Premier League emplaca 3 joias no top 20 do prêmio Golden Boy

2 minutos de leitura

Principal premiação do futebol europeu para jovens jogadores, o Golden Boy realizou sua premiação na noite da última segunda-feira (4). Os vencedores de todas as categorias já haviam sido revelados no fim de novembro, com destaque para Jude Bellingham, que conquistou o maior prêmio. Além do meia do Real Madrid, outros três jogadores da Premier League representaram o futebol inglês na celebração.

O trio entrou na lista dos 20 melhores colocados entre os jogadores com menos de 21 anos. O Golden Boy é realizado desde 2003 pelo jornal esportivo italiano “Tuttosport”.

A classificação final para o Golden Boy:

  1. JUDE BELLINGHAM (B. Dortmund/Real Madrid) – 485 pontos
  2. JAMAL MUSIALA (Bayern Monaco) – 285 pontos
  3. LAMINE YAMAL (Barcellona) – 92 pontos
  4. XAVI SIMMONS (Psv/Lipsia) – 86 pontos
  5. WARREN ZAIRE-EMERY (Psg) – 56 pontos
  6. RASMUS HOJLUND (Atalanta/Manchester Utd) – 50 pontos
  7. ALEJANDRO BALDE (Barcellona) – 44 pontos
  8. ANTONIO SILVA (Benfica) – 41 pontos
  9. MATHYS TEL (Bayern Monaco) – 33 pontos
  10. FLORIAN WIRTZ (Bayer Leverkusen) – 31 pontos

A Premier League no Golden Boy

A melhor liga de futebol do mundo teve três representantes na classificação geral. O melhor votado foi Rasmus Hojlund, atual atacante do Manchester United e que defendeu a Atalanta na última temporada. O centroavante ocupou a sexta posição e fez 50 pontos.

Hojlund em jogo do Manchester United - Foto: Icon Sport
Hojlund em jogo do Manchester United (Foto: Icon Sport)

Depois, Evan Ferguson apareceu no 13º lugar do Golden Boy. O jogador do Brighton foi uma grata surpresa nos últimos anos e já chamou a atenção de clubes maiores da Premier League. Recebeu 14 pontos na votação. A tendência é que o irlandês movimente o mercado da bola já nas próximas janelas de transferências.

O outro nome da Premier League citado ainda não joga por um gigante local e não detém a fama de outros. Trata-se de Milos Kerkez, do Bournemouth. O zagueiro da seleção húngara chegou aos Cherries no início da temporada depois de se destacar pelo AZ Alkmaar. O atleta de 20 anos ficou em 19º lugar.

João Pedro comemora gol do Brighton com Evan Ferguson - Foto: Icon Sport
João Pedro comemora gol do Brighton com Evan Ferguson (Foto: Icon Sport)

A Premier League teve mais vencedores em outras categorias. A liga dominou completamente a premiação do jornal italiano:

  • Edu Gaspar foi eleito o melhor dirigente do ano;
  • Erling Haaland foi eleito o jogador do ano;
  • Tony Bloom, do Brighton, foi eleito o melhor presidente do ano;
  • Ali Barat, empresário de Moisés Caicedo, foi eleito o melhor agente do ano;
  • Roberto De Zerbi, do Brighton, foi eleito o melhor técnico do ano.
Lucas Barbosa
Lucas Barbosa

Redator da PL Brasil. Foi por meio da Premier League, na tela do antigo Esporte Interativo, em 2007, que o Jornalismo entrou na minha vida. Duas paixões que abriram portas e me fazem realizar sonhos todos os dias. Passei pelos portais Mais Minas e Esporte News Mundo.