Marcelo Bielsa não é mais técnico do Leeds United segundo jornal inglês

Marcelo Bielsa não é mais técnico do Leeds United segundo jornal inglês
Foto destaque: Divulgação Leeds United

Após a derrota para o Tottenham neste sábado (26) por 4 x 0, Marcelo Bielsa não é mais técnico do Leeds United. A decisão da demissão veio por parte da diretoria em consenso com o treinador argentino, de acordo com o jornal inglês TalkSport. Para o seu lugar, o clube inglês já negocia a contratação do técnico norte-americano, Jesse Marsch, ex-treinador do RB Leipzig.

 

Infelizmente o técnico argentino não conseguiu se manter no cargo que durou quatro anos. Marcelo Bielsa é responsável por fazer voltar o clube de Yorkshire para a elite do futebol inglês após 16 anos. Na temporada 2020, a equipe sagrou-se campeã da Champioship e terminou a Premier League na nona colocação. Entretanto, a atual temporada não tem sido das melhoras para a equipe.

Nas últimas partidas a equipe tomou 20 gols no total de cinco partidas. Demostrando mais uma vez a vulnerabilidade do setor defensivo. Ademais, as lesões tem sido um outro grande problema da equipe em praticamente todas as posições. O que foram uma verdadeira dor de cabeça para o técnico Marcelo Bielsa.

Lesões

No ataque, a ausência de Patrick Bamford é bastante sentida pelo elenco principal. Já que o atacante inglês era a principal referência na grande área. Em alternativa ao jogador, Bielsa chegou a utilizar Rodrigo, Daniel James e Tyler Roberts. Sem dúvida, Daniel James foi o que melhor se adequou a posição, atuando muitas vezes como um falso 9 e sempre encostando em jogadores como Raphinha e Jack Harrison para a execução das jogadas.

No meio de campo, a contusão de Kalvin Phillips tem sido outro peso para a equipe. A princípio, o jogador funciona como verdadeiro termômetro ditando o ritmo da partida para a equipe. Além disso, seus bons rendimentos renderam convocação para atuar na seleção inglesa na disputa da Eurocopa. Em substituição, Bielsa já usou Forshaw e também Pascal Struijk na posição. Contudo, não conseguem repetir o mesmo trabalho feito pelo Pirlo de Yorkshire.

Clube sem reforços

Enquanto equipes como o Newcastle entraram com unhas e dentes tentaram buscar novos jogadores, o Leeds permaneceu omisso e pouco fez para reforçar o time. Ou seja, além da equipe ter de conviver com o elenco reduzido por conta das lesões. Ainda tem que enfrentar a dura realidade de não ter conseguido reforçar a equipe para tentar se safar daquilo que cada vez mais se aproxima: a zona de rebaixamento.

Jesse Marsch

O clube agora procura por um novo técnico e o nome mais forte da diretoria vem sendo do norte-americano Jesse Marsch. Em seu último trabalho, o treinador atuou no comando do RB Leipzig por cinco meses onde acabou deixando o cargo. O treinador de 48 anos fez sucesso no Red Bull Salzburg onde conquistou duas vezes o campeonato austríaco e também em duas ocasiões a Taça da Áustria.