Mac Allister ‘desabafa’ sobre ida de Caicedo para o Chelsea: ‘Fiquei chateado’

4 minutos de leitura

Uma das grandes reviravoltas na última janela de transferências de verão, em 2023, foi a ida de Moises Caicedo do Brighton para o Chelsea. Depois de uma extensa novela para definir o destino do volante, o Liverpool parecia ser o clube mais próximo de fechar a contratação. Porém, quando estava encaminhado, Caicedo decidiu fechar com o Chelsea, sendo transferido por 115 milhões de libras.

Pouco mais de um semestre depois, quis o destino que o equatoriano ficasse frente a frente com seu “quase novo” clube na final da Copa da Liga Inglesa, neste domingo (25). Em entrevista anterior à partida, Mac Allister, meio-campista do Liverpool, fez uma “desabafo” sobre a escolha do ex-companheiro de Brighton.

O desabafo do meia do Liverpool sobre a ida de Caicedo pro Chelsea

Mac Allister atuou ao lado de Caicedo de 2022 a 2023 no Brighton, antes de ser contratado pelo Liverpool. Em entrevista ao jornal inglês “The Times”, o argentino foi questionado sobre o que achou da decisão do equatoriano em não se juntar a ele em Anfield.

— É uma decisão pessoal e eu nunca estaria no meio, foi isso que ele escolheu e está tudo bem. Ele é um jogador incrível, um cara muito bom, então desejo a ele tudo de melhor todos os dias de sua vida. Mas não no domingo — brincou o meia.

Além disso, Mac Allister revelou que teve uma conversa curta com Caicedo, mas que ela não aconteceu por nenhum aplicativo de mensagens ou redes sociais. O argentino também brincou, dizendo que talvez tenha ficado “um pouco machucado” com a ida do volante pra Londres.

— Se já falei com ele? Na verdade não. Falei um pouco com ele, mas não pelo Whatsapp ou redes sociais. Fiquei um pouco chateado com o que aconteceu no verão (risos), mas está tudo bem. É uma decisão pessoal. Ele é um jogador incrível e um cara muito bom e desejo a ele boa sorte.

Maria Tereza Santos
Maria Tereza Santos

Me formei em Jornalismo pela PUC-SP em 2020. Antes de escrever para a PL Brasil, fui editora na ESPN e repórter na Veja Saúde, Folha de S.Paulo e Superesportes.