5 jogos marcantes do Liverpool na Champions League

Concorda com a nossa lista de partidas memoráveis dos Reds na competição?

5 jogos marcantes do Liverpool na Champions League
ANTHONY DEVLIN/AFP via Getty Images

“Acima de tudo, gostaria de ser lembrado como um homem altruísta, que se esforçou e se preocupou para que os outros pudessem compartilhar a glória, e que construiu uma família de pessoas que, de cabeça erguida, diriam “nós somos Liverpool”, disse uma vez o lendário Bill Shankly. Na história do clube, o Liverpool venceu seis taças da Champions League. Entretanto, viradas e jogos históricos estiveram no repertório dos Reds antes dos êxitos. Relembre cinco jogos marcantes do Liverpool na UCL.

5 jogos marcantes do Liverpool na Champions League

Roma 4×2 Liverpool – UCL 2017/2018

FILIPPO MONTEFORTE/AFP via Getty Images

Antes da final contra o Real Madrid, o Liverpool passou por uma prova de fogo contra a Roma. Em Anfield, os Reds venceram por 5 a 2, com direito a show do trio de ataque. No entanto, os Giallorossi não facilitaram a ida do Liverpool à final e, no Olímpico, encurralaram o Liverpool.

Apesar do gol precoce, com Sadio Mané aos 9 minutos, a reação da Roma veio com 15 minutos, após o gol contra de James Milner. Gini Wijnaldum marcou o segundo gol aos 25 minutos, enquanto Edin Dzeko empatou a partida já no segundo tempo.

No entanto, a partida ficou apertada nos momentos finais. A Roma tinha as melhores chances e sabia que dependia de superioridade para chegar à final. Com isso, Radja Nainggolan trouxe a reação aos 86 e aos 94 minutos, o último gol sendo de pênalti. Porém, o Liverpool tinha se segurado até então e levou a vantagem do primeiro jogo. O agregado terminou 7 a 6 para os Reds.

Liverpool 3×3 Milan – UCL 2004/2005

MUSTAFA OZER/AFP via Getty Images

A final da UCL 2004/2005, também conhecida como “O Milagre de Istambul”, entrou para a história da competição. Apesar do domínio dos italianos, com os dois gols de Crespo e um de Maldini antes do intervalo, o Liverpool levantou no segundo tempo.

A sensação de terra arrasada deixada nos primeiros minutos levou outro formato. Com gols de Steven Gerrard, Vladimir Smicer e Xabi Alonso, em um intervalo de 6 minutos, o Liverpool teve outro ritmo para conduzir a partida até o final.

Destino ou não, o Milan ainda teve um gol anulado durante a partida. Chegando aos pênaltis, a disputa entre Dida e Dudek foi forte. Serginho perdeu a primeira penalidade, enquanto Dietmar Hamann converteu. Na disputa, Andrea Pirlo e Andriy Shevchenko ainda errariam, enquanto apenas Riise desperdiçou a cobrança para os Reds.

Liverpool 4×0 Barcelona – UCL 2018/2019

liverpool champions league
Clive Brunskill/Getty Images

No primeiro jogo das semifinais, há quem dizia que o Barcelona seria campeão. Com dois gols de Lionel Messi e um de Luis Suarez, o Barça venceu por 3 a 0 em casa e deixou a pressão para a outra semana, na volta em Anfield.

No entanto, o Liverpool soube revidar a pressão sofrida no Camp Nou. Divock Origi demonstrou isso aos sete minutos do primeiro tempo, quando abriu o placar. Porém, foi no segundo tempo que os Reds deram a cartada final.

Wijnaldum marcou dois gols quando saiu do banco e entrou no lugar de Andy Robertson. Para finalizar, o gol que ficou conhecido como Corner taken quickly, na conexão entre Alexander-Arnold e Divock Origi, colocou o Liverpool direto na final.

Liverpool 1×0 Chelsea – UCL 2004/2005

liverpool champions league
Laurence Griffiths/Getty Images

O que fazer quando você encontra um dos maiores rivais na semifinal da competição europeia mais importante? Na época, os imparáveis Reds de Rafa Benítez esbarraram com o Chelsea de Mourinho na semifinal da Champions.

No primeiro jogo, em Stamford Bridge, nenhuma equipe conseguiu sair do zero. Entretanto, o segundo jogo, em Anfield, reservava o equilíbrio de um clássico inglês. Como Xabi Alonso estava suspenso, o volante alemão Hamann entrou no lugar.

Diferentemente da partida em Londres, o Liverpool conseguiu marcar cedo, com Luis Garcia. Na enfiada de bola de Gerrard para Baros, a finalização saiu abafada e o camisa 10 mandou a bola para dentro do gol.

O goleiro Dudek teve uma presença importante para a partida. Além disso, apesar do gol com apenas quatro minutos de jogo, o Liverpool não se fechou e buscou abrir espaços para tentar ampliar o placar.

Liverpool 3×0 Manchester City – UCL 2017/2018

liverpool champions league
ANTHONY DEVLIN/AFP via Getty Images

Na temporada em que chegaram à final contra o Real Madrid, os Reds fizeram uma campanha memorável no mata-mata da competição. Depois de demonstrar qualidade na partida contra o Porto, o Liverpool encontrou um adversário conhecido na Champions League.

O Manchester City, em crescimento e prestes a ganhar a Premier League, era o desafio da equipe de Klopp. No entanto, o ataque dos Reds fez a diferença.

Com gols de Sadio Mané, Mohamed Salah e Oxlade-Chamberlain, o Liverpool passou pelo City com superioridade. Foi no primeiro tempo que a definição aconteceu, na primeira temporada de Salah como “maravilha”. O egípcio marcou aos 12 minutos, seguido por Chamberlain aos 21 e Mané aos 31. Já na volta, o Liverpool venceu por 2 a 1 no Etihad e carimbou a ida à semifinal da Champions League.

Leia mais: Quando o Liverpool foi campeão da Champions?