Por que a melhor torcida da Inglaterra é a visitante?

2 minutos de leitura

O futebol inglês mudou bastante ao longo das últimas décadas, seja dentro ou fora das quatro linhas. O vultoso dinheiro que entrou nos cofres dos clubes ingleses nos últimos anos serviu para contratar grandes jogadores e reformar ou até construir novos estádios. As novas arenas sofreram grandes transformações, sendo a elitização uma das principais delas. Tal mudança afetou profundamente o perfil de cada torcida da Inglaterra.

Se antes os estádios ficavam marcados por barulhentos torcedores, hoje em dia, há críticas à perda da identidade do “modo inglês de torcer”.

Quando treinava o Chelsea, José Mourinho lamentou a atmosfera dos jogos em Stamford Bridge, afirmando que o estádio parecia vazio em alguns momentos e que as arquibancadas eram compostas majoritariamente por turistas.

O ex-técnico do West Ham Slaven Bilic fez coro ao português. O sérvio criticou a mudança do ambiente do antigo para o novo estádio do Arsenal, dizendo que “o Highbury parecia perigoso, o Emirates é para selfies”.

Se o perfil das arquibancadas inglesas mudou, o ambiente das torcidas visitantes parece o mesmo de outras décadas. De pé e cantando, os torcedores deste setor contrastam com os do clube mandante.

Leia mais: Por que um bombardeio em Manchester fez com que United e City dividissem o mesmo estádio?

Acompanhe a PL Brasil no Youtube

  • O que foi o Desastre de Hillsborough?

Nos estádios da Premier League, os torcedores visitantes têm direito a 10% dos ingressos vendidos. Nos últimos anos, a briga contra o aumento das entradas das partidas teve um lado vencedor: a liga definiu em 2016 que o valor dos ingressos para torcedores visitantes será, no máximo, de 30 libras, em acordo válido por três temporadas. Esse acordo foi renovado novamente neste mês.

O valor alto dos ingressos e a grande presença de turistas são fatores que ajudam a explicar a mudança do ambiente das arquibancadas dos grandes e pequenos estádios ingleses nos últimos anos.

Leia mais Conheça os segredos e armadilhas de Anfield

Alguns clubes ingleses ajudam torcedores a custearem viagens de longas distâncias, geralmente, de trem. Na maioria dos casos, os torcedores visitantes são os mais fiéis e acompanham o clube do coração em qualquer lugar, diz Renato Senise, correspondente do canal Rede TV na Inglaterra.

“(Na Inglaterra), a torcida visitante é sempre a mais barulhento. É comum ouvir a torcida visitante cantar “Is this a library?” (Isso é uma biblioteca?) para os fãs locais, já que em 90% das partidas a minoria realmente faz muito mais barulho que a maioria”, diz senise.

E é justamente a mudança do ambiente, dentro do contexto do aumento do preço do ingresso, que pode afastar fiéis torcedores dos estádios.

“Em novembro, entrevistei um torcedor do Manchester United, frequentador do estádio há 20 anos. Ele disse que essa era a última temporada dele como season ticket holder (torcedores que compram o “carnê” que dá direito a todos os jogos da temporada). Os motivos? Preço, claro, mas principalmente, a atmosfera no estádio. Para ele, não tem mais a mesma graça. A partir da temporada que vem, ele vai apenas, e em todos os jogos, fora de casa”.

 

 

Pedro Ramos
Pedro Ramos

Subcoordenador na PL Brasil. Ex-Estadão e TNT Sports. Formado em Jornalismo e Sociologia.

E-mail: [email protected]