Manchester United x Leeds: uma rivalidade feroz agora adormecida

Saiba toda a história que cerca esse tradicional clássico da Inglaterra

Manchester United x Leeds

A Inglaterra possui uma história milenar, repleta de fatos marcantes e acontecimentos que repercutiram no mundo todo. Entre tantos eventos, as guerras e disputas pelo poder travadas pelos seus nobres ecoam até os dias atuais, sendo o mais conhecido desses embates a “Guerra das Rosas”.

Séculos após o fim desse confronto, toda a rivalidade entre as casas de York e Lancaster na disputa pela supremacia inglesa se transportou para o futebol, sendo essa emulação o combustível para um duelo que ultrapassa as quatro linhas.

O início da rivalidade Manchester United x Leeds em campo

A disputa entre as cidades de Manchester e Leeds teve início no futebol em um período recente para os padrões ingleses. O Leeds United foi fundando somente em 1919. Antes de sua criação a cidade possuía uma outra equipe, o Leeds City.

O primeiro embate entre Leeds City e Manchester United aconteceu em 15 de janeiro de 1906, em uma partida válida pela segunda divisão, realizada no antigo estádio do United, o Bank Street. O jogo terminou com a vitória dos visitantes por 3 a 0.

Na partida do returno em abril, no Elland Road, a equipe de Manchester deu o troco e venceu a partida por 2 a 1. Essas foram as únicas partidas entre as equipes, pois naquela temporada o United terminaria subindo para a primeira divisão.

Por outro lado, o Leeds City esteve envolvido em irregularidades financeiras que acabaram levando à sua extinção em 1919. Para o seu lugar um novo clube foi fundado. Nascia ainda naquele ano o Leeds United. Ocupando o lugar deixado por seu antecessor, o United só teria seu primeiro encontro com a equipe vermelha de Manchester em 1923.

O primeiro duelo entre as equipes terminou sem um vencedor após um empate sem gols já no estádio de Old Trafford.

O United seria o primeiro a vencer uma partida entre as agremiações logo uma semana após o embate inaugural das equipes, em 27 de janeiro de 1923.

Já o Leeds United sairia vitorioso desse encontro pela primeira vez somente em na temporada de 1925/1926 após vitória em casa por 2 a 0.

Leia mais: Chelsea 1×0 Aston Villa: a última final de Copa da Inglaterra no antigo Wembley

Irmãos Charlton: líderes em lados opostos

Manchester United e Leeds possuem como grandes ídolos e referências em suas histórias, jogadores que carregam o mesmo sobrenome: Charlton. Enquanto Bobby brilhou vestindo a camisa do Manchester United, seu irmão mais velho, Jack, passou toda sua carreira defendendo o Leeds.

Sir Bobby Charlton é o jogador que mais partidas disputou e mais gols fez na história do Pennines Derby, indo a campo 29 vezes, balançando as redes em 9 oportunidades.

Sir Bobby Charlton é um dos maiores ídolos do Manchester United (Daily Mail)

Jack Charlton é venerado pelos torcedores dos Peacooks pelas vinte e uma temporadas que atuou pela equipe. Além de ser um líder em campo, participou da conquista dos títulos mais importantes do clube.

Jack Charlton atuou toda a sua carreira pelo Leeds (Bob Thomas/Getty Images)

Com carreiras de sucesso e de destaque no futebol inglês, os irmãos Charlton integraram o elenco da Inglaterra que conquistou o título de campeã da Copa do Mundo em 1966.

Busby e Revie – A rivalidade aumenta

Aliados à técnica e aos gols dos irmãos Charlton, Manchester United e Leeds contaram também na beira de campo com treinadores que protagonizaram partidas memoráveis, que aumentaram consideravelmente a rivalidade entre as equipes.

Os Red Devils eram comandados por Matt Busby e dominavam o futebol inglês no pós Segunda Guerra.

Sob o comando de Busby o Manchester viveu excelentes momentos (Golas Win Games)

No tempo em que Busby esteve como técnico, o Manchester United conquistou cinco vezes o título inglês.

O Leeds faria frente ao seu grande rival em 1961 ao ter Don Revie para seu comando.

Com Revie como seu treinador, o Leeds viveu um dos seus melhores momentos na história, vindo a conquistar seu primeiro título de primeira divisão na temporada de 1968/1969, campeonato em que seu rival de Manchester terminou apenas na 11ª posição.

