Manchester City x Chelsea: tudo o que você precisa saber do jogão deste sábado

Quem vai levar a melhor na partida deste sábado?

Manchester City x Chelsea Bryn Lennon - Dan Istitene - Getty Images
Bryn Lennon / Dan Istitene - Getty Images

Manchester City x Chelsea protagonizam o grande jogo da décima terceira rodada da Premier League. A peleja acontece no Etihad Stadium, às 14h30 – horário de Brasília – e terá transmissão exclusiva da ESPN Brasil e Watch Espn.

Em caso de vitória dos mandantes, o Manchester City ultrapassa o Chelsea e abre dois pontos para os londrinos. Caso os Blues vençam, aumentam a vantagem para quatro pontos sob a equipe de Pep Guardiola.

Leia mais: VAR na Premier League deixa de ser exemplo e beira o extremismo

Como chega o Manchester City para o duelo?

Na última rodada, o Manchester City sofreu um duro golpe. A equipe de Pep Guardiola foi até o Anfield e acabou sendo derrotada por 3 a 1 para o líder Liverpool, principal concorrente na briga pelo título.

Na partida diante dos Reds, o City mostrou graves problemas defensivos, evidenciando ainda mais a falta que o zagueiro Aymeric Laporte faz ao time. Foram dois gols sofridos de bola aérea e um de fora da área.

Para o jogo deste sábado, Pep Guardiola terá a volta do goleiro brasileiro Ederson e do lateral-esquerdo Benjamin Mendy. Enquanto o zagueiro Aymeric Laporte, o meia Bernardo Silva – punido pela FA por conta de um episódio onde foi acusado de racismo – e Leroy Sané, que não atua desde o início da temporada, não jogam.

Quem ficou fora do time no jogo contra o Liverpool e deve voltar é o meio-campista David Silva, peça fundamental para quebrar linhas defensivas e achar mínimos espaços nas costas dos adversários.

Tentando projetar a postura do Manchester City no jogo, dá para imaginar um time intenso e agressivo desde o início da partida, já que precisa e muito da vitória para não deixar a distância para o Liverpool aumentar ainda mais.

O meio-campista Kevin De Bruyne, melhor jogador da equipe de Pep Guardiola e um dos poucos que jogou bem diante do Liverpool, costuma aparecer nos grandes jogos. A dinâmica e a influência em todas as fases da partida é incrível. Consegue construir desde a saída de bola e também finalizar com a mesma qualidade.

Sem Bernardo Silva, dá para imaginar Guardiola optando por Mahrez, que tem como característica o drible para o meio e a finalização – de fora da área, inclusive. Além disso, o argelino também acrescenta bastante na bola parada do Manchester City.

Vencer um adversário do nível do Chelsea, que vem fazendo uma ótima Premier League, é fundamental para o Manchester City minimizar os danos sofridos e, consequentemente, não desgarrar do topo da tabela.

É um jogo para recuperar a confiança, corrigir os erros e voltar a atuar no nível que fez o clube ser bicampeão de forma consecutiva da Premier League fazendo 100 e 98 pontos, respectivamente.

Como chega o Chelsea?

O Chelsea chega em alta para o jogo deste sábado. Os Blues vem de seis vitórias consecutivas pela Premier League e estão conseguindo conciliar resultados com boas atuações. O treinador e ídolo do clube, Frank Lampard, conseguiu fazer uma equipe bem competitiva – e com margem para crescimento.

Na última rodada, o Chelsea dominou e venceu o Crystal Palace sem sustos. E com o resultado, pulou para a terceira posição e está cada vez mais consolidado no top 4, contrariando as expectativas iniciais.

Para o jogo deste sábado, os Blues contam com o retorno do volante e um dos pilares do time, N'Golo Kanté, que estava machucado, volta à equipe e pode formar uma dupla ao lado de Jorginho.

Até o momento, o Chelsea enfrentou apenas dois times do famoso Big 6, e teve recortes da partida onde foi melhor, mas acabou sofrendo pela fragilidade defensiva que às vezes volta a assombrar o time.

Dá para imaginar os Blues tendo menos a bola, mas não se comportando de forma defensiva os 90 minutos. A equipe de Frank Lampard, que conta com William e Pulisic nas pontas, deve explorar bastante as laterais do Manchester City.

O grande destaque do Chelsea na temporada é o atacante Tammy Abraham, que já marcou dez gols em 12 partidas, além de dar duas assistências para os seus companheiros. O camisa nove voltou para resolver a carência no setor dos Blues.

Segurar o Manchester City não é fácil, e o sistema defensivo do Chelsea precisa fazer uma partida quase que perfeita para neutralizar a equipe de Pep Guardiola. Evitar sair jogando quando estiver sendo pressionado é obrigação.

Além disso, minimizar ao máximo as jogadas do City pelas laterais, onde os meias quebram as linhas e os pontas cruzam rasteiro para área e alguém completa para o gol. É uma jogada letal e quase todo mundo na Inglaterra já sofreu.

É uma ótima oportunidade para o Chelsea provar que vai incomodar os favoritos na briga pelo título. Uma partida que, caso os Blues vençam, a confiança aumenta consideravelmente.

Prováveis escalações:

Manchester City: Ederson; Walker, Stones, Fernandinho e Mendy; Rodri, De Bruyne e David Silva; Mahrez, Sterling e Agüero. Técnico: Pep Guardiola

Chelsea: Kepa; Azpillicueta, Tomori, Zouma e Alonso; Jorginho e Kovacic (Kanté); William, Mount e Pulisic; Abraham. Técnico: Frank Lampard