Manchester United tem dois ‘X9’ no elenco e toma atitude drástica: ‘Clube baniu…

4 minutos de leitura

O Manchester United tem um clássico contra o Chelsea a ser disputado nesta quarta-feira (6), pela Premier League, mas o clima não tem sido ameno antes do jogo. Isso porque dois jogadores têm vazado informações do clube para a imprensa, segundo o site “Football Transfers”.

De acordo com o portal inglês, o elenco dos Red Devils está irritado com os dois jogadores, que não foram identificados, por vazarem insatisfação de colegas para a mídia. Isso gerou “censura”: o Manchester Evening News, por exemplo, publicou que “o clube baniu o jornal da coletiva de imprensa de Erik ten Hag” nesta terça (5).

Segundo o “Daily Mail”, repórteres também foram banidos individualmente. Jornalistas vinculados a veículos como Sky Sports, The Mirror e ESPN não poderão ir à coletiva.

Situação delicada do Manchester United

O clube está passando por um momento difícil e a iminente compra parcial por parte do Sir Jim Ratcliffe não tem ajudado a aliviar a situação. Isso ocorre porque ainda não houve nenhum anúncio, e também devido à falta de transparência com relação à aquisição.

Segundo o Footbal Transfers, existem algumas divisões no vestiário, mas a maioria do elenco está irritada com as equipes de mídia de dois jogadores que estão passando informações para a imprensa.

Esses vazamentos estão ampliando o que essencialmente são apenas dois indivíduos insatisfeitos com a quantidade de corrida que estão fazendo nos treinos, bem como sendo escolhidos (ou não escolhidos) em uma determinada posição no time titular.

ten hag manchester united
Foto: (Icon Sport)

Ten Hag pode ser demitido?

Existe a sensação de que alguns jogadores sabem que têm o poder de demitir um treinador, como já fizeram antes, quando as coisas não estão indo do jeito deles, revela o site.

Um sentimento compartilhado entre alguns no elenco, no entanto, é que Erik ten Hag deveria ter menos influência na contratação de jogadores, mas o fato de essas ideias terem chegado aos jornais é motivo de maior preocupação.

O banimento da imprensa

O jornalista italiano Fabrizio Romano publicou que o Manchester United confirmou o fato de ter banido veículos de imprensa da coletiva do técnico nesta terça.

— O clube tomou medidas contra várias organizações de mídia, não por publicar histórias que não gostamos, mas por fazê-lo sem nos contatar primeiro para nos dar a oportunidade de comentar, contestar ou contextualizar – diz o United.

Ten Hag fala em coletiva do Manchester United (Foto: Icon Sport)
(Foto: Icon Sport)

O Manchester Evening News foi um dos quatro veículos banidos do evento. Em nota, o veículo repudiou a decisão e não deixou de “alfinetar”: “O Manchester United reagiu a 10 derrotas em 21 jogos proibindo jornalistas de participarem da coletiva de imprensa de Erik ten Hag”.

Outro jornal foi proibido de participar de uma coletiva de imprensa no mês passado depois de escrever que Ten Hag estava 'em águas turbulentas' – diz o jornal.

Guilherme Ramos
Guilherme Ramos

Jornalista pela UNESP. Escrevi um livro sobre tática no futebol e sou repórter da PL Brasil. Já passei por Total Football Analysis, Esporte News Mundo, Jumper Brasil e TechTudo.

Contato: [email protected]