Listamos o melhor reforço de cada time do Big 6

Concorda com os escolhidos?

0
351
harry maguire contratação manchester united
Crédito: divulgação Manchester United

Após uma janela razoavelmente agitada para a maioria das equipes do Big 6, a PL Brasil listou o melhor reforço de cada um dos seis times. Aconteceu quebra de recorde de valores, negociação esfriando nos últimos dias, deadline day quente e muito mais.

Leia mais: Esses são os 50 maiores clubes da Inglaterra, segundo este jornal inglês

Manchester United – Maguire

Os Red Devils definiram que era ideal a contratação de um grande zagueiro para ser o companheiro de Victor Lindelof. E para isso, tornaram Harry Maguire o defensor mais caro da história, pagando cifras que se aproximam dos 80 milhões de libras ao Leicester City.

Os valores talvez assustem, mas são explicáveis: o novo camisa 5 do United já era um jogador adaptado à liga, é inglês e titular da seleção inglesa, tem apenas 26 anos e ainda deve chegar ao seu auge.

Leia mais: Maguire e Wan-Bissaka: reforços poderão transformar a defesa do Manchester United

Maguire mostra que, aos poucos, tomará conta do setor defensivo da equipe treinada por Solskjaer, tornando o mesmo muito mais seguro e deixando a vida do goleiro De Gea muito mais fácil. O camisa 5 se destaca pela força física, pela qualidade no jogo aéreo e pelo número mínimo de erros.

Além do zagueiro inglês, o United contratou os jovens Wan-Bissaka, lateral-direito inglês, e Daniel James, atacante galês.

Manchester City – Rodri

Rodrigo chega ao Manchester City para ser o substituto do brasileiro Fernandinho. Com 23 anos, o ex-jogador do Atlético de Madrid foi comprado pela multa, valor próximo aos 63 milhões de libras.

Alto, Rodri possui uma grande margem de evolução. É um ótimo ladrão de bolas, tem ótimo senso de movimentação, inicia bem as jogadas, isso tudo aliado a uma razoável força física.

O meio-campista espanhol tem tudo para aprimorar ainda mais seu jogo sob o comando de Pep Guardiola, que dá indícios que a briga entre Rodri e Fernandinho será bastante aberta.

O City contratou também Angeliño Tasende, lateral-esquerdo, João Cancelo, lateral-direito, e o goleiro Scott Carson.

Leia mais: O que João Cancelo pode oferecer ao elenco do Manchester City?

Arsenal – Pépé

O Arsenal surpreendeu ao contratar o marfinense Nicolas Pépé, ex-Lille, pela bagatela de 72 milhões de libras. O francês naturalizado marfinense, de 24 anos, chega à Premier League cerado de expectativas, depois de grande temporada na Ligue 1.

Leia mais: Pépé pode mudar o patamar do Arsenal na Inglaterra?

O ponta direita formará um trio de ataque poderoso ao lado de Aubameyang e Lacazette. Sua principal jogada é a entrada em velocidade na diagonal dentro da área adversária.

Além de Pépé, os Gunners fizeram bom mercado e contrataram Gabriel Martinelli, Dani Ceballos, Kieran Tierney e David Luiz.

Tottenham – Ndombélé

Tanguy Ndombélé chegou aos Spurs depois da equipe londrina ficar um bom tempo sem contratar. O francês chega a Londres após o Tottenham pagar 55 milhões de libras ao Lyon e realizar a maior compra da sua história.

Com 22 anos, pode-se dizer que Ndombélé é um jogador pronto e que tem tudo para elevar o patamar do meio-campo do time de Pochettino. Seu ponto forte é a saída de bola e chegada ao ataque. Na primeira rodada da Premier League, diante do Aston Villa, já mostrou suas credenciais com um golaço de fora da área.

Os Spurs foram ativos no mercado, contratando também Ryan Sessegnon, Giovani Lo Celso, Jack Clarke e Kion Etete.

Leia mais: Como Lo Celso e Ryan Sessegnon podem ajudar o Tottenham?

Chelsea – Lampard

Os Blues estão impedidos de contratar até janeiro de 2020. Ou seja, não contratou nenhum jogador para a temporada que se inicia. Mas, uma mudança pode ser observada no comando da equipe. Após início de caminhada como técnico no Derby County, o ídolo Frank Lampard assumiu o Chelsea.

Com 41 anos, Lampard conta, sem dúvidas, com o respeito da torcida e dos jogadores. Seu desafio será fazer o Chelsea ter um bom desempenho com um núcleo jovem, que conta com nomes como Mason Mount e Tammy Abraham, jogadores que estavam emprestados. No Derby County, usou prioritariamente com dois esquemas: o 4-3-3 e o 4-3-2-1.

A equipe londrina já havia contratado Christian Pulisic antes da proibição. Além disso, contratou definitivamente Mateo Kovačić juntamente ao Real Madrid.

Leia mais: O que esperar do treinador Frank Lampard no Chelsea?

Liverpool – retorno de Chamberlain

A janela do Liverpool passou longe de ser expressiva. Klopp e os dirigentes dos Reds decidiram que não era momento de gastar em peças que não seriam titulares. O time de Anfield fez contratações de jogadores promissores como Sepp van den Berg e Harvey Elliot.

Leia mais: Harvey Elliott: o jogador mais jovem a estrear profissionalmente na Inglaterra

No entanto, a grande ‘contratação’ do Liverpool pode ser Alex Oxlade-Chamberlain. O meio-campista inglês, camisa 15 do clube, teve grave lesão no final da temporada 2018/19, na semifinal da Uefa Champions League, e deve retomar seu melhor nível na atual temporada.

Chamberlain agregará ainda mais ao competente meio-campo da equipe treinada por Klopp, que possui nomes como Fabinho, Milner, Henderson, Keita e Wijnaldum.