Após saída de CR7, Manchester United afirma que esta a venda

2 minutos de leitura

Nos últimos dias, CR7 e Manchester United não saíram das primeiras paginas de diversos sites mundo afora. Sendo assim, devido à polêmica entrevista de Cristiano Ronaldo, o club e dispensou o jogador nesta tarde. Porém, pouco tempo depois, também anunciou que o clube está a venda, o que pode chamar a atenção de diversos investidores mundo afora.

Não é de hoje, que o Manchester United tem tido diversos problemas tanto fora quanto dentro de campo. Assim, nos últimos dias, o clube tem tido muito audiência da mídia, mas, não da forma como queria.

Em entrevista polêmica de CR7, o jogador fez duras criticas tanto ao time, a jogadores e até a estrutura do clube, dizendo que o mesmo não evolui por estar parado no tempo, o que o deixa muito atrás de seus rivais.

“Acho que os fãs deveriam saber a verdade. Quero o melhor para o clube. É por isso que venho para o Manchester United. Mas você tem algumas coisas dentro que não nos ajudam a alcançar o nível mais alto como City, Liverpool e até agora Arsenal. Um clube com esta dimensão deveria estar no topo da árvore na minha opinião e infelizmente não está”

Sendo assim, isso e diversos outros pontos da entrevista, caiu muito mal no clube, que se viu na obrigação de demitir o jogador. Assim, segundo CR7, a saída do jogador foi de comum acordo, então, livrando o Manchester United de pagar uma multa referente ao salário do jogador, sendo de R$ 500 mil euros semanais.

Manchester United a venda

Logo após o anúncio da saída de CR7 do clube, os donos do time de Manchester, publicaram uma nota anunciando que decidiram por buscar novos rumos para o time e irá vender mais uma parte do time visando a evolução e crescimento do mesmo.

“A Direção vai considerar todas as alternativas estratégicas, incluindo novos investimentos no clube, uma venda ou outras transações envolvendo a empresa. Isto incluirá uma avaliação de várias iniciativas para fortalecer o clube, incluindo o redesenvolvimento do estádio e das infraestruturas e a expansão das operações comerciais do clube à escala global, cada uma no contexto de aumentar o sucesso de longo prazo das equipas masculina, feminina e de formação, trazendo benefícios para adeptos e demais stakeholders”

Então, a família Glazer, que é dona do clube, vê como importante buscar novos ares para desenvolver o futebol do time, que é o maior campeão da história da Premier League e um dos maiores times do mundo. Porém, se mostrou bem tranquilo e quer analisar e buscar aquilo melhor para o time.

“A força do Manchester United reside na paixão e lealdade da nossa comunidade global de milhões de fãs e seguidores. Enquanto procuramos continuar a construir a história de sucesso do clube, a Direção autorizou uma avaliação completa das alternativas estratégicas. Avaliaremos todas as opções para servir da melhor forma os nossos adeptos e que o Manchester United maximize as oportunidades de crescimento significativas disponíveis para o clube hoje e no futuro. Ao longo desse processo, permaneceremos totalmente focados em atender aos melhores interesses de nossos fãs, acionistas e várias partes interessadas”

Por fim, ainda pode acontecer muita coisa nessa novela. Pois, diversos times tem sido comprados mundo afora e sem dúvidas, o Manchester United é uma grande potencial, com um potencial enorme se usado de forma correta.

Foto Destaque: Divulgação/Manchester United

Gilvan Alves
Gilvan Alves

Jornalista formado, apaixonado por futebol europeu e sul-americano.