Mario Gotze revela arrependimento de ter recusado gigante inglês em 2016

O meia Mario Gotze revelou, em entrevista ao Bild, que se arrepende de não ter ido ao Liverpool em 2016. Na época o alemão deixava o Bayern de Munique para se juntar ao Borussia Dortmund. De acordo com ele, Jürgen Klopp, que estava nos Reds há um ano, havia o convidado para jogar em seu time. Mas ele recusou sob a justificativa de que o BVB estava no topo naquela temporada.

Aliás, Mario Gotze fez questão de elogiar Jürgen Klopp, dizendo que ele é melhor que GuardiolaThomas Tuchel. A saber, o meia já trabalhou com os três. Segundo o atleta, o treinador do Liverpool ganha vantagem no aspecto de relacionamento com os jogadores. Juntos eles venceram duas Bundesligas com o Borussia Dortmund e foram para a final da Champions League.

Mario Gotze se arrepende de ter recusado o Liverpool

O ano é 2016, e Mario Gotze deixa o Bayern de Munique em busca de mais espaço no Borussia Dortmund, clube onde estava anteriormente e onde se destacou. Autor do gol da final da Copa do Mundo de 2014, o meia alemão se sentia no auge e tinha várias propostas na mesa. Inclusive uma do Liverpool, enviada por seu ex-treinador Jürgen Klopp. Mas ele recusou sob a justificativa de que o clube inglês não estava no topo. Porém, hoje se diz arrependido.

“O Liverpool terminou em oitavo na primeira temporada com Jurgen e não se classificou para a Liga dos Campeões. Mesmo nos anos anteriores, este não era o clube que sempre jogou no topo. Eu vim da Baviera e tive essa reclamação. O Dortmund já havia jogado uma temporada importante sob o comando de Thomas Tuchel. O BVB estava no topo. Jürgen ainda estava no processo de construir algo. Em retrospecto, eu tenho que dizer: Liverpool teria sido melhor“, disse Gotze.

Jürgen Klopp melhor que Guardiola e Tuchel

Além disso, Mario Gotze disse que o técnico do Liverpool é melhor que seus rivais de Premier League Guardiola e Tuchel. Em suma, ele trabalhou com todos os três.

“Cada treinador tinha seus pontos fortes e sua própria filosofia, mas do meu ponto de vista Jurgen (Klopp) fez o melhor na área de gestão de pessoas – a equipe, todo o clube liderou melhor”, finalizou.