5 jogos marcantes do Manchester City na Champions League

Em busca do seu primeiro título da competição, os Citizens tiveram partidas marcantes

0
514
manchester city champions league
Craig Mercer PUBLICATION ActionPlus11579196

O Manchester City é uma das principais equipes que disputa a Champions League nos últimos anos. Mesmo assim, os comandados de Pep Guardiola costumam bater na trave e nunca venceram a competição. Entretanto, os Citizens protagonizaram jogos emocionantes na competição.

Manchester City 3×1 Barcelona – Champions League 2016/2017

Na fase de grupos da competição, Guardiola reencontrou o Barcelona de Messi. Logo no primeiro jogo, o Barça venceu por 4 a 0, com três gols do camisa 10 argentino. Porém, o confronto prometia mais do que uma goleada.

Já na segunda partida, o Manchester City mostrou força. O placar começou desfavorável, com um gol de Messi assistido por Neymar. Entretanto, a noite era de Ilkay Gündogan. Kun Agüero aproveitou o erro da defesa do Barcelona e encontrou Sterling dentro da área. O camisa 7 cruzou e Gündogan empatou o jogo.

No segundo tempo, a equipe inglesa continuou pressionando. Com uma pintura de Kevin De Bruyne, o Man City estava à frente no placar. Para fechar o placar, Agüero deixou o cruzamento de Jesús Navas para Gündogan marcar.

Manchester City 4×3 Tottenham – Champions League 2018/2019

Apesar de da eliminação, a partida contra o Tottenham foi uma das mais emocionantes da temporada 2018/2019 da Champions League. No confronto entre ingleses, De Bruyne e Son Heung-min foram decisivos.

O resultado do primeiro jogo, no Tottenham Hotspur Stadium, foi crucial para a classificação dos Spurs. Com o 1 a 0 em casa, o Tottenham ia mais confiante para o confronto em Manchester.

No Etihad, o Man City correu atrás do resultado nos primeiros minutos. Sterling abriu o placar aos 4 minutos, enquanto Son empatou aos 7. O Tottenham ainda marcou aos 10 minutos, ainda com Son, mas o Citizens empataram aos 11, com Bernardo Silva. Ainda no primeiro tempo, Sterling marcou o desempate.

O segundo tempo ainda reservava emoções. As equipes arriscavam a todo custo em busca da classificação. Foi então que, com 14 minutos, Aguero marcou o quarto gol do City. A jogada foi construída por De Bruyne, que limpou a jogada pelo meio para o camisa 9 marcar.

Leia mais: Quiz – Quais as escalações de Liverpool x Tottenham da Champions 2019?

A partida, no entanto, ainda prometia mais. Fernando Llorente, que já tinha finalizado nas mãos de Ederson, buscou o gol de empate aos 28 minutos. Com esse resultado, a classificação ainda era do Tottenham e o City precisava se apressar.

Os cinco minutos de acréscimo dados pelo árbitro eram suficientes para fazer cada torcedor suar frio. E foi aos 47 minutos que Sterling marcou o que deveria ser o gol da classificação do Manchester City. Porém, o VAR assinalou impedimento na jogada e o City estava fora da semifinal da UCL.

Manchester City 2×1 Real Madrid – Champions League 2019/2020

O que acontece quando o maior campeão da competição e o elenco mais promissor da Europa se encontram? Isso aconteceu na temporada 2019/2020 da Champions League, durante as oitavas de final.

Em um dos últimos jogos com torcida, os Citizens que viajaram até Madrid aproveitaram uma grande exibição da equipe treinada por Guardiola. Entretanto, os gols demoraram a sair. Gabriel Jesus era um dos jogadores mais inspirados na noite e criou boas oportunidades para o City.

Porém, o segundo tempo reservava as emoções do jogo. Apesar do City estar melhor e com chances mais claras, foi o dono da casa que abriu o placar. No ataque em velocidade, Vinícius Junior encontrou Isco desmarcado e mandou o passe para o camisa 22 marcar.