Leia mais Tottenham e judaísmo: uma relação centenária

Assim como Busby e Manchester United, Don Revie é idolatrado pela torcida do Leeds (Leeds Italia)

Além do sucesso no âmbito nacional, Revie elevou o Leeds a outro patamar, com a equipe conquistando por duas vezes a Taça das Cidades com Feiras. Na época em que as equipes contavam com tais treinadores, vários foram os duelos que marcaram a história do clássico.

A temporada de 1964-1965 terminou com os dois times empatados liderança do campeonato, mas o Manchester United conquistou o título pelo critério de desempate – o saldo de gols.

Naquela temporada ainda, as equipes se enfrentaram pela semifinal da Copa da Inglaterra. O jogo terminou empatado em 0 a 0, forçando assim a realização do replay (jogo extra). Ao final dessa partida, o “The Yorkshire Post” trazia uma matéria que descrevia o que tinha sido aquele duelo:

“Ambos os lados se comportaram como um bando de cães agarrando e rosnando um para o outro sobre um osso”.

Na segunda partida o Leeds saiu vitorioso e classificado para a final com um gol marcado aos 89 minutos de jogo.

Leia mais Como Mason Mount pode se tornar o futuro do Chelsea

Rivalidade fora de campo

Na década seguinte, a Inglaterra viveu o auge do hooliganismo, e a rivalidade entre Leeds e Manchester United não ficou de fora.

O clima de disputa protagonizada pela Leeds United Service Crew e Red Army foi descrita da seguinte forma pelo lendário treinador do Manchester United, Sir Alex Ferguson:

“Havia sempre um toque de hostilidade. Eu sempre dizia para os jogadores – Certifique-se de se comportar corretamente no campo, porque não precisamos adicionar os problemas fora do campo, a maneira que a hostilidade sempre pareceu pairar em torno do jogo”.

O jornal britânico The Daily Telegraph classifica a rivalidade Leeds x Manchester United como “a mais intensa e inexplicável da Inglaterra”.

Símbolos das “Firms” de Leeds e Manchester United (Wiki e Pinterest)

Altos e baixos do Leeds

Após a saída de Don Revie do comando técnico da equipe, o Leeds United viveu um período bastante oscilante, fazendo com que a rivalidade com o Manchester United perdesse um pouco da sua intensidade.

Com o seu rebaixamento para a segunda divisão em 1982, o Leeds só teria um novo encontro com os Red Devils em 1990.

No início dessa década, o Leeds passou por uma grande reformulação, entrando como forte concorrente ao título inglês.

A equipe conquistaria na temporada 1991/1992, seu terceiro título inglês.

No entanto, mesmo alcançando tal glória, os Peacooks ficaram sem vencer os rivais durante doze partidas consecutivas.

Após a conquista do título do Leeds, o Manchester United se tornou o grande protagonista e vencedor do país, emplacando sucessivas conquista da Premier League e levando a melhor na imensa maioria dos jogos contra seu rival.

A rivalidade Manchester United x Leeds adormece

Os embates do Derby das Rosas, entre Manchester United x Leeds, aconteceram de maneira regular até 2004, ano em que o Leeds acabou rebaixado para a segunda divisão. Endividado em razão do alto investimento feito para a disputa da Champions League em 2001, a equipe de Yorkshire se despediu da primeira divisão e passou a integrar um patamar inferior do futebol inglês, chegando inclusive, a disputar a terceira divisão.

Em período de quatorze anos, as equipes se enfrentaram somente em duas oportunidades, tendo cada time vencido um jogo. Daquele ano pra cá, novas equipes passaram a rivalizar ainda mais com o Manchester United, como Chelsea, Arsenal e o próprio rival local, Manchester City.

Porém, para os torcedores do Leeds, o Manchester United ainda é o maior rival mesmo após raros encontros. A rivalidade entre Manchester United x Leedsatualmente está adormecida. No entanto, a chance do Leeds retornar à Premier League ao final da atual temporada e reencontrar seu maior rival é grande.

Reviver o embate entre as casas de York e Lancaster, em novas edições do “Roses Rivalry” é uma oportunidade que os admiradores da história e do futebol aguardam há tempos.