O domínio do Liverpool no futebol inglês entre as décadas 1970 e 1980

No período, Reds empolgaram com bom futebol e grandes conquistas

liverpool décadas 1970 1980
Mike Powell/Allsport/Getty Images

De tantos período gloriosos em sua história, o Liverpool se orgulha da supremacia estabelecida no futebol inglês e europeu entre as décadas de 1970 e 1980. Um time extremamente tático e tecnicamente quase impecável, que carregava nitidamente a filosofia “ter a bola e a velocidade”, estabelecida por Bob Paisley, permitindo um sentimento de temor que não revigorava apenas nos adversários da Inglaterra, mas de toda a Europa.

O domínio do Liverpool no futebol inglês entre as décadas 1970 e 1980

Alguns dos jogadores marcantes desse impetuoso Liverpool foram Kenny Dalglish, Ian Rush, Phil Neal e Ray Clemence. Durante essa fase, os “Reis da Inglaterra” conquistaram onze títulos nacionais e sete troféus europeus. O time era aclamado principalmente por apresentar contra-ataques extremamente velozes e lançamentos longos, características semelhantes as do atual Liverpool de Jürgen Klopp.

Na temporada 1976/1977, os Reds alcançaram o primeiro título da Champions ao baterem o Borussia Mönchengladbach pelo placar de 3 a 1. A segunda conquista foi logo na temporada seguinte, contra o Brugge, da Bélgica, no Estádio de Wembley, em Londres, pelo placar de 1 a 0.

Apesar disso, os anos seguintes, no âmbito europeu, foram decepcionantes para os Reds. O clube não conseguiu passar da primeira fase da competição tanto em 1979 quanto em 1980.

Mesmo com as inesperadas e precoces eliminações na Champions, em 1979, o clube chegou ao título do Campeonato Inglês e da Copa da Inglaterra. Já em 1980 conquistou o bicampeonato inglês e o troféu da Supercopa da Inglaterra.

A volta por cima nas competições europeias veio logo depois. Na temporada 1980/1981, mais um título, agora vencendo na final o Real Madrid.

Leia mais: Os 10 maiores ídolos da história do Liverpool

Vale ressaltar que apenas no ano de 1981 o clube optou por disputar o torneio Intercontinental de Clubes. A equipe decidiu não disputar as edição da competição nas edições 1976/1977 e 1977/1978.

No período de 1980 a 1984, os Reds impuseram uma grande supremacia na Inglaterra. Conquistaram três títulos do Campeonato Inglês (1982, 1983 e 1984), quatro da Copa da Liga Inglesa (1981, 1982, 1983 e 1984), e dois da Supercopa da Inglaterra (1980 e 1982).

O Liverpool das décadas de 1970 e 1980 alcançou uma hegemonia incrível não apenas no futebol inglês, como também no europeu, explicada pelo expressivo número de títulos e por atuações formidáveis.