Manchester United e sua crise por falta de reforços e atritos com Cristiano Ronaldo

A temporada ainda nem começou de forma oficial e o Manchester United já está em uma grande e caótica crise. Assim, vamos listar alguns dos motivos que levaram ao gigante inglês a estar nessa situação.

Europa League

Primeiramente, a maioria das pessoas que acompanham o futebol não esperavam uma temporada tão abaixo, como foi a passada. Dessa maneira, o clube que era cotado como um dos grandes favoritos a conquistar algum título foi definhando a um ponto no qual os vexames, como as goleadas sofridas para o Liverpool eram rotina.

Consequentemente, com um time extremamente inconstante, que estava dependente de um Cristiano Ronaldo. Apesar de estar sempre focado, mas não é o mesmo do seu auge e com uma engrenagem desastrosa que não ajudava o português. Em resposta disso,  o resultado não poderia ser outro.

Dessa forma, a época que poderia ser histórica, realmente foi, depois de tantos fracassos, o temido “Diabo vermelho” ficou de fora da Champions League e teve que se contentar com a classificação para a Europa League.

Falta de reforços

Antecipadamente, vemos os times da liga inglesa costurando vários acordos para se reforçarem para a temporada. Entretanto, o Manchester United ainda não fechou com ninguém e nem parece estar próximo disso.

Dessa maneira, o clube está bem, atrasado em relação aos seus adversários diretos por alguma conquista em suas competições. Consequentemente, a tendência é de mais um ano difícil para a sua torcida.

Cristiano Ronaldo

Antes de tudo, vale ressaltar a importância do robozão durante a temporada do United, sendo sempre a sua principal referência técnica e também como líder da equipe quando alguém precisava de uma moral a mais.

Assim, com o jogador claramente forçando a sua saída chegamos a conclusão de que o projeto do clube não é mais atraente. Portanto, a temporada que nem começou já está bem complicada para o time e sua torcida.