‘Melhor meia da Premier League’: Paquetá faz hat-trick de assistências e lidera baile do West Ham contra o Wolverhampton

2 minutos de leitura

Com show de Lucas Paquetá, o West Ham venceu o Wolverhampton com facilidade neste domingo (17), por 3 a 0, no London Stadium. Os gols dos vencedores foram marcados por Mohammed Kudus (2) e Jarrod Bowen, todos com assistências do camisa 10 brasileiro.

A partida teve validade pela 17º rodada da Premier League. Os Hammers entraram em campo precisando vencer após tropeço recente, enquanto os Wolves queriam aumentar o período de jogos sem derrotas.

Paquetá e Kudus passeiam pelo West Ham no primeiro tempo

O primeiro tempo foi totalmente do West Ham. A equipe dona da casa entrou disposta a mudar a imagem após a goleada sofrida pelo Fulham e começou com tudo. O time de David Moyes fez uma ótima primeira etapa e terminou com 2 a 0 no placar.

Os gols foram saindo naturalmente, principalmente pela facilidade dos Hammers nos contra-ataques. Com a defesa sempre bem exposta, o time soube ligar a transição e viu o jogo encaixar perfeitamente. Aos 22, Paquetá arrancou do campo de defesa como um autêntico motorzinho e esticou bola para Kudus, que chutou firme e abriu o placar.

Dez minutos depois, a dupla funcionou novamente. Paquetá carregou a bola e acertou um belo passe longo novamente para o ganês. Desta vez, Kudus estava dentro da área e esbanjou frieza para tirar o goleiro Bentley da jogada.

Com nova assistência de Paquetá, West Ham mata o jogo

Ciente de que precisaria correr atrás do prejuízo adquirido no primeiro tempo, o Wolverhampton voltou mais intenso na etapa final. O time de Gary O'Neil teve uma postura totalmente diferente. O time até chegou a balançar as redes e assustar o West Ham, com Sarabia, mas o VAR interferiu e flagrou impedimento.

Mas o futebol é traiçoeiro. Com o gol anulado, os Wolves não tiveram muita força para buscar o empate. Pelo contrário, quem balançou as redes novamente foi o West Ham. Lucas Paquetá fez lindo trabalho de pivô, serviu Jarrod Bowen, que marcou o gol. Foi a terceira assistência do brasileiro no jogo.

Foi a segunda vez na história que um jogador nascido no Brasil concedeu três passes para gols no mesmo jogo da Premier League. Antes, apenas Roberto Firmino, pelo Liverpool, havia atingido a marca.

Os brasileiros de West Ham e Wolverhampton

Lucas Paquetá – 8,5

Baile de Paquetá! Maestro, motorzinho, garçom, dançarino… Como queiram. Fato é que Lucas Paquetá teve uma atuação de gala e concedeu três assistências. O jogador mais uma vez mostrou seu potencial e provou novamente o motivo de ser tratado como um dos melhores meias da liga. Nas redes sociais, os internautas se renderam a mais um show do brasileiro.

Emerson Palmieri – 7,0

Atuação corretíssima do ítalo-brasileiro. Firme na defesa, cortou bolas importantes e ajudou a ligar jogadas para o setor ofensivo. Em meio a crise da lateral-esquerda na seleção brasileira, já se tem o debate se Emerson Palmieri seria utilizado na Amarelinha caso não tivesse se naturalizado italiano.

João Gomes – 6,5

O meio-campo do Wolverhampton não esteve em um bom dia, principalmente por conta dos passes errados de Mario Lemina. O volante brasileiro, por sua vez, conseguiu alguns bons desarmes. Poderia ter ajudado mais a equipe se estivesse melhor acompanhado.

Matheus Cunha – 7,0

Mesmo com a derrota, Cunha fez um bom jogo. O jogador criou chances interessantes, deu chutes perigosos e foi quem mais chegou perto de balançar as redes pelo Wolves. Faz uma temporada de respeito.

Lucas Barbosa
Lucas Barbosa

Redator da PL Brasil. Foi por meio da Premier League, na tela do antigo Esporte Interativo, em 2007, que o Jornalismo entrou na minha vida. Duas paixões que abriram portas e me fazem realizar sonhos todos os dias. Passei pelos portais Mais Minas e Esporte News Mundo.