Talentoso e versátil: como o casamento entre Matheus França e Crystal Palace tem tudo para dar certo

6 minutos de leitura

O meia-atacante Matheus França foi negociado pelo Flamengo ao Crystal Palace, em uma operação que pode chegar a até 30 milhões de euros (R$ 156 milhões). O jovem de 19 anos é uma grande aposta dos ingleses e tem armas preciosas que impressionaram o clube. Ao mesmo tempo, as Águias podem ser o lugar perfeito para a lapidação do atleta.

A transferência foi oficializada neste sábado (5). Através das redes sociais, o clube inglês deu boas vindas ao brasileiro e celebrou o acordo até junho de 2028. Além do Crystal Palace, o Chelsea também havia demostrado interesse em Matheus França. Apesar do tamanho dos Blues, o Stamford Bridge poderia não ser o melhor destino para o jogador, que deveria ser emprestado imediatamente e ter seu desenvolvimento interferido.

No Selhurst Park, a história muda de figura.

Crystal Palace e o protagonismo de jovens jogadores

Na Premier League desde 2013/14, o Crystal Palace se consolidou como uma das equipes mais regulares da elite do futebol inglês. Isso só aconteceu por conta de um trabalho de desenvolvimento de jogadores feito pelo clube, com evolução constante e anual. Inicialmente, a equipe praticava um estilo de jogo mais pragmático e com jogadores experientes, mas aos poucos, o time pôde se soltar e ganhar uma roupagem mais jovem.

Além do desenvolvimento de atletas de base, a busca por jogadores promissores sem espaço em outros clubes foi uma tônica do projeto capitaneado por Steve Parish e que conta com o investimento de John Textor. Existem alguns exemplos que ilustram bem como funciona a operação do Crystal Palace no futebol.

  • Marc Guéhi: revelado pelo Chelsea, não teve espaço nos Blues e se tornou um dos principais zagueiros da Premier League com a camisa das Águias;
  • Aaron Wan-Bissaka: hoje no Manchester United, AWB virou titular do time londrino ainda muito jovem e chamou a atenção dos Red Devils;
  • Wilfried Zaha: o jogador não teve sucesso no Manchester United e retornou ao Palace ainda muito jovem e se desenvolveu ao ponto de ser o craque do time por nove temporadas;
  • Eberechi Eze: meia-atacante promissor, o jovem foi contratado junto ao QPR por apenas 9 milhões de euros e já é um dos pilares da equipe;
  • Michael Olise: revelado pelo Reading, chegou ao Palace desconhecido mas já se tornou o protagonista do time com a saída de Zaha. Ele atrai o interesse de Chelsea e Manchester City.
Zaha Crystal Palace
Zaha deixou o Crystal Palace – Foto: Icon Sport

Esses jogadores mostram que Matheus França está no lugar certo e na hora certa. O Crystal Palace ainda se preocupa em não ter um time envelhecido. A média de idade da equipe atualmente é de 26 anos e 11 meses. Do meio para a frente, a juventude se intensifica. No meio-campo, a média é de 25,8, enquanto no ataque é de 25,5.

Cristiano Ronaldo, foco e aulas de inglês: a mentalidade ‘diferenciada' de Matheus França

Além do bom futebol, a cria do Flamengo tem atributos interessante fora das quatro linhas. Matheus França chamou a atenção ainda na categoria de base por se destacar além da média enquanto atleta. O meia-atacante é considerado como fora da curva por ter preocupações com sua preparação física, saúde mental e aprender outros idiomas.

Em matéria publicada no mês de março, o “Ge” reportou o comportamento de França. O jovem tem um planejamento extracampo bem desenhado desde os 16 anos, formado pela Fuse Sport e Life Pro, empresas que compõem seu staff pessoal.

Matheus França faz aulas semanais de inglês, frequenta sessões com psicólogo duas vezes por semana e ainda realiza acompanhamento fisiológico e nutricional. O jogador resguarda 10% de seu salário mensal para reinvestir no próprio desenvolvimento.

A grande inspiração do novo reforço do Crystal Palace é Cristiano Ronaldo, referência mundial enquanto atleta. Se destacar pela ética de trabalho já é meio caminho andado para obter sucesso na Premier League.

Matheus França Crystal Palace
França pelo Flamengo – Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Como Matheus França pode se encaixar no Crystal Palace?

Atualmente, o time é comandado por Roy Hogdson. O time terminou a última temporada utilizando o 4-2-3-1 como esquema principal, o que pode favorecer o jovem brasileiro.

Matheus França tem a versatilidade como qualidade especial. Destro e com 1,84m, ele pode jogar tanto pelos lados quanto centralizado, como “camisa 10”. O jogador tem força física e ainda pode atuar adiantado, como ataque.

É improvável que França seja titular logo de cara no Palace. Contudo, com a saída de Zaha para o Galatasaray, uma vaga no sistema ofensivo do clube ficou aberta e pode ser ocupada pela promessa rubro-negra. Até o momento, o clube ainda não contratou nenhum jogador do meio para a frente. O único reforço foi o volante Jefferson Lerma, que estava no Bournemouth.

Lucas Barbosa
Lucas Barbosa

Redator da PL Brasil. Foi por meio da Premier League, na tela do antigo Esporte Interativo, em 2007, que o Jornalismo entrou na minha vida. Duas paixões que abriram portas e me fazem realizar sonhos todos os dias. Passei pelos portais Mais Minas e Esporte News Mundo.