Manchester City venceu sua primeira Copa da Inglaterra com público de 60 mil

Citizens buscam mais um título da Copa da Inglaterra

Manchester City venceu sua primeira Copa da Inglaterra com público de 60 mil
Campeões! Foto: Getty Images

Neste sábado, dia 18 de maio, o Manchester City encara o Watford, em Wembley, na grande decisão da Copa da Inglaterra. Em caso de título para os Citizens, a equipe de Pep Guardiola pode chegar à tríplice coroa nacional, pois já conquistou a Copa da Liga em fevereiro e a Premier League no último final de semana.

Caso o City vença o Watford, será o sexto título de Copa da Inglaterra da sua história. O clube azul de Manchester já venceu a competição mais antiga do mundo cinco vezes: 1904, 1934, 1956, 1969 e 2011.

Para esquentar o clima da decisão, a PL Brasil faz uma viagem no tempo e relembra o primeiro título de Copa da Inglaterra conquistado pelo Manchester City, ao bater o Bolton na final por 1 a 0, no estádio do Crystal Palace, no dia 23 de abril de 1904.

Leia mais: Invincibles, 15 anos: os grandes jogos da campanha invicta do Arsenal

Caminho do City até a decisão

Antes de tudo é importante destacar o seguinte: em 1904 os clubes obviamente não tinham o mesmo peso de hoje. Alguns usavam até outra nomenclatura. Entretanto, isso não diminui em nada o título do Manchester City.

A caminhada do clube azul de Manchester começou no dia 6 de fevereiro de 1904, no Hyde Road, estádio dos Citizens até 1923 e que tinha capacidade para cerca de 40 mil torcedores. O primeiro adversário seria o Sunderland.

Com gols dos atacantes Sandy Turnbull (2x) e Billie Gillespie, o City venceu por 3 a 2 e garantiu a classificação para as oitavas de final.

O adversário da próxima fase seria o Arsenal, que na época se chamava Woolwich Arsenal, e estava na segunda divisão do futebol inglês – O City estava na primeira e subiu como campeão. E os Citizens confirmaram o favoritismo.

Com gols do ponta esquerda Frank Booth e do atacante Sandy Turnbull, a equipe azul de Manchester venceu os londrinos fora de casa por 2 a 0 e se garantiu entre os oito melhores da competição.

Leia mais: O papel fundamental de Patrick Vieira nos Invencíveis

O Manchester City chegava nas quartas de final da Copa da Inglaterra pela primeira vez desde a criação da competição mais antiga do planeta. E o adversário seria o Middlesbrough, que havia goleado os Citizens por 6 a 0 em uma partida da primeira divisão inglesa meses atrás.

Para tentar vingança contra o algoz e avançar à semifinal, cerca de 30 mil torcedores compareceram ao Hyde Road. Mas não viram a vitória do City naquele dia. O placar ficou zerado e a partida replay foi marcada.

Para quem não sabe, a Copa da Inglaterra é disputada em confronto único. Quando há um empate, ocorre um segundo jogo, denominado de replay, na casa de quem jogou a primeira partida fora. Isso vale até os dias de hoje.

E o City finalmente conseguiu bater o seu algoz. Com gols do ponta direita George Livingstone e dos atacantes Sandy Turnbull e Billie Gillespie, a equipe azul de Manchester venceu o Boro fora de casa por 3 a 1 e avançou até a semifinal da Copa da Inglaterra.

O adversário seria o tradicional Sheffield Wednesday e a partida seria realizada no Goodison Park. Cerca de 53 mil pessoas estiveram presentes no jogo. E deu City. Com gols dos atacantes Billie Gillespie, Sandy Turnbull e Billy Meredith, os Citizens ganharam por 3 a 1 e se classificaram à final, onde enfrentariam o Bolton.

A finalíssima

Escalações dos times para a partida. Foto: Pinterest

A grande final da Copa da Inglaterra de 1904 colocou frente à frente Manchester City x Bolton. O palco da decisão foi o estádio de Crystal Palace, que comportou cerca de 62 mil torcedores. Convertendo o preço dos ingressos para os dias atuais, eles custaram em torno de 30 libras.

O centro das atenções antes da bola rolar era o atacante Billy Meredith. O craque dos Citizens despertava os olhares de torcedores, jornalistas e até de celebridades, como o então primeiro ministro do Reino Unido, Arthur Balfour.

Com a bola rolando, Billy Meredith cumpriu às expectativas e entrou para a história do Manchester City e da Copa da Inglaterra.

Aos 23 minutos da etapa inicial, George Livingstone tocou para ele que, dominou, driblou o defensor e arrematou com a perna esquerda estufando as redes. 1 a 0 City!

Leia mais: Manchester United Women, a grata surpresa do começo da temporada feminina na Inglaterra

Segundo relatos da época, um torcedor invadiu o campo após o gol e a polícia o levou de volta até a arquibancada. Não foi preso.

Alguns jornalistas questionaram se a posição de Billy Meredith na hora do gol não caracterizava impedimento. Entretanto, nada conclusivo. Os próprios jogadores do Bolton não foram questionar a arbitragem e o jogo seguiu.

Abaixo uma ilustração do gol produzida pelo site oficial do Manchester City:

O gol do título! Foto: ManchesterCity;.com

Após o gol, o Bolton tentou pressionar o City durante a partida, mas sem sucesso. Segundo relatos de jornais da época, o defensor Herbert Burgess fez um ótimo jogo e foi o principal nome da decisão. Evitou vários ataques perigosos do adversário.

Com o apito final, o City conquistou seu primeiro título de Copa da Inglaterra. Um troféu de alto nível que o clube ainda não tinha em sua história. Para se ter noção do peso que essa taça representava, veja esse trecho do Manchester Evening Chronicle:

“Não há nada no futebol que se compare à magnifica recepção que o time de futebol do Manchester City recebeu após o seu retorno a Manchester ontem à noite na orgulhosa posição de campeão da Copa da Inglaterra pela primeira vez na história de Manchester. Toda a população da cidade estava honrada.”

Esse título de Copa da Inglaterra conquistado pelo City foi o primeiro grande troféu que Manchester viu. Mudou completamente a cultura futebolística na cidade, que desejava prioritariamente o êxito no rugby.

Com a conquista, o Manchester City se tornou um dos times mais populares na época, superando Aston Villa e Everton. Pode se dizer que é um dos títulos mais revolucionários da história dos Citizens.