“Maguire é nosso capitão e está ciente disso, assim como Cristiano”, diz Rangnick sobre faixa de capitão do Manchester United

2 minutos de leitura

O treinador do Manchester United, Ralf Rangnick concedeu entrevista nesta sexta-feira (18). Dessa forma, ele tratou sobre um assunto que vem criando muitas dúvidas nos últimos dias. Sendo assim, a faixa de capitão dos Red Devils, a imprensa inglesa diz que Cristiano Ronaldo está na fila para ser o capitão dos Diabos Vermelhos, porém, o alemão revelou que a braçadeira da equipe, é de Harry Maguire.

CLIMA PESADO NO MANCHESTER UNITED?

ENTREVISTA DE RANGNICK:

“Bem, para começar, devo dizer que isso é absolutamente absurdo”, começou Ralf.

“Nunca falei com nenhum jogador sobre uma possível mudança de capitão e Harry está ciente disso, assim como Cristiano e todos os outros jogadores.

“Então isso nunca foi um problema para mim, sou eu quem decide o capitão. portanto, não há razão para falar sobre isso com qualquer outra pessoa.

“Harry é nosso capitão e continuará nosso capitão até o final da temporada e não há mais nada a acrescentar a isso.”

O técnico de 63 anos explicou que nunca houve um problema e que a atmosfera no vestiário melhorou nas últimas semanas, após a janela de transferências de janeiro.

“Bem, não estou nem um pouco frustrado porque sei que não é a verdade”, afirmou Rangnick. “Eu já te falei sobre Harry ser capitão, isso não é um problema e nunca foi um problema para nós e para mim como técnico.

“Todas as outras coisas, para ser sincero, não escuto tanto esse barulho porque meu foco total é preparar o próximo treino e o próximo jogo. Obviamente, ouvi falar do que está escrito, só posso contar pela minha experiência pessoal nas últimas 11-12 semanas. Sim, houve jogadores descontentes até o fechamento da janela porque, como sempre disse, o elenco estava muito grande.

“Tínhamos muitos jogadores que simplesmente perceberam que não teriam tempo de jogo. Acho que isso melhorou, com certeza, e, pelo que posso dizer, a atmosfera no vestiário está melhor do que costumava ser há algumas semanas, por esse motivo que acabamos de falar e, bem, todos os outras coisas.”

FOCO NA SEQUÊNCIA!

A vitória de 2 a 0  sobre o Brighton levou os Reds Devils de volta ao G4. E o treinador diz que é importante que a equipe ignore as fofocas e se concentre nas coisas que elas podem afetar.

“Como você disse, com razão, para nós, trata-se de ter um bom desempenho, mostrar união em campo, tirar o melhor proveito de nosso desempenho e vencer jogos. Este é o nosso trabalho”, concluiu.

“Essas são as coisas que podemos influenciar. Todas as outras coisas sobre as quais não temos influência.”

Daniel Soares
Daniel Soares

Daniel Soares, 21 anos, cursando jornalismo. Apaixonado por esportes, aos 16 anos viu que o jornalismo esportivo seria uma forma de estar no ramo. Tendo o estádio como segunda casa, tem a ambição de transmitir emoções e se expressar através do esporte.