Mateo Kovačić – Mercado da Bola, Transferências, Rumores e Estatísticas

0
241
Mateo Kovačić 
Foto: Divulgação/ Transfermarket

Mateo Kovačić é um meio-campista que atua pela equipe do Chelsea. Antes de tudo, conhecido por ser um jogador muito versátil, consegue atuar em praticamente todas as posições do meio, principalmente pela sua excelente qualidade técnica. Assim, desde o começo da carreira, o jovem croata teve que se acostumar com as sondagens do mercado da bola. Logo, confira mais sobre o atleta.

Mateo Kovačić – Início da carreira

Mateo Kovačić nasceu na em Linz, terceira maior da Croácia. Com isso, logo começou a atuar pelas categorias de base do clube da cidade. Por outro lado, aos 13 anos, o adolescente já havia chamado a atenção do mercado da bola e atraindo grandes clubes europeus. Contudo, seus pais preferiram manter ele por perto, então se mudaram para Zagreb, levando o garoto a atuar pela academia do Dínamo Zagreb.

Entretanto, o jovem teria uma péssima notícia logo no começo da sua carreira. Assim, aos 15, sofreu uma grave lesão em sua perna, que o afastaria por um ano dos gramados. Porém, nada disso fez a vontade do garoto mudar. Dessa forma, logo no ano seguinte já estava treinando com o time principal.

Assim sendo, realizou seu sonho de se tornar jogador de futebol em 2010. Aos 16 anos, entrou para marcar um dos seis gols do jogo na goleada diante do  Hrvatski Dragovoljac, se tornando o jogador mais jovem a fazer um gol na liga local. Logo, ganhou muita confiança para o decorrer da temporada, indo mais sete vezes para campo e ajudando o clube a ser campeão da liga.

Trajetória, conquistas e highlights de Mateo Kovačić

Contudo, isso foi apenas um aquecimento para tudo o que viria para esse jovem promissor. Assim, na temporada seguinte, já garantiu seu lugar entre os titulares. Com isso, atuou 37 vezes pelo clube, incluindo a liga nacional e a Liga dos Campeões, cujo ajudaria o time a retornar depois de 12 anos.

Com isso, se destacaria novamente individualmente, marcando seu 1º gol em solo internacional aos 17 anos, contra o Lyon, da França. Logo, na temporada 2011/12, marcou cinco gols e aplicou sete assistências, se tornando, assim, uma das grandes esperanças croatas para os próximos anos. Portando, ganhou o prêmio de revelação do campeonato croata da temporada.

Por outro lado, Kovačić voltaria a sofrer com lesões no começo da temporada 2012/13. Contudo, se mostrou muito dedicado a voltar em um alto nível e logo retomou à forma física desejada. Assim sendo, atuou por apenas 19 vezes pelo clube croata, marcando um gol e fazendo quatro assistências. Mesmo assim, o mercado da bola se virou ao jovem após ser indicado ao Golden Ball, prêmio dado ao jovem que mais teve destaque da temporada.

Ida à Itália como grande promessa

Assim, com a abertura do mercado de transferências, a Internazionale aumentou os rumores de uma compra e fez uma proposta ao promissor jogador de 11 milhões de euros no ato mais quatro caso complete algumas metas. Contudo, logo de principio, já teria a difícil tarefa de herdar a camisa 10 de Sneijder.

Logo depois de três dias, Kovačić já estreitaria pela equipe italiana, entrando no 2º tempo, contra o Siena, pela Serie A. Contudo, aquela não seria a única vez do croata na equipe. Ao todo, atuou por 18 vezes, dando duas assistências na sua temporada de adaptação. No final da temporada, os torcedores concederam o prêmio de “Cavalheiro Revelação do Ano”.

Após sofrer com mais uma lesão e com um desejo do treinador Walter Mazzarri trocá-lo de posição, atuou por 36 vezes pelo clube italiano na temporada, conseguindo distribuir apenas quatro assistências – três delas na goleada contra a Lazio por 4 x 1. Já na temporada 2014/15, o jovem croata começou a ser especulado em diversos outros gigantes europeus. Contudo, escolheu permanecer no clube italiano, onde faria 44 jogos, marcando oito gols e cinco assistências. Assim sendo, se tornou a melhor temporada dele como profissional em toda sua breve história.

Fair Play Financeiro e chegada ao Real Madrid

Apesar da ótima temporada pela Internazionale, o clube italiano teve que vender a sua promessa para ficar de acordo com o Fair Play Financeiro. Assim, após rumores, o Real Madrid foi ao mercado de transferências e contratou o jogador por 29 milhões de euros. E essa foi, sem dúvidas, nenhuma um grande avanço para o jogador, que, por sua vez, atuou por 39 vezes pelo clube espanhol, com dois gols e três assistências.

Por outro lado, o coletivo do Real Madrid foi perfeito e se consagrou campeão por três temporadas seguidas da Liga dos Campeões e do Mundial de Clubes. Com um grande time, o clube deu aula por duas temporadas, considerado um dos maiores clubes da década.

Contudo, apesar de jogar constantemente, Kovačić não conseguiu se fixar no time titular do Real Madrid. Assim, logo se buscou um clube pro jogador ser emprestado e portanto, o próprio chamou a atenção do Chelsea.

Chegada na Premier League

Logo, em 2018, o jogador assinou um contrato de empréstimo com o Chelsea. Por outro lado, desempenhou uma grande evolução e atuou por 51 vezes no time, assistindo por duas vezes seus companheiros. Diante disso, o clube logo correu atrás da contratação em definitivo do jogador, acertando um contrato por cinco temporadas.

Na temporada seguinte, o jogador seguiu sendo um dos grandes nomes da equipe no mercado de transferências. Dessa forma, manteve seu ótimo rendimento, melhorando seu aproveitamento no ataque. Fez dois gols e três assistências, onde o jogador atuou grande parte dos jogos como titular. Contudo, na última temporada, não foi um dos grandes destaques da equipe, visto que Jorginho, Kanté, Mount e até Havertz fizeram campanhas de mais destaques do que ele no clube.

Transferências e mercado da bola de Mateo Kovačić 

A carreira de Kovačić foi repleta de rumores e transferências. Aparentemente, o jogador se estabilizou no Chelsea e deverá permanecer até no mínimo o final do seu contrato, que se encerra em 2024. Contudo, é importante observarmos que segue nos planos do treinador Thomas Tuchel e não deverá ser envolvido em nenhuma negociação do mercado da bola pelos próximos anos.