Manchester United x Juventus: a virada antes do histórico título no Camp Nou

Saiba a partida que fez com que os Red Devils chegassem à histórica final diante do Bayern de Munique

0
306
United x Juventus 1999
Mike Hewitt/Allsport

Se engana quem acha que o Manchester United foi responsável por só uma virada história na Champions League da temporada 1998/1999. Para chegar à final e conseguir a grande reviravolta nos acréscimos diante do Bayern de Munique, os Red Devils derrotaram a Juventus, em Turim, pelas semifinais, após estarem perdendo por 2 a 0. A PL Brasil te conta sobre esse épico Manchester United x Juventus.

Manchester United x Juventus: a virada antes do histórico título no Camp Nou 

Acompanhe a PL Brasil no YouTube
  • ESQUADRÕES IMORTAIS | MANCHESTER UNITED 1999

O jogo de ida, em Old Trafford, havia sido 1 a 1. Os gols foram marcados por Antonio Conte para o time italiano e Ryan Giggs, aos 47 da segunda etapa, para os comandados de Sir Alex Ferguson.

Por muito pouco, a Juventus, então comandada por Carlo Ancelotti, não levou uma grande vantagem para Delle Api. No primeiro jogo, os italianos fizeram um bom primeiro tempo e tiveram outras chances além do gol. Entretanto, a segunda etapa foi de domínio e pressão do United, que após muita insistência empatou nos acréscimos.

O jogo de volta ocorreu no dia 21 de abril de 1999. A Juventus tinha uma grande equipe e contava com nomes como Zinédine Zidane, Edgar Davids, Didier Deschamps e o artilheiro Filippo Inzaghi.

Inzaghi Juventus
Shaun Botterill/Allsport

E foi Inzaghi, camisa 9 da Velha Senhora naquele momento, que quase decretou a eliminação dos Red Devils na semifinal. Aos 6 e 11 do primeiro tempo, o centroavante italiano foi às redes superando Peter Schmeichel.

Leia mais: Manchester United 1999: O time que realizou o sonho impossível

O primeiro, aos seis minutos, surgiu após cobrança de escanteio ensaiada que acabou com cruzamento de Zidane da esquerda para Inzaghi escorar para dentro do gol na segunda trave. O segundo tento, aos 11, contou com desvio de Stam, que encobriu Schmeichel.

Naquele momento o time de Alex Ferguson estava em apuros. E para sair desse cenário contou com alguns protagonistas, mas pode-se dizer que o grande jogador daquela noite foi o ídolo irlandês Roy Keane. Autor do primeiro gol da virada, Keane deu sobrevida necessária ao time. Parecia haver dois camisa 16 em campo: um na defesa e outro na ataque.

O primeiro gol do United na partida saiu depois de cobrança de escanteio de David Beckham e finalização de cabeça de Keane, que superou saída ruim do goleiro Peruzzi, aos 24 minutos do primeiro tempo.

Keane United
Allsport UK/Allsport

Alex Ferguson contava também com uma grande dupla de ataque, formada por Andy Cole e Dwight Yorke. Os dois atacantes criaram boas oportunidades durante quase todo jogo, inclusive antes do primeiro gol do United no confronto.

Leia mais: Manchester United x Barcelona: separamos grandes encontros entre os dois gigantes

E foi dos pés de Yorke que veio o empate dez minutos depois. Após cruzamento primoroso de Cole da direita, o camisa 19 ajeitou o corpo e cabeceou no contrapé do goleiro adversário, deixando tudo igual.

Ainda era primeiro tempo e os Red Devils já tinham o placar que precisavam para chegarem à grande final de Barcelona. Mas a dupla Yorke e Cole continuava atormentando a defesa da Juventus. Antes do final da primeira etapa teve bola na trave e defesa importante do arqueiro italiano.

Yorke United
Mike Hewitt /Allsport

Se na frente, Yorke e Cole iam bem, no gol, Schmeichel garantia contra as investidas de Inzaghi, tanto no primeiro tempo como na etapa final.

A etapa derradeira foi bem disputada, com chances dos dois times. E teve o terceiro gol de Inzaghi na partida… Mas o centroavante estava impedido e o gol não foi validado, para felicidade de Alex Ferguson e companhia.

Aos 38, o golpe final dos visitantes. Yorke passou pelo meio de dois defensores italianos, driblou Peruzzi, mas sentiu toque do arqueiro e caiu. A bola ia sair pela linha de fundo, mas antes Cole colocou para o fundo das redes e decretou a vitória histórica e a vaga na final de Barcelona. O resto é história.

Cole United
Mike Hewitt Allsport

Escalações de Manchester United x Juventus

Juventus: Angelo Peruzzi; Ciro Ferrara, Mark Iuliano (Paulo Montero), Alessandro Birindelli (Nicola Amuroso), Gianluca Pessotto; Didier Deschamps, Antonio Di Livio (Daniel Fonseca), Antonio Conte, Edgar Davids, Zinédine Zidane; Filippo Inzaghi. Carlo Ancelotti.

Manchester United: Schmeichel; Gary Neville, Johnsen, Stam, Irwin; Roy Keane, Nick Butt, David Beckham, Jesper Blomqvist (Paul Scholes); Andy Cole, Dwight Yorke. Alex Ferguson.

Gols: Inzaghi (2); Keane, Yorke e Cole

Leia mais: Manchester United 2007/2008: onde estão os jogadores daquele elenco?