United x Chelsea: Antony chora, Casemiro dá show e time vai à Champions com goleada

3 minutos de leitura
Man Utd
25/05/23 - 16:00

Finalizado

4

-

1

Chelsea

Man Utd - Chelsea

England Premier League - Old Trafford

Os brasileiros Antony e Casemiro tiveram noites opostas na goleada do Manchester United contra o Chelsea, por 4 a 1, em Old Trafford, nesta quinta-feira (25). Enquanto o ponta-direita saiu de campo às lágrimas ainda no primeiro tempo, o volante teve participação efetiva nos dois jogos que garantiram a equipe vermelha na próxima Champions League. O jogo foi válido pela 32ª rodada da Premier League, em compromisso atrasado.

O Manchester United dominou o jogo por quase todo o tempo e expôs a fragilidade do Chelsea. O time londrino teve chegadas esporádicas ao ataque, mas pouco assustou David De Gea. Maduro e ciente do que precisava, os Red Devils tiveram boa atuação, bateram os rivais e carimbaram o passaporte para retornar à Champions League.

A equipe abriu o placar logo aos seis minutos. De cabeça, Casemiro aproveitou cobrança de falta feita por Eriksen e balançou as redes. O camisa 18 ainda deu passe fantástico para Sancho nos acréscimos que, livre na área, deixou Martial tranquilo para marcar o segundo. Com muita frieza e requintes de crueldade, Bruno Fernandes, de pênalti, e Marcus Rashford marcaram no segundo tempo para ampliar a goleada. Já na reta final, João Félix deu bela arrancada, chutou e conseguiu o gol de honra do Chelsea.

8,5 – Casemiro

Para Casemiro, jogar bem é rotina. Nesta quarta-feira, o brasileiro mais uma vez fez das suas. Além do bom desempenho no meio-campo, dando sustentabilidade à equipe, o camisa 18 tem sido decisivo no ataque. Antes o gol marcado contra o Chelsea, ele já havia balançado as redes na última rodada, diante do Nottingham Forest.

Os gols na reta final coroam a excepcional temporada realizada por Casemiro, pilar na volta do Manchester United à Champions League após hiato de uma temporada.

Leia mais: Manchester United: ídolo rival é prioridade e ‘encontro com melhor amigo’ pode atrair Mount

6,0 – Antony

O ponta teve uma noite infeliz. Antony foi titular, mas jogou apenas 26 minutos. Após dura entrada de Chalobah, o brasileiro lesionou o tornozelo e teve de ser substituído precocemente. Ao dar lugar para Rashford, o ex-São Paulo saiu de campo com dificuldade para se locomover e chorando bastante.

6,5 – Fred

O volante começou na reserva, mas substituiu Eriksen aos 25 minutos do segundo tempo. Fred entrou com a missão de reforçar o meio-campo e ajudar o Manchester United na manutenção do resultado. Sem muito brilho, ele cumpriu seu papel.

Thiago Silva não entrou em campo. Frank Lampard optou por escalar um Chelsea com baixa média de idade (23 anos e sete meses) e deixou o brasileiro no banco de reservas.

Manchester United e Chelsea na Premier League

Agora, Red Devils e Blues têm apenas mais um jogo na Premier League. No próximo domingo (28), às 12h, o Manchester United recebe o Wolverhampton, enquanto o Chelsea enfrenta o Newcastle no Stamford Bridge.

O resultado deixou o time vermelho na terceira posição, com 72 pontos, dois a mais que o quarto Newcastle e seis a mais que o Liverpool, primeiro time fora do G4. A equipe londrina ocupa a melancólica 12ª posição, com 43 pontos.

O Manchester United ainda enfrentará o Manchester City na final da FA Cup, marcada para o dia 3 de junho, em Wembley.

Lucas Barbosa
Lucas Barbosa

Redator da PL Brasil. Foi por meio da Premier League, na tela do antigo Esporte Interativo, em 2007, que o Jornalismo entrou na minha vida. Duas paixões que abriram portas e me fazem realizar sonhos todos os dias. Passei pelos portais Mais Minas e Esporte News Mundo.