Manchester City pode encarar punição ou rebaixamento na liga

2 minutos de leitura

A vida do Manchester City na temporada foi de fato do céu ao inferno, a equipe inglesa que atualmente disputa a briga pela liderança da Premier League e paralelamente briga por vaga nas quartas de finais da UEFA Champions League, viu a situação do clube mudar de cabeça para baixo de uma hora para a outra.

Isso porque, a equipe inglesa está envolvida em um escândalo com violações financeiras que podem acarretar em grandes punições para o clube. Ou seja, segundo a Premier League, responsável pela organização do campeonato nacional do país, o clube teria violado mais de 100 vezes as regras financeiras da liga inglesa de futebol.

O documento em questão, foi encaminhado para ser analisado por uma comissão independente, no qual julgará se essas violações são passíveis de uma punição para o clube ou não. Ou seja, se no caso de uma real comprovação das violações, as informações serão expostas como públicas pela Premier League, situação no qual pode ser prejudicial para o City.

Imagem: reprodução
Imagem: reprodução

Quais são as acusações?

  1. As violações sobre não fornecer informações precisas sobre a situação financeira do clube vão de 2009/10 a 2017/18.
  2. A falta de detalhamento sobre o pagamento do técnico no contrato firmado se deu entre 2009/10 e 2012/13. O treinador na época era Roberto Mancini. A não inclusão de detalhes na remuneração de jogadores ocorreu entre 2010/11 e 2015/16.
  3. O City não teria cumprido as regulamentações da Uefa, incluindo de licenciamento e de Fair Play, entre 2013/14 e 2017/18.
  4. O clube não aplicou as regras da Premier League para rentabilidade e sustentabilidade entre 2015/16 e 2017/18.
  5. O Manchester City não teria colaborado com as investigações da Premier League desde 2018 até hoje, ao não fornecer de boa vontade documentos e informações.
Manchester City
Foto: Reprodução/Clive Brunskill/Getty Images

Além disso, o City poderá sofrer com severas punições se realmente foi comprovado as fraudes em questão. O clube pode ser punido com o pagamento de multa, milionária, ou poderá também sofrer uma punição mais severa, como por exemplo ser expulso da Premier League. No caso dessa pena, a expulsão poderá ser por um determinado tempo, contudo, o clube terá a liberdade de recorrer a sentença.

Entretanto, a prazo para o segmento das ações judiciais não tem um período para ser concluído. Sendo assim, o clube poderá seguir normalmente disputando jogos e contratando. Por outro lado, essa não é a primeira vez que a equipe é envolvida em um escândalo financeiro.

Ou seja, em 2020, o Manchester City chegou a ser condenado por descumprir regras do fayr play financeiro. Na ocasião, foi banido por dois anos de competições europeias organizados pela UEFA, além do pagamento de uma multa de 30 milhões de euros. Porém o clube recorreu e conseguiu reverter o banimento no pagamento da multa de  10 milhões de euros.

 

Raphael Almeida
Raphael Almeida

Paulista, apaixonado por futebol e fã de basquete. Muitos jornalistas não falam para que time torcem, mas torço para o São Paulo e no basquete sou torcedor do Boston Celtics e do FC Porto. Por fim, redator no SPFC24 horas e Repórter e redator no Bate Fundo Esportivo! Jornalista e torcedor sempre, clubista nunca!