Por que o Manchester United considera vender naming rights de Old Trafford

5 minutos de leitura

O Old Trafford, conhecido como “Teatro dos Sonhos”, é um dos estádios mais icônicos do mundo. Com capacidade para 74.310 pessoas, a casa do Manchester United pode passar por grandes mudanças em breve.

De acordo com o site “The Athletic”, o Manchester United considera vender os naming rights do Old Trafford, em meio às possibilidades de reforma ou reconstrução do estádio. O coproprietário do clube, Sir Jim Ratcliffe, busca aumentar as receitas para financiar o novo projeto, enquanto o clube aumenta significativamente o preço dos ingressos.

Segundo o veículo inglês, o Manchester United manteve conversas com grandes instituições financeiras, incluindo o Bank of America, ao mesmo tempo em que explora uma série de opções de financiamento para levantar o capital necessário para cobrir um projeto potencialmente multibilionário.

Mudança de nome do Old Trafford

Estádios construídos mais recentemente, como o Emirates Stadium, do Arsenal, ou o Etihad Stadium, do Manchester City conseguiram contratos lucrativos com venda de naming rights. Em cada caso, as companhias aéreas adquiriram os direitos não apenas do nome do estádio, mas também do patrocínio da frente da camisa.

No caso de uma reforma, o Manchester United tem a opção de manter o nome Old Trafford, mas procurar ter um parceiro associado. No caso de uma nova construção, no entanto, o United está aberto a vender o nome por completo, o que eles esperam custaria dezenas de milhões de libras.

O clube ainda não revelou como pretende financiar uma reforma ou uma nova construção do estádio.

Aumento no preço dos ingressos

Torcida Manchester United
A torcida do Manchester United em Wembley (Foto: ICon Sport)

Dívida do Manchester United

Os resultados financeiros do Manchester United publicados em março mostram que o clube ainda tem uma dívida de 653,3 milhões de libras, tirando o dinheiro devido em transferências.

Os resultados financeiros também revelaram que, de 238 milhões de libras investidas por Ratcliffe no clube, 120 milhões de libras seriam destinadas à infraestrutura, mas foram usados para uma pagar linha de crédito rotativo do Manchester United.

Foto: Icon Sport

Além da reforma ou reconstrução do Old Trafford, o Manchester United pensa em como recuperar os custos das operações. O United aumentará o preço de seus ingressos para a temporada em 5% na próxima temporada.

Ele estimou que uma reforma de Old Trafford poderia custar cerca de um bilhão de libras – um cenário em que o Manchester United aumentaria a capacidade para entre 80 mil e 90 mil pessoas. Já um estádio recém-construído, que explicou ser sua preferência pessoal, mas não necessariamente viável, custaria 2 bilhões de libras.

Romulo Giacomin
Romulo Giacomin

Formado em Jornalismo na UFOP, passou por Mais Minas, Esporte News Mundo e Estado de Minas. Atualmente, escreve para a Premier League Brasil.