Apesar do gol, o City não se assustou e permaneceu no ataque. Foi assim que, com 33 minutos, Gabriel Jesus marcou o empate. De Bruyne cruzou e o camisa 9 guardou com um gol de cabeça. Mas esse não era o resultado final, já que o próprio De Bruyne marcaria de pênalti, após uma falta de Dani Carvajal em Sterling dentro da área. Para completar, Sérgio Ramos foi expulso após uma falta violenta em Jesus.

PSG 2×2 Manchester City – Champions League 2015/2016

Antes da chegada de Guardiola ao Man City, a equipe que contava com De Bruyne, Jesús Navas e Fernandinho empatou com o PSG na Champions. Na época, o time parisiense tinha Zlatan Ibrahimovic, Angel Dí Maria e Edinson Cavani no ataque.

A partida foi uma demonstração de eficiência defensiva e tática. As duas equipes se posicionavam bem para o jogo e marcaram em minutos próximos. Entretanto, erros individuais condicionaram o resultado. Ainda no primeiro tempo, Ibrahimovic desperdiçou uma penalidade.

O primeiro gol foi marcado pelo City e saiu dos pés de De Bruyne. Ele recebeu a bola pela direita e tirou o goleiro Kevin Trapp da jogada para abrir o placar. A alegria durou pouco tempo, já que um erro na saída do City deu o gol de empate ao PSG. Três minutos após o gol de De Bruyne, Joe Hart saiu com Fernandinho, que se complicou e perdeu a bola para Ibrahimovic. O sueco não perdeu tempo e mandou a bola para dentro do gol.

O PSG ainda ampliou o placar, com Adrien Rabiot. Na cobrança de escanteio, Cavani cabeceou no gol e o goleiro Hart espalmou. Porém, a sobra ficou com Rabiot para deixar o PSG com a vantagem.

Outro erro condicionou um gol, dessa vez do City. O cruzamento feito por Bacary Sagna passa por Serge Aurier e Thiago Motta, que falham na tentativa de tirar. Entretanto, quem estava preparado para finalizar era Fernandinho. Foi graças a esse gol que o Manchester City chegou com vantagem para o jogo de volta, em casa. Assim, o lado azul de Manchester passou para a semifinal, contra o Real Madrid.

Manchester City 3×2 Bayern de Munique – Champions League 2014/2015

manchester city champions league
Craig Mercer PUBLICATION ActionPlus11579196

Em um dos melhores jogos de Agüero pelo Manchester City, os ingleses venceram o Bayern de Munique na fase de grupos da Champions League em 2014. O hat-trick do argentino não só revelava a fase que vivia, mas a qualidade do coletivo do City, que saiu do empate nos acréscimos.

No primeiro tempo, as duas equipes equilibraram o jogo. Foi aos 20 minutos que a situação começou a ficar mais favorável para o City. Medhi Benatia foi expulso após cometer o pênalti em cima de Agüero. O argentino converteu a cobrança e abriu o placar para o City.

O jogo se equilibrou e Xabi Alonso marcou, ainda no primeiro tempo, o gol de empate. Foi em uma cobrança de falta, à moda Ronaldinho Gaúcho, que os alemães mostraram que estavam vivos no jogo. Cinco minutos depois, Robert Lewandoski virou o jogo com um gol de cabeça.

O jogo dava sinais que não manteria o placar ao apito final, com erros individuais e participação efetiva dos goleiros. Foi logo no final, aos 40 minutos, que Agüero engatou outra virada na partida.

O primeiro gol foi em um contra-ataque em velocidade, quando deixou dois marcadores para trás. O segundo gol, seis minutos depois, foi condicionado pelo erro no domínio de Jérôme Boateng. Foi assim, com o brilhantismo de Sergio Agüero, que o City levou os três pontos dentro de casa.

Acompanhe a PL Brasil no Youtube