Burnley a equipes como Arsenal, Liverpool e Manchester United, Murray sintetiza o tamanho e a tradição do futebol inglês desde 1888 até 1992. 

Escritos que fariam qualquer amante do esporte bretão se sentir privilegiado ao ler, relembrando grandes figuras como George Allison, Matt Busby, Don Revie, Bill Shankly e Brian Clough.

Football Nation: Sixty Years of the beautiful game 

Andrew Ward e John Williams, a partir de mais de quarenta diferentes e fascinantes histórias, escrevem o Football Nation, com o intuito de revelar aspectos interessantes do futebol inglês a partir do ano de 1945. 

O desastre de Hillsborough, a chegada da Premiership, a introdução de holofotes em Accrington Stanley e o crescimento do hooliganismo são alguns dos assuntos abordados nos escritos.  

A obra oferece uma visão diferenciada sobre a história do esporte, com informação, surpresas e até um pouco de ironia e diversão.

Relembra também a época em que os atletas eram amadores, fazendo uma ligação com o jogo atual, no qual os jogadores recebem semanalmente mais do que o torcedor pode ganhar por todo ano. 

Leia mais: O maior artilheiro de cada continente na Premier League

Different Class: The Story of Laurie Cunningham 

Laurie Cunningham foi o primeiro jogador de futebol negro a atuar pela seleção sub-21 da Inglaterra, em 1977.

Na época, as relações raciais ainda causavam divisões na sociedade. Bananas eram jogadas das arquibancadas dos estádios, que também eram palco de cantos racistas e preconceituosos.

Cunningham foi importante para mudar a forma como os jogadores negros eram vistos e abrir caminho para uma nova geração de futebolistas negros. E o atleta além de craque dentro dos campos era diferente também fora dele, e tinha o desejo de expor sua opinião sobre cinema, dança e moda, por exemplo.  

Sua biografia conta a história de um filho de imigrantes jamaicanos, que cresceu no norte da cidade de Londres. Um negro que foi responsável por levar brilho ao futebol jogado na Inglaterra.

Para quem se interessa pela combinação entre futebol, relações raciais e cultura pop do fim dos anos 1970, no Reino Unido, será uma leitura muito prazerosa. 

Fever Pitch (Febre de Bola)  

Fever Pitch, ou Febre de Bola, de Nick Hornby, mostra a paixão do próprio autor do livro pelo Arsenal, num intervalo de tempo de 24 anos. Vai desde seus 11 anos, quando foi ao estádio pela primeira vez, até quando começou a se integrar dentro do universo da literatura, sendo escritor. 

Hornby foi ao estádio pela primeira vez sendo levado pelo seu pai. O jovem andava triste porque seus pais tinham se separado recentemente. Frente isso percebeu como era bom estar no estádio e a partir desse momento nunca mais deixou de assistir aos Gunners, seja in loco ou pela televisão.

A obra é escrita a partir das suas experiências pessoais. Sempre tentando levar a visão de um típico torcedor para sua escrita, Hornby evitou qualquer tipo de discurso arrogante e pedante, abordando temas polêmicos relacionados do futebol inglês de maneira simples e leve. 

Nick Hornby consegue traduzir de forma única a alma do torcedor de futebol, independente da equipe ou do país.  

Alex Ferguson: My Autobiography 

A autobiografia de Sir Alex Ferguson é um presente para o fã de futebol inglês. No livro, o ex-técnico escocês conta detalhes nunca antes revelados de sua carreira mais que vitoriosa. 

Ele descreve a personalidade polêmica de Roy Keane, lamenta a escolha de David Beckham em priorizar a vida de pop star, relata a rivalidade feroz de Ruud van Nistelrooy com Thierry Henry, reconhece o erro em vender Jaap Stam e o desejo de que Cristiano Ronaldo não tivesse sido negociado com o Real Madrid.  

Ferguson também fala sobre o processo de mudança de patamar do Manchester United. O clube deixou de ser um clube de futebol convencional e passou a ser uma grande empresa, nunca deixando de inovar-se. O livro é, simplesmente, imperdível. 

Liderança  

Liderança é um livro originário de uma parceria entre Alex Ferguson, grande ex-técnico do Manchester United, e Michael Moritz, presidente da Sequoia Capitol, empresa de investimentos que ajudou a moldar companhias como Apple, Google, PayPal, YouTube, WhatsApp e Airbnb. 

Ferguson e Moritz tentam mostrar que com a preparação adequada, o clube sempre disputará títulos, mesmo que esses não venham toda temporada. 

Outro ponto levantado é a necessidade de inovação sempre, que será resultado de uma renovação constante, com busca inteligente por jovens jogadores, como ocorreu com Cristiano Ronaldo, por exemplo.

Ponto que é utilizado também em grandes empresas, como Apple, Facebook e Google, nesse sentido é importante a presença de Michael Moritz na produção do livro. 

Scholes: My Story 

Sempre discreto fora de campo nos tempos de jogador, Paul Scholes abre o jogo e conta tudo sobre a sua carreira. 

O ídolo do Manchester United conta detalhes importantes dos fracassos e sucessos, tanto coletivos como individuais. 

Chama a atenção os comentários sarcásticos do ex-meio-campista, algo difícil de perceber nos seus tempos de jogador. 

Mesmo com perfil privado, ele se abre e conta sobre questões pessoais importantes. Do seu problema com asma à felicidade de ter casado com o amor de infância e ser pai de dois filhos, sendo um deles autista. 

Mourinho Rockstar: As Diversas Faces Do Técnico Mais Polêmico‎ Do Mundo 

Mourinho, vencedor por quase todos os times que passou, sempre foi reconhecido pela personalidade singular, que fazem pessoas o amarem ou odiarem.  

O autor Luís Aguilar, em “Mourinho Rockstar”, mostra os grandes e mais importantes momentos da carreira do treinador português. Inclui sua forte relação com o Chelsea, que o conecta diretamente com o futebol inglês. 

No ano de 2011, a versão espanhola da revista “Rolling Stone” elegeu José Mourinho como a estrela rock do ano. Ela argumentou que o português é mestre na “maquiavélica arte de exasperar todo mundo”. 

Importantes personalidades do mundo do futebol são personagens do livro. São os casos de Guardiola, Ibrahimovic, Sir Alex Ferguson, Balotelli, Arrigo Sacchi e Cristiano Ronaldo. 

Does Your Rabbi Know You're Here: The Story Of England's Forgotten Tribe

O livro “Does Your Rabbi Know You're Here: The Story Of England's Forgotten Tribe” (Seu rabino sabe que você está aqui?: A história da tribo esquecida do futebol, em tradução livre) conta a história de judeus – dentro e fora de campo – que marcaram a história do futebol inglês.

O escritor Anthony Clavane se debruça sobre as vidas de 11 personagens (jogadores e até empresários) que ajudaram na transformação do futebol de um hobby da classe trabalhadora em uma liga bilionária.

does your rabbi know you're here book livro judeu jewish futebol inglês inglaterra

Acompanhe a PL Brasil no Youtube

5 vira-casacas da era Premier League