Marcus Rashford, o jovem avassalador do Manchester United

Jovem, ousado e muito bom de bola. Conheça a história de Marcus Rashford!

0
439
Marcus Rashford, o jovem avassalador do Manchester United

Bora dar continuidade ao especial Road to Russia? É a nossa série especial de matérias exclusivas sobre os convocados de Gareth Southgate para a Copa do Mundo! Estamos produzindo um conteúdo diferenciado para cada atleta. Curiosidades, histórias, estatísticas e muito mais. Ficou curioso? Vem com a gente que o papo de hoje é sobre Marcus Rashford!

Nascido em Manchester, no Reino Unido, no Hallowen de 1997, ou seja, no dia 31 de outubro. Seus pais, Robert e Melanie Rashford, ainda tiveram outros filhos, mas o último deles é Marcus, o nosso personagem.

Apaixonado desde criança por futebol, ele, em uma entrevista em 2017, relatou que sempre quebrava as telhas e móveis da casa dele. Sua mãe acabava sempre brigando com o garoto, embora apoiasse muito que Marcus praticasse o esporte.

Com talento já indiscutível desde os 4 anos, comparado aos jogadores de sua idade, Rashford era muito mais inteligente e ágil com a bola. “Seus treinadores sempre ficavam espantados com a forma com que ele jogava”, disse Robert.

Com um desempenho entre os amigos já impressionante, seu pai o encorajou a entrar no pequeno clube formador de talentos chamado Fletcher Moss Rangers, já que um dos treinadores da equipe era justamente ele.

Como agora tem parceria com os Reds Devils, muitos jovens que passaram pelo time, como Rashford, chegam ao time profissional. Borthwick Jackson, lateral que já chegou a jogar no time titular do time, é um deles, além de Welbeck, nosso personagem anterior da PL Brasil’s Road to Russia.

Com 5 anos, ele foi fazer o seu primeiro treino no clube. Já encantou. Entretanto, somente um ano depois pôde atuar no sub-6 da equipe, ficando no time até 2005.

Chegada ao Manchester United

Rashford e Borthwick (em foco) chegaram junto aos Manchester United (Reprodução/PA)

Foi neste momento, com 8 anos de idade, que o pequeno Rashford foi para a base do Manchester United, que já tinha Paul Pogba e Jesse Lingard, atuais companheiros de Marcus, nas outras categorias.

Sua velocidade e agilidade com a bola surpreendia quem assistia as partidas do jovem atacante que estava crescendo muito em pouco tempo.

Sua altura aumentou consideravelmente em questão de meses. Isto o preocupou. Via que já não conseguia mais ter o controle tão invejado pelos adversários. Tinha dificuldades para conseguir puxar um ataque com intensidade sem se atrapalhar todo.

Com muito trabalho durante os treinos, se acostumou com isso, e acabou, é claro, utilizando o aspecto que o atrapalhava antes a seu favor. Melhorou muito a força física para combates e melhorou as bolas aéreas.

Depois de boas campanhas entre os jovens, fechou sua passagem nas categorias de base antes de subir para jogar com os profissionais com o título da Premier League de reservas em 2015/16, mas já oscilando com os treinos do time de cima.

Começo avassalador

Rashford: jovem apenas na idade! (Reprodução/Getty)

Marcus subiu e logo mostrou todo seu potencial. Com 17 anos, estreou na Premier League com uma partida brilhante. Com 2 gols e passe para outro, ajudou o Manchester United vencer nada mais, nada menos que o Arsenal.

Entretanto, a sua primeira partida com a camisa do Manchester foi na vitória por 5 a 1 na Liga Europa contra o FC Midtjylland. Com 45 minutos em campo, marcou 2 gols.

Em geral, sua primeira temporada já mostrou que o jovem seria mais um jogador promissor da equipe. Marcou 8 gols, deu duas assistências em 18 jogos entre Premier League, FA Cup e Liga Europa.

 

A temporada 2016/17 começou com Rashford já sendo uma das primeiras promessas do mundo futebolístico. Depois de tão boas apresentações no primeiro semestre como profissional, os olhos dos ingleses já focavam nele como esperança para a Copa do Mundo.

De atacante, passou a atuar mais no lado de campo. Em 53 jogos com José Mourinho no decorrer do ano, marcou 11 gols e deu 6 assistências. Além disso, foi campeão da Liga Europa com certa importância no time que tinha Pogba e Ibrahimovic como estrelas.

Este começo avassalador teve importância de um ex-jogador do Manchester que, atualmente é o Melhor Jogador do Mundo, segundo a FIFA: Cristiano Ronaldo.

De acordo com Rashford, o português foi importante para ele pois “chegou ao clube com dribles desconcertantes, velocidade e agilidade. Com o passar do tempo, foi melhorando a finalização. Chutava bem com as duas pernas, cabeaçava como ninguém. Trabalhava muito e por isso está onde no topo. Quero ser igual a ele”.

Temporada que não o agradou

Reprodução/Getty

A segunda temporada sob o comando de José Mourinho deixou Rashford certamente insatisfeito, a ponto de, agora, com a abertura da janela de transferências, ser especulado em grandes rivais na Premier League.

Embora tenha jogado mais jogos na Premier League deste ano, esteve em campo em menos minutos por partida (53 contra 51).

Assim como o time todo, Rashford sofreu com as estratégias táticas de Mourinho no segundo turno do campeonato, chegando a ser utilizado até como meia depois da chegada de Alexis Sanchez.

Marcus Rashford é o rei das estreias. Além de marcar no primeiro jogo como jogador do Manchester United, fez gol na primeira partida na Premier League, no primeiro clássico contra os Citizens e no jogo de estreia em competições internacionais, além do primeiro jogo pela Inglaterra.

Números pela Seleção Inglesa

Reprodução/Getty

Depois de passar por 4 categorias diferentes durante a juventude, foi convocado para os profissionais da seleção sob o comando de Roy Hodgson em 2016 para a Eurocopa.

No final de 2016, foi convocado para uma partida do sub-21 importante para a seleção inglesa. Jogou uma partida nesta convocação, mas marcou 3 gols, mostrando a todos que o jogador era brilhante e muito acima da média dos da sua idade.

Certamente, será o atacante titular ao lado de Harry Kane nesta Copa do Mundo.