Liverpool x Barcelona: analisamos o confronto da semifinal da Champions League

Quem será que vai levar a melhor no duelo?

0
210
liverpool x barcelona

A semifinal da Champions League reservou um duelo histórico e aguardado por todos. Liverpool x Barcelona voltam a se enfrentar após 12 anos desde o último confronto na competição.

Caminho até a semifinal

Foto: Liverpool FC

A trajetória do Liverpool na Liga dos Campeões não foi fácil. Os Reds flertaram com a eliminação já na fase de grupos, especialmente quando Milik, atacante do Napoli, ficou cara a cara com Alisson no último lance da partida. Entretanto, o brasileiro salvou e garantiu a equipe de Jürgen Klopp no mata-mata da competição.

Nas oitavas de final, o sorteio colocou o Liverpool contra um adversário pesado: o Bayern de Munique. Para completar, o duelo diante do clube alemão seria decidido na Alemanha. Entretanto, após um empate por 0 a 0 em Anfield, os Reds foram até a Allianz Arena e venceram o rival. Um 3 a 1 histórico e com muita autoridade.

Já nas quartas de final, o adversário foi o Porto, equipe no qual os Reds já haviam eliminado nas oitavas de final da edição anterior.

E deu Liverpool mais uma vez. Após um 2 a 0 no Anfield, a equipe inglesa aplicou um 4 a 1 em Portugal, vencendo o confronto por 6 a 1 no agregado.

Leia mais Qual o melhor técnico fora do Big-6 nesta temporada?

laterais do Liverpool arnold robertson

Pelo lado do Barcelona, a equipe espanhola passou da fase de grupos tranquilamente e de forma invicta, em um grupo que contava com Tottenham e Inter de Milão.

Nas oitavas, os Culés enfrentaram o Lyon e, após um 0 a 0 na França, o time de Lionel Messi aplicou um 5 a 1 no Camp Nou, onde o argentino fez dois gols e deu duas assistências.

Nas quartas de final, o Barcelona enfrentou um velho conhecido: o Manchester United. E não tomou conhecimento dos Diabos Vermelhos. Um 4 a 0 inquestionável no agregado, com direito a um golaço de Phillipe Coutinho no Camp Nou.

Equipes em alta

Os dois times chegam para o confronto com muita moral. Pelo lado do Liverpool, a equipe atingiu uma marca de 19 jogos sem perder, com 10 vitórias consecutivas e jogando bem. Diferente de outros anos, os Reds são um time sólido e cada vez mais letal quando vão ao ataque.

A defesa, que era um problema anteriormente, se tornou um ponto forte da equipe. O meio-campo está cada vez mais intenso e ganhou a criatividade de Keita, que ainda não tinha engrenado e chega para o duelo em alta. Na frente, um trio de ataque que dispensa comentários. Salah, Mané e Firmino seguem sendo decisivos para o Liverpool.

Pelo lado do Barcelona, o clube chega para o confronto como campeão espanhol de forma antecipada. Além disso, não perde desde janeiro e, graças as boas contratações feitas no começo da temporada, o time está mais sólido, sem tanto desgaste. E isso é fundamental para um jogo contra o Liverpool, tendo em vista a intensidade da equipe de Klopp.

E se o Barcelona já é campeão, está numa séria invicta e chega para o confronto em alta, muito disso passa por ele: Lionel Messi. O argentino faz uma de suas melhores temporadas na carreira e segue sendo o atleta mais decisivo do clube. Como parar alguém que tem 46 gols e 22 assistências em 45 jogos?

Um confronto que promete

Foto: Getty Images

O Liverpool chega para o confronto no melhor momento da temporada. A equipe de Jürgen Klopp está voando dentro de campo. Vive uma disputa ponto a ponto com o Manchester City pelo título da Premier League.

Entretanto, pelo lado do Barcelona há um jogador que não teme nada, quebra recordes com uma naturalidade e anseia voltar a ser campeão da Champions League, algo que não acontece desde 2015.

Para tentar para esse extraterrestre, o Liverpool precisará ser uma equipe estrategista. E isso Klopp conseguiu desempenhar muito bem nos dois confrontos anteriores. Como muita gente fala, esse estilo intenso e de muita velocidade que os Reds tem pode ser o antídoto para castigar os Culés. Na teoria, claro.

Outro ponto que pode ‘favorecer' o Liverpool é o desempenho do Barcelona nos jogos fora de casa – especialmente no mata-mata. Desde a última conquista em 2015, o clube colecionou resultados negativos fora do seus domínios. Foram goleadas para PSG e Juventus e, recentemente, a eliminação diante da Roma na temporada passada.

A temporada perfeita de Cristiano Ronaldo pelo Manchester United em 2007/2008

Entretanto, nesses duelos, o Barcelona aparentava estar desgastado na temporada. Além disso, não tinha tantas opções para fazer a rotação no elenco como hoje. Só que desta vez é diferente. É um Barça mais sólido e com um desejo imenso de ser o ‘Rei da Europa' pela sexta vez consecutiva, prioridade estabelecida desde o início da temporada.

Fazendo um raio-x de cada setor, bastante equilíbrio. Pelo lado do Liverpool, a melhor defesa da Premier League, com três nomes na seleção do campeonato – Arnold, Van Dijk e Robertson – e o goleiro Alisson, que conseguiu a incrível marca de 20 jogos sem sofrer gol. O camaronês Matip também vem fazendo bons jogos ultimamente.

Foto: Sky Sports

Leia mais: Derby County 4 x 1 Real Madrid: uma noite mágica em Derby

Além de cumprirem seu papel na defesa, van Dijk, Arnold e Robertson são fundamentais na construção do jogo ofensivo do Liverpool. O zagueirão faz a saída de bola e é muito bom nos lançamentos; pelo lado dos laterais, estão apoiando freneticamente e colecionam muitas assistências na temporada.

Pelo lado do Barcelona, a equipe também tem uma defesa sólida. A trinca que está no clube há anos é fundamental para o bom desempenho defensivo do clube. Ter Stegen, que hoje talvez seja o melhor goleiro do mundo vem fazendo uma temporada irretocável; Piqué, com a classe de sempre também é inquestionável; Alba, talvez o lateral-esquerdo que melhor apoia atualmente, é uma das grandes armas do Barcelona para castigar o Liverpool, com aquela ultrapassagem que ele sabe fazer muito bem.

(Foto: John Powell/Liverpool FC via Getty Images)

Na meiuca, um embate bastante interessante. Pelo lado do Barcelona, a ideia e tentativa de controlar o jogo com Busquets, Arthur e Rakitic; Já o Liverpool aposta na intensidade e nas transições rápidas, iniciando o confronto com um trinca formada possivelmente por Henderson, Fabinho e Wijnaldum ou Keita.

No ataque, o possível melhor trio do mundo, formado por Salah, Mané e Firmino que vão melhorando a cada jogo e que buscam um título para se consolidarem entre as grandes parcerias da história.

Do outro lado, um Messi imparável e que tem Suárez decisivo em jogos grandes e um Coutinho buscando uma recuperação e firmação no clube. Além disso, o Barça ganhou um reforço, tendo em vista que Dembélé está à disposição.

Além de todo o Barcelona, o Liverpool precisa se preocupar com uma situação bem peculiar e que está cada vez mais presente no futebol: a lei do ex! Coutinho e Suárez têm grandes chances de marcar no confronto. Olho neles!

Horário e transmissão de Liverpool x Barcelona

Liverpool x Barcelona é um confronto com muita história e envolve muita tradição. Antes da bola rolar, o mínimo de favoritismo fica com a equipe que tem Messi. Isso é regra do futebol. Mas não se pode duvidar de Klopp e seus comandados, hein?

Ida: Barcelona x Liverpool, Camp Nou, 01/05, às 16h, com transmissão da TNT e Facebook do Esporte Interativo

Volta: Liverpool x Barcelona, Anfield, 07/05, às 16h, com transmissão da TNT e Facebook do Esporte Interativo