Alvo do Liverpool, André comenta sobre interesse da Premier League: ‘Acompanho muito’

5 minutos de leitura

Todas as atenções dos jogadores do Fluminense estão voltadas para apenas uma coisa neste sábado (4): a final da Copa Libertadores, disputada contra o Boca Juniors, no Maracanã, a partir das 17h (horário de Brasília).

Porém, o volante André, que tem sido personagem do noticiário do mercado da bola desde a última janela de transferências, encontrou uma brecha para falar sobre a Premier League em uma entrevista para o jornal inglês “The Guardian”. Além de contar um pouco de sua trajetória desde a infância no interior da Bahia até chegar a essa importante final, o jogador do Flu fez alguns comentários sobre o Campeonato Inglês.

“Acompanho muito”: André fala sobre interesse na Premier League em entrevista

Questionado sobre o que planeja para sua carreira, no futuro, André falou de primeira sobre a Premier League — mas sem citar nomes de clubes e pontuando que seu foco, hoje, é o clube carioca.

— Acompanho muito a Premier League. É uma liga muito competitiva e que exige muito dos jogadores. Mas hoje meu sonho é viver o dia a dia aqui no Fluminense.

Para além disso, André pareceu muito tranquilo ao falar sobre o que o esperar após a final do torneio, a qual o Fluminense não chegava desde 2008, quando acabou sendo vice-campeão contra a LDU. Em suas palavras, a ideia é “tentar ganhar esse troféu e ver o que acontece no final da temporada”.

— Não sei o que acontecerá no futuro; Tenho um contrato longo com o Fluminense e gosto muito de estar aqui. Já se passaram 10 anos, então é onde me sinto em casa. Ainda sou jovem, tenho apenas 22 anos, então não preciso pensar muito no futuro. Só preciso continuar dando o meu melhor, tentar ganhar esse troféu e ver o que acontece no final da temporada.

Premier League será destino de André após a Libertadores?

Nos últimos meses, a imprensa inglesa tem especulado o interesse de vários clubes, principalmente o Liverpool, na joia do Fluminense. A ESPN havia noticiado que a maior ofertas dos Reds teria atingido o valor de 35 milhões de euros (R$ 186 milhões), mas foi recusada pela diretoria carioca.

Na última semana, o volante falou pela primeira vez sobre o assunto, em entrevista aos canais oficiais da Conmebol. Sem citar nominalmente nenhum clube, ele disse que só não trocou o Flu no meio do ano por ter feito uma promessa a Fernando Diniz, treinador do clube e da seleção brasileira.

— Realmente era uma proposta irrecusável, pelo clube que foi e pela grande liga. Acho que todo jogador um dia sonha em estar jogando num grande clube da Europa. Mas eu resolvi manter minha palavra porque, quando fechou a janela de janeiro, o Diniz falou comigo que me queria aqui até o fim do ano. A gente não sabia que ia chegar uma proposta desse valor e falei que, independente do que acontecesse, eu iria ficar até o fim da temporada — revelou André.

Maria Tereza Santos
Maria Tereza Santos

Me formei em Jornalismo pela PUC-SP em 2020. Antes de escrever para a PL Brasil, fui editora na ESPN e repórter na Veja Saúde, Folha de S.Paulo e Superesportes.