Mais um clássico! Manchester City e Liverpool competem por promessa belga

5 minutos de leitura

Costumados a disputarem o título da Premier League, Manchester City e Liverpool agora também rivalizam no mercado da bola. Os gigantes ingleses monitoram um atacante de 20 anos que vem se destacando no futebol holandês.

Trata-se de Johan Bakayoko, que registrou oito gols e 13 assistências em 40 jogos na temporada e que tem sido um dos destaques do líder do Campeonato Holandês.

Bakayoko é um dos principais alvos do verão europeu. De acordo com o jornalista Patrick Berger, da “Sky Sports”, Liverpool, Manchester City, Chelsea, Paris Saint-Germain e Borussia Dortmund estão monitorando o jogador belga, que tem contrato com o PSV até 2027, sem cláusula de rescisão.

Ainda segundo o jornalista, o atacante é avaliado entre 50 e 60 milhões de euros (R$ 273,5 e R$ 328,2 milhões). O Brentford chegou a fazer uma oferta de 40 milhões de euros em janeiro, mas a proposta foi rejeitada pelo PSV.

Mais sobre Bakayoko

Filho de mãe ruandesa e pai marfinense, Bakayoko nasceu na Bélgica e iniciou sua carreira nas categorias de base de alguns clubes de seu país: OH Leuven, Club Brugge, Mechelen e depois do Anderlecht.

Ele se mudou para o PSV em 2019, passando duas temporadas jogando pelo time júnior na segunda divisão do futebol holandês entre 2020 e 2022, marcando 20 gols e dando 16 assistências em 57 jogos, antes de ser promovido ao time principal.

Em sua primeira temporada completa na Eredivisie, ele marcou nove gols e deu seis assistências em 39 jogos. O PSV terminou como vice-campeão do Feyenoord na liga.

Números de Bakayoko na Eredivise 2023/24

  • 25 jogos (22 como titular) e média de 74 minutos por jogo
  • 6 gols
  • 8 assistências
  • 1º do time e 2º da liga em dribles certos por jogo: 2,8 (aproveitamento de 55%)
  • 2º da liga em assistências esperadas (xA) – assistido: 7,99 (8)
  • 2º do time em participações em gols: 14
  • 2º do time em passes decisivos por jogo: 2,2
  • 3º do time em assistências: 8
  • 3º do time em chutes realizados por jogo: 3,1

Bakayoko foi convocado nove vezes para defender a Bélgica, depois de passar por todas as camadas entre os juniores. Marcou em sua quarta partida pela seleção belga, na vitória por 3 a 0 sobre a Estônia em junho do ano passado, pelas eliminatórias da Eurocopa.

Como joga o alvo de Manchester City e Liverpool?

Com 1,79m, atua tanto na ala quanto como segundo atacante, mas joga principalmente pelo lado direito, onde corta com o pé esquerdo antes de cruzar ou chutar para o gol.

É rápido, possui um excelente controle de bola e ritmo explosivo. Muitas vezes os defensores só o param com falta. O alvo de Manchester City e Liverpool é extremamente objetivo, visando sempre criar oportunidades de gol.

Embora prefira usar o pé esquerdo, Bakayoko também consegue chutar o pé direito. Usa seu ritmo acelerado para chegar à linha de fundo. Excelente no um contra um, suas jogadas em velocidade fazem com que o marcador não consiga pensar no que o jovem vai fazer — cortar para o meio ou ir até a bandeira de escanteio.

Bakayoko também é um ótimo jogador para quem gosta de pressionar a saída de bola. Não à toa comete em média uma falta por partida.

Liverpool ou Manchester City?

O Liverpool busca um substituto de longo prazo para Mohamed Salah, que está ligado ao futebol da Arábia Saudita, e Bakayoko está no topo da lista de preferência, ao lado de Takefusa Kubo, do Real Sociedad.

Bakayoko é 11 anos mais novo que Salah e não só acrescentaria juventude ao ataque do Liverpool. Com a saída de Jürgen Klopp no ​​final da temporada, resta saber quem estará no banco de reservas em Anfield em 2024/25, embora seja quem for, terá dificuldade em recusar a oportunidade de contratar o atacante belga.

Quanto ao Manchester City, tanto Riyad Mahrez quanto Cole Palmer deixaram o Etihad Stadium recentemente, com Bernardo Silva e Phil Foden sendo as peças fundamentais de profundidade no ataque dos Citizens nos últimos tempos.

O surgimento de Oscar Bobb pode influenciar na compra de Bakayoko, mas ainda não se sabe se o norueguês está ou não pronto para desempenhar um papel importante no futuro imediato do Manchester City.

O compatriota Jerémy Doku ingressou no Manchester City vindo de Rennes por 60 milhões de euros no meio do ano passado e provavelmente daria as boas-vindas ao seu companheiro de seleção, que provavelmente jogaria na ala oposta.

Romulo Giacomin
Romulo Giacomin

Formado em Jornalismo na UFOP, passou por Mais Minas, Esporte News Mundo e Estado de Minas. Atualmente, escreve para a Premier League Brasil.