O melhor jogador e a revelação da Premier League foram escolhidos

PL terminou com premiações para jogadores de Liverpool e Manchester City

0
431
melhor jogador premier league
PHIL NOBLE/POOL/AFP via Getty Images

O Liverpool registrou 99 pontos em 38 jogos, com 32 vitórias, três empates, três derrotas e 86,8% de rendimento na campanha vitoriosa da Premier League, que foi uma das primeiras ligas nacionais de expressão do mundo a retomar oficialmente de acordo com o portal iGamingBrazil.

Além do título, os Reds também emplacaram o Melhor Jogador Jovem do Campeonato Inglês 2019/2020. O lateral-direito Trent AlexanderArnold foi eleito a revelação da competição após a votação tanto de especialistas tanto popular. Com apenas 21 anos, Arnold foi uma das apostas do treinador Jürgen Klopp e atuou em todas as rodadas da competição.

O jovem marcou quatro vezes e deu 13 assistências na Premier League, um dos campeonatos que mais agita as casas de apostas em todo o planeta, como é o caso da Camisa9. A quantidade de assistências também representou uma marca inédita para um jogador de defesa em um único Campeonato Inglês.

No entanto, o Melhor Jogador da competição não fez parte do elenco campeão da temporada. O meia Kevin De Bruyne, do Manchester City, foi escolhido como o grande craque e virou o terceiro belga a faturar o prêmio, após Vincent Kompany, em 2011/2012 também pelo City e, Eden Hazard, em 2014/2015, pelo Chelsea.

O grande destaque da temporada passada foi o zagueiro holandês Virgil van Dijk. Já neste ano, o belga dos Citizens venceu a forte concorrência de três jogadores do Liverpool: Trent Alexander-Arnold, Jordan Henderson e Sadio Mané. Além do trio de campeões do Inglês, De Bruyne também superou o atacante Jamie Vardy (Leicester), o goleiro Nick Pope (Burnley) e o atancante Danny Ings (Southampton).

Vale salientar que, quando o City jogava completo com seu esquadrão, os palpites esportivos a favor do time azul de Manchester sempre eram favoráveis pelas análises dos especialistas em prognósticos esportivos, como no Esportes Online.

Nesta edição do Campeonato Inglês, o meio-campista fez a diferença com a camisa do City e ficou com o vice-campeonato, além de balançar as redes em 13 oportunidades e dar 20 passes para gols. O time comandado por Pep Guardiola encerrou a temporada com 81 pontos em 26 triunfos, três empates, nove derrotas e 71,1% de desempenho.

Leia mais: Por que o Brentford não tem categorias de base desde 2016