Mais um treinador da Premier League abre as portas para ‘escanteado’ do City: ‘Poderíamos avançar’

4 minutos de leitura

A cada janela de transferências, o nome de Kalvin Phillips é especulado em vários clubes no mercado da bola, principalmente em Juventus e Newcastle. Mas outro time da Premier League também está de olho na situação do meia que foi contratado pelo Manchester City por 58 milhões de euros em junho de 2022 e fez apenas 31 jogos com a equipe, marcando um gol.

De forma inusitada, o Crystal Palace acabou manifestando interesse no meia do Manchester City por meio de seu treinador Roy Hodgson, que falou nesta terça-feira (16) que gostaria de ter o jogador por empréstimo.

“Tudo o que sabemos é que existe a possibilidade do Manchester City vendê-lo ou emprestá-lo. Se forem emprestá-lo, penso que poderíamos avançar”, declarou o treinador em entrevista coletiva.

O Crystal Palace ocupa apenas a 14ª posição na tabela da Premier League, com 21 pontos, e está longe de ser um candidato a qualquer título na temporada.

Kalvin Phillips, por sua vez, fez apenas 10 jogos nesta temporada, sendo apenas dois como titular — um pela Champions League e outro pela Copa da Liga Inglesa.

Kalvin Phillips no Manchester City

Kalvin Phillips Manchester City
Kalvin Phillips em aquecimento com o Manchester City (Foto: Icon Sport)

O inglês de 28 anos marcou o primeiro gol dele com a camisa do Manchester City há pouco mais de um mês, na vitória sobre o Estrela Vermelha pela Champions League. O meia converteu um pênalti e marcou o terceiro gol dos Citizens no triunfo por 3 a 2 no Rajko Mitic Stadium.

Phillips tem o sonho de representar a seleção inglesa na Eurocopa deste ano e sabe que precisa ter mais oportunidades em campo para mostrar seu valor ao técnico Gareth Southgate. O Newcastle seria uma boa oportunidade por se tratar de um dos times do Big Seven da Premier League, mas o mais novo “riquinho” da Inglaterra sofre com limitações das regras de fair play financeiro da liga inglesa.

Portanto, uma solução alternativa pode ser a saída na Inglaterra. Mas, caso ainda queira jogar em um clube de ponta é provável que Phillips tenha que deixar a Premier League, o que seria melhor para o Manchester City, que não quer reforçar um concorrente local.

Romulo Giacomin
Romulo Giacomin

Formado em Jornalismo na UFOP, passou por Mais Minas, Esporte News Mundo e Estado de Minas. Atualmente, escreve para a Premier League Brasil.