Para não repetir ‘caso Endrick’, Manchester United avança por joia do Palmeiras de R$ 200 milhões

7 minutos de leitura

Por Rômulo Soares e João Vítor Castanheira

O Manchester United já trabalha no mercado antes da abertura da janela de transferências e um dos alvos do gigante inglês é uma grande promessa do Palmeiras.

A Trivela ” informou nesta quarta-feira (3) que o Manchester United fez uma consulta pelo atacante do Palmeiras Thalys, de 19 anos. A ideia do United é entender os valores de uma possível negociação pelo atleta.

A joia alviverde renovou seu contrato com o clube paulista no fim do ano passado, estendendo o vínculo até outubro de 2026. A multa foi estipulada em 40 milhões de euros (equivalente a R$ 200 milhões).

Para não repetir caso Endrick

A PL Brasil já ouviu junto a fontes do Manchester United no Brasil que Endrick era monitorado pelo clube inglês desde os 13 anos e acompanhou as propostas que começaram a surgir pelo jogador quando ele despontou nas principais competições de base entre os 15 e os 16 anos.

No entanto, naquela altura, o Manchester United não quis formalizar uma proposta por entender que o jogador não estaria pronto para a Premier League aos 18 anos – idade em que poderia rumar à Europa.

Desta forma, Endrick acabaria frequentando os times jovens do United, ou emprestado a equipes da Championship (segunda divisão inglesa) ou clubes de ligas menores, o que não valeria a pena diante do investimento necessário para levar o atacante. Em resumo, os ingleses entendiam que não conseguiriam prover o melhor desenvolvimento para o jogador.

Pelo que ouviu a PL Brasil, com o desabrochar de Endrick a nível profissional, o sentimento é de arrependimento – o atacante acabou fechando com o Real Madrid. O caso ‘Endrick' deixou lições que o Manchester United, agora sob nova direção, utiliza com Thalys.

Manchester United olha para os jovens

Já é de amplo conhecimento que a nova direção do futebol do Manchester United, liderada por Jim Ratcliffe (novo acionista do clube) pretende dar menos poder no mercado a Erik Ten Hag ou qualquer outro treinador e quer priorizar a contratação de jovens jogadores.

Além disso, Ratcliffe também é dono do Nice, clube da primeira divisão francesa. Agora, por tanto, o Manchester United tem um clube-irmão na França que poderia servir de “incubadora” de atletas de bom potencial.

Quem é a promessa do Palmeiras que interessa ao Manchester United?

Thalys começou na base do CRB e chamou a atenção do departamento de scouting do Palmeiras, clube que se transferiu em 2021. Canhoto e com 1,84m, ele se transferiu para jogar no sub-17 do Palmeiras, onde se destacou atuando em posições do meio de campo e do ataque.

Em 2022, Thayls marcou 15 gols em 31 jogos pelo Palmeiras e foi promovido ao time sub-20. No ano seguinte, ele voltou a chamar a atenção, com 14 gols em 38 partidas.

Thalys ainda não foi promovido ao profissional, mas já está na fila para subir em breve para o elenco comandado por Abel Ferreira.

Principais títulos de Thayls pelo Palmeiras

  • Copa São Paulo de Futebol Júnior (2023)
  • Campeonato Brasileiro sub-17 (2022)
  • Campeonato Paulista sub-20 (2023)
  • Campeonato Paulista sub-17 (2022)
  • Copa do Brasil sub-17 (2022)

Não é só o Manchester United

Não é só o Manchester United que está interessado na joia palmeirense. De acordo com o jornal espanhol “As”, o Verdão recebeu consulta de um clube italiano pelo jogador. Porém, o Palmeiras sequer iniciou conversas com os times estrangeiros, projetando lapidar sua joia para um futuro no clube.

A intenção do Palmeiras, segundo o “As”, é não vender o destaque do sub-20, a menos que haja uma proposta irrecusável. O veículo espanhol também cita que Barcelona e Juventus também observam a evolução do jovem atentamente.

João Vítor Castanheira
João Vítor Castanheira

Coordenador e editor-chefe da PL Brasil. Passou por Lance, Esporte News Mundo e Grupo Globo. Jornalista pela UFRJ, ex-goleiro da Associação Atlética de Comunicação e Artes com orgulho. Contra todo tipo de conservadorismo - inclusive o esportivo. De Uberaba-MG, radicado no Rio Janeiro-RJ, em São Paulo-SP.