Liverpool x Flamengo: escalações, onde assistir e muito mais

Quem será o grande campeão do torneio? Brasileiros ou ingleses?

0
233
Catherine Ivill Collection Getty Images Sport
Catherine Ivill Collection Getty Images Sport

O favoritismo de ambos foi confirmado e Liverpool x Flamengo se enfrentam mais uma vez na decisão do mundial de clubes. A partida é neste sábado, às 14h30 – horário de Brasília – e tem transmissão da Rede Globo e do Sportv.

Esta será a segunda decisão entre Liverpool x Flamengo. Em 1981, os clubes se enfrentaram no Japão e os brasileiros venceram os ingleses por 3 a 0. O meio-campista Adílio e o atacante Nunes (2x) marcaram os gols da final.

Como chega o Liverpool?

O técnico Jürgen Klopp poupou boa parte dos titulares na semifinal diante do Monterrey. O comandante não quis menosprezar os mexicanos. Apenas está rodando o elenco em uma maratona difícil. Não é novidade que o mundial não é prioridade para o Liverpool.

Com um time bem modificado, o time naturalmente teve dificuldades e tomou alguns sustos dos mexicanos, obrigando o goleiro brasileiro Alisson a trabalhar bastante. Porém, mais uma vez, já nos acréscimos da partida, a resiliência dos Reds apareceu, quando Roberto Firmino marcou o gol da vitória.

Para a partida deste sábado, o zagueiro Virgil van Dijk e o meio-campista Giorginio Wijnaldum são dúvidas – provável que o defensor jogue e o meia não. E se o Liverpool poupou na semi, deve ir com o que tem de melhor para a decisão.

A atuação do Liverpool contra o Monterrey foi abaixo, claro, mas o clube está longe de jogar daquele jeito regularmente. Portanto, se nada fugir da anormalidade, provável que os Reds joguem como sabem: pressão, intensidade e muito volume ofensivo.

O Liverpool optou por pressionar o Monterrey com um bloco mais baixo, sem o pressing constante. Para este sábado, com todos à disposição, natural que os Reds avancem as linhas e tentem incomodar o Flamengo desde a defesa dos brasileiros.

Leia mais: Mundial de clubes: os ingleses ligam para o torneio?

O meio-campista Naby Keita, deve continuar no time titular e, ao lado dos laterais e Firmino, é uma das armas para o Liverpool criar chances e quebrar as linhas de marcação dos brasileiros.

No jogo contra o Al Hilal, por exemplo, o Flamengo deu muitos espaços pelas laterais. E, mesmo Rafinha e Filipe Luís acostumados a jogos grandes, o Liverpool consegue aproveitar como poucos as oportunidades deixadas pelos rivais.

Defensivamente, o Liverpool precisa tomar cuidado com a bola cruzada na área – seja ela à meia altura ou rasteira. Os Reds estão tomando muitos gols dessa maneira. Também é fundamental oferecer o mínimo de espaços ao Flamengo, que têm ótimos jogadores que conseguem aproveitar as falhas do adversário.

Por mais que não seja prioridade, o Liverpool é favorito para a final deste sábado. Porém, não pode repetir os mesmos erros da semifinal, pois dificilmente não será punido pelo ataque brasileiro.

Leia mais: Liverpool 0x3 Flamengo: analisando o Mundial de 1981 pela ótica dos ingleses 

5 MÚSICOS QUE TORCEM PARA TIMES INGLESES

E o Flamengo?

Desde que o atual campeão brasileiro venceu o River Plate na final da Libertadores que a expectativa da torcida rubro negra é reencontrar o Liverpool na decisão do mundial de clubes, como ocorreu em 1981.

O Flamengo sobrou em 2019. A equipe comandada por Jorge Jesus atingiu um nível de excelência que poucos times da história do futebol brasileiro tiveram. E naturalmente os rubro negros não querem parar por aqui.

Na semifinal, diante do Al Hilal, o Flamengo sofreu bastante no primeiro tempo e poderia até ter levado o segundo gol se os árabes aproveitassem as chances. A equipe rubro-negra deu muitos espaços – especialmente nas laterais.

Porém, no segundo tempo, especialmente a entrada de Diego, assim como diante do River Plate, o Fla cresceu no jogo e conseguiu a virada. Fisicamente a equipe brasileira também estava muito melhor que os árabes.

Leia mais: Ingleses no Mundial de Clubes: desistências, desprezo e só dois títulos

Desde que o português Jorge Jesus assumiu o Flamengo que a equipe tem um DNA ofensivo. E, mesmo enfrentando situações adversas, o rubro-negro não abriu mão de sua postura. E deve jogar assim contra o Liverpool?

Os ingleses têm um dos melhores trios de ataque do mundo – talvez o melhor. E sabem como poucos jogar nessa “trocação”. Klopp é um técnico que já provou ser competitivo em diversos cenários do jogo. E por isso os Reds são tão fortes.

Partir para a trocação talvez não seja o melhor caminho para os brasileiros. O ideal é tentar tirar o máximo de espaços dos ingleses e aproveitar os espaços deixados por eles na defesa. Mas como fazer isso?

Tirar os espaços do Liverpool é praticamente uma missão impossível, já que a equipe de Klopp consegue se movimentar como poucas. Já para aproveitar os espaços, o quarteto formado por Arrascaeta, Éverton Ribeiro, Bruno Henrique e Gabigol tem qualidade – principalmente se o Liverpool der tantas chances como nos últimos jogos.

É um confronto interessante e aguardado por todos. Mesmo com o favoritismo do Liverpool, o Flamengo é uma equipe perigosa e que têm condições de surpreender os ingleses – assim como em 1981.

O duelo tático dos técnicos também promete. O que Jorge Jesus pensa para tentar parar o Liverpool? E o que Klopp conseguiu extrair de informações dos brasileiros visando melhorar a preparação dos Reds? Veremos neste sábado.

Liverpool x Flamengo: escalações, onde assistir e muito mais 

Liverpool: Alisson; Arnold, Gomez, van Dijk e Robertson; Henderson, Chamberlain e Keita; Salah, Mané e Firmino. Técnico: Jürgen Klopp.

Flamengo: Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Mari e Filipe Luís; Arão, Gerson, Éverton Ribeiro e Arrascaeta; Gabigol e Bruno Henrique. Técnico: Jorge Jesus.

Onde assistir

TV Globo e SporTV.

Leia mais: Kloppage Time: A habilidade do Liverpool para marcar gols no fim dos jogos

Não há posts para exibir