Vende, empresta ou dispensa? Escolhemos o futuro de 8 jogadores do elenco do Liverpool

8 minutos de leitura

Técnico novo, vida nova para o Liverpool? Não é bem assim, já que os Reds fizeram uma boa temporada e possuem um bom elenco. Apesar disso, é necessário que mudanças sejam feitas e o plantel seja fortalecido. Existem jogadores que deveriam deixar o clube para 2024/25.

PL Brasil separou 8 nomes para o Liverpool

  • Vender
  • Emprestar
  • Dispensar

Vende

Caoimhin Kelleher

Para o Liverpool, ficar com Kelleher seria algo bom. Ocorre que o irlandês deseja ser o titular na próxima temporada, o que dificilmente acontecerá por causa de Alisson. Nesse sentido, o melhor caminho pode ser negociá-lo, para evitar que haja algum desconforto ou problema de relacionamento no elenco.

Além disso, o goleiro pode gerar uma boa renda para os Reds. Ele está valorizado e tem apenas 25 anos. Interessados não faltarão.

KElleher Liverpool Alisson
Kelleher pelo Liverpool (Foto: Imago/Russian Lock)

Nat Phillips

Nat Phillips já provou que não tem condições de jogar pelo Liverpool. Na última temporada, o zagueiro foi emprestado a Celtic e Cardiff City, o que poderia abrir portas para uma venda em definitivo agora. Como ele tem contrato se encerrando em junho de 2025, não seria uma venda muito cara. Contudo, antes pouco do que nada.

Rhys Williams

Assim como Phillips, Williams não se firmou no time principal e foi emprestado a outras equipes: Swansea, Blackpool, Aberdeen e Port Vale. O defensor de 23 anos não está no nível do Liverpool e precisa ser negociado, por mais que o valor seja baixo. Seu contrato vai até junho de 2026.

Cody Gakpo

Contratado no fim de 2022 com muita expectativa, Gakpo ainda não devolveu ao Liverpool tudo que se esperava. O holandês teve bons momentos, mas não caiu nas graças da torcida. Na última temporada, ele iniciou 32 dos 56 jogos que fez como titular.

O clube de Anfield Road fechou um pacote de  50 milhões de libras (R$ 315,06 milhões) para assinar com Gakpo. Ele ainda é jovem e pode render um dinheiro significativo aos Reds. Sua venda abriria espaço para contratação de um novo atacante, como Michael Olise, do Crystal Palace.

Gakpo comemora gol pelo Liverpool (Foto: Icon sport)
Gakpo comemora gol pelo Liverpool (Foto: Icon sport)

Sepp Van den Berg

Van den Berg não teve oportunidades no Liverpool, mas é um bom e promissor zagueiro holandês. Ele se destacou pelo Mainz na última temporada, emprestado, e já deixou claro que não tem vontade de retornar aos Reds, pela falta de minutagem esperada.

O jogador deixou claro que quer ser vendido. O Mainz quer sua contratação, mas o preço estipulado pelo time inglês é alto e já foi alto de reclamação de Van den Berg. Não há mais clima para o holandês em Merseyside e, de fato, ele teria dificuldades para ter espaço.

Liverpool Van Den Berg
Van den Berg pelo Liverpool (Foto: Imago/Russian Lock)

Empresta

Fábio Carvalho

O português é dono de um alto potencial. Ele foi contratado junto ao Fulham em 2022/23 e não conseguiu se firmar. Depois, passou por RB Leipzig e Hull City. A experiência no clube alemão não foi das melhores, mas se reencontrou na Championship pelos Tigers.

Fábio fez 20 jogos e nove gols pelo Hull jogando apenas a segunda metade da temporada. Ser emprestado a uma equipe média da Premier League, como Brighton e Crystal Palace, pode ser o último estágio para o lusitano finalmente ser utilizado no Liverpool futuramente.

Ben Doak

O jovem meia-direita de 18 anos é considerado uma das maiores promessas do Liverpool. Sofreu com uma grave lesão no joelho na última temporada e teve seu crescimento interrompido. Apesar da pouca idade, faz parte da seleção principal escocesa e esteve em uma pré-lista para a Euro.

O empréstimo é uma grande oportunidade para Doak retomar o ritmo de jogo, se desenvolver e voltar ainda mais forte para Anfield Road. Esse nome será muito falado no futuro.

Ben Doak Liverpool
Ben Doak pelo Liverpool (Foto: Imago/PA)

Dispensa

Adrián

O Liverpool realizou uma proposta de renovação a Adrián, mas ainda não teve resposta. O contrato do goleiro termina no fim de junho. O time não deveria negociar a permanência do espanhol, que muitas vezes falhou e deixou a desejar quando recebeu a titularidade.

Aos 37 anos, está no clube desde 2019/2020. Ciclos se encerram e esse tem de chegar ao fim.

Adrián em ação pelo Liverpool na Community Shield em julho de 2022 (Foto: Icon Sport)
Lucas Barbosa
Lucas Barbosa

Redator da PL Brasil. Foi por meio da Premier League, na tela do antigo Esporte Interativo, em 2007, que o Jornalismo entrou na minha vida. Duas paixões que abriram portas e me fazem realizar sonhos todos os dias. Passei pelos portais Mais Minas e Esporte News Mundo